Menu
2020-12-02T20:36:31-03:00
Estadão Conteúdo
gestão segue independente

Holding do BTG Pactual compra consultoria de energia PSR

Um dos principais objetivos da parceria é propiciar a expansão da companhia no mercado global de energia

2 de dezembro de 2020
20:35 - atualizado às 20:36
André Esteves, bilionário fundador do banco BTG Pactual
André Esteves, fundador do banco BTG Pactual - Imagem: CLAYTON DE SOUZA/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/

Uma das maiores consultorias de energia do País, a PSR anunciou nesta quarta-feira, 2, a venda do controle de suas operações para a holding do BTG Pactual, maior banco de investimentos da América Latina.

O acordo prevê que a PSR permanecerá com gestão independente, sem mudanças em sua diretoria executiva e operações, e permitirá a ampliação das atividades da empresa na área de infraestrutura de redes, gestão integrada de risco, inovação e transição energética.

Um dos principais objetivos da parceria é propiciar a expansão da companhia no mercado global de energia, disse ao Broadcast o diretor-presidente e CEO da PSR, Luiz Barroso. Segundo ele, nada muda para os clientes atuais da companhia - entre eles o próprio BTG Pactual.

"Este movimento permitirá a sinergia de duas culturas e valores muito similares e reconhece a credibilidade, rentabilidade e capacidade de agregar valor intelectual da PSR, que ganha musculatura para crescer."

Fundador e Chief Innovation Officer da PSR, Mario Veiga, afirmou que a inserção mundial das renováveis e de recursos energéticos distribuídos tornou as metodologias da PSR competitivas em diferentes mercados. "Com o apoio do BTG, poderemos ampliar nossa presença global", disse.

Veiga ressaltou que a consultoria mantém uma cultura de start up, mesmo com três décadas de operação, atraindo profissionais qualificados e ultrapassando as fronteiras da modelagem analítica e do data science. "Encontramos no BTG Pactual um parceiro totalmente alinhado nesta busca por inovação, alavancada na análise quantitativa e tecnologia avançada", afirmou.

Desde sua criação, avanços tecnológicos da PSR foram incorporados em softwares de otimização energética que são referência mundial para clientes em mais de 70 países nas Américas, Europa, Ásia-Pacífico e África. A parceria deve reforçar sinergias com o BTG na área de ESG, que integra as dimensões econômica, social e ambiental.

Em nota, o sócio e membro do Conselho de Administração do BTG Pactual, Eduardo Loyo, ressaltou acreditar no modelo da PSR e em sua capacidade para agregar valor. "Vemos potencial para que a empresa ganhe ainda mais força para acelerar seu crescimento global com o apoio de todo o grupo BTG Pactual, mas sem perder sua autonomia", afirmou.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

agora vai?

Caixa Seguridade retoma análise de oferta de ações

Empresa também pretende aderir ao Novo Mercado, segmento de mais alto padrão de governança corporativa da B3; processo havia sido interrompido no ano passado

balanço do ano

Tesouro Direto encerra 2020 com quase 1,5 milhão de investidores ativos

No último mês de dezembro, a STN registrou 67.839 novos investidores ativos. Ao todo, o Tesouro Direto possui 9,2 milhões de investidores cadastrados

balanço

Apple tem lucro de US$ 28,76 bilhões e recorde de receita no 1º trimestre fiscal

Segundo o gerente financeiro da Apple, o desempenho foi puxado por um crescimento de dois dígitos em todas as categorias de produtos da empresa

seu dinheiro na sua noite

Quando as sardinhas engolem os tubarões

Como bem disse o economista John Maynard Keynes, “os mercados podem se manter irracionais por mais tempo do que você é capaz de se manter solvente”. Isso é especialmente verdade para quem resolve apostar na queda de um ativo e o vende a descoberto. E, nos últimos dias, alguns fundos de hedge americanos sentiram isso […]

MERCADOS HOJE

Ibovespa até tenta, mas discurso de Powell deixa a bolsa no vermelho; dólar vai a R$ 5,40

Cautela com recuperação econômica em escala global levou o Ibovespa a fechar em baixa e dólar acumular uma alta de 1,5%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies