Menu
2020-02-06T08:16:06-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
dinheiro no caixa

Localiza emite R$ 1 bilhão em debêntures

Segundo a empresa, os recursos levantados serão usados nos resgates antecipados e para recomposição do caixa da companhia

6 de fevereiro de 2020
8:07 - atualizado às 8:16
Localiza
Loja da Localiza - Imagem: Divulgação

A Localiza aprovou sua 8ª emissão de debêntures - 1 milhão de R$ 1.000 cada, totalizando R$ 1 bilhão na data de emissão. Os títulos tem prazo de 12 de fevereiro de 2025.

Segundo a Localiza, os recursos levantados serão usados nos resgates antecipados e para recomposição do caixa da companhia.

A remuneração será equivalente a 100% da variação acumulada das taxas médias diárias dos Depósitos Intefinanceiros (DI) de um dia, ou taxa DI "over extra grupo", com uma sobretaxa de 1% ao ano. A primeira parcela será devida em 12 de agosto deste ano.

As novas debêntures serão objeto de distribuição pública com esforços restritos, e destinadas exclusivamente a investidores profissionais.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

números da pandemia

Brasil chega a 72,1 mil mortes por covid-19, diz Ministério da Saúde

Foram registrados 24.831 novos casos da doença; total chegou a 1.864.681

entrevista

‘Brasil virou pária do investimento internacional’, diz Persio Arida

Um dos signatários da carta de ex-ministros da Fazenda e do BC em defesa de uma retomada econômica “verde”, ele observa que o presidente tem feito uma “política ambiental horrenda” e na contramão do mundo

ao menos sete parlamentares

Verba de gabinete é usada para lucrar na internet

Deputados da base governista recorreram a empresas contratadas com dinheiro da cota parlamentar e assessores pagos pela Casa para gerir canais monetizados no YouTube

entrevista

‘Caminhamos para o precipício ambiental’, diz CEO da Suzano

Walter Schalka diz que a sustentabilidade tem de unir empresas e governo para que o Brasil possa virar uma potência ambiental no mundo

decisão da justiça

Ex-secretário, vereador e empresário de Marília tornam-se réus por fraudes

De acordo com o Ministério Público Federal, o grupo é acusado de corrupção ativa e passiva, peculato, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements