Menu
2020-09-14T12:55:38-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
De olho no varejo digital

BTG acirra a disputa entre os bancos digitais com novas marcas para o varejo e pequenas empresas

Algumas funções da nova conta-corrente e o oferecimento de cartões de crédito já estão disponíveis aos clientes do BTG Pactual Digital. Os serviços devem ser lançados no mercado em janeiro de 2021

14 de setembro de 2020
11:45 - atualizado às 12:55
BTG Pactual
Imagem: Shutterstock

Surfando na onda de popularização e demanda por serviços de fintechs no país, o BTG Pactual anunciou nesta segunda-feira (14) o lançamento de duas novas unidades da sua operação de Varejo Digital: os bancos digitais BTG+, voltado para pessoas físicas e o BTG + Business, com foco em pequenas, médias e micro empresas.

Em entrevista coletiva para apresentar as novas unidades de varejo e mudanças na identidade visual do banco, o CEO do BTG Pactual, Roberto Sallouti, descreveu o lançamento como um momento histórico para a companhia. "Estamos entrando em setores que acreditamos que ainda não são bem atendidos".

O objetivo é que o BTG + se torne o principal banco de de seus clientes. Segundo Amos Genish, líder do segmento de varejo digital do BTG, as novas plataformas aliam o melhor de dois mundos: a solidez de um banco com 37 anos de história com a praticidade das fintechs, com plataformas nativas digitais, utilizando tecnologia de ponta e fortemente ligado às necessidades do cliente.

O BTG+ irá oferecer um pacote completo de serviços financeiros, incluindo conta-corrente, opções de investimentos, crédito, cartões de crédito e programas de fidelidade, com foco em clientes que buscam uma plataforma de gestão financeira completa.

A conta-corrente transacional já está disponível para clientes do BTG Pactual Digital e deve ser disponibilizada para novos clientes da plataforma nas próximas semanas, assim como a oferta de novos serviços. Segundo o cronograma apresentado pela empresa, o BTG + deve estar disponível para o público-geral em janeiro de 2021. Já é possível preencher um pré-cadastro no site da plataforma.

Segundo Rodrigo Cury, sócio do BTG Pactual e head do BTG +, as tarifas de serviços ainda estão em fase de definição, mas a conta-corrente não terá custo de abertura e manutenção. Além disso, em um primeiro momento, as três modalidades de cartão de crédito oferecidas - Black, Platinum e Gold - estão isentas de anuidade.

Já o BTG + Business busca se tornar o 1º banco completo contruído para atender micro, pequenas e médias empresas, segundo Rogério Stallone, head da área de corporate lending do banco.

A plataforma quer descomplicar o oferecimento de crédito, com um processo totalmente digitalizado e de rápida liberação. A expectativa é que além de soluções de crédito, o BTG + Business também ofereça soluções de pagamento a fornecedores, gerenciamento de folhas de pagamento e outros serviços voltados ao pequeno empresário já no primeiro semestre de 2021.

Entre os diferenciais buscados pelo BTG em suas novas plataformas está o atendimento humanizado e uma interface com grande foco na usabilidade e na personalização, tanto no uso dos cartões de crédito como na configuração do programa de fidelidade.

Questionado sobre qual a projeção da representatividade do setor de varejo digital no médio e longo prazo, Saloutti destacou que não é um sonho acreditar que em cinco anos metade da receita do banco tenha origem no segmento. A partir de 2021, o BTG deve abrir de forma mais transparente o desempenho de cada uma das unidades de negócio de varejo digital.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

varejo online

B2W tem alta de 56% nas vendas e diminui prejuízo, que chega a R$ 43,8 milhões

Linha final do balanço é 57% melhor do que há um ano, enquanto mercado falava em prejuízo de R$ 60 milhões no terceiro trimestre; receita teve alta de 58,5% no período

cardápio de balanços

Suzano, Fleury e Totvs: os balanços que mexem com o mercado nesta sexta

São empresas cujas ações fazem parte da carteira teórica do Ibovespa – ou seja, os resultados das companhias ajudam a calibrar o índice

Sucessão no bancão

Milton Maluhy Filho será o novo presidente do Itaú Unibanco

Maluhy tem 44 anos e ingressou no Itaú em 2002. Após passar por diversas funções, o executivo ocupa o cargo de vice-presidente da área de riscos e finanças do maior banco privado brasileiro.

Big Techs

Resultados de Facebook, Google, Amazon, Twitter e Apple mexem com o mercado; veja números

Apesar dos resultados estarem bastante acima do esperado pelos analistas, as ações de algumas das gigantes caíram no pós-mercado em NY

Rombo

Governo Central tem déficit de R$ 76,1 bilhões em setembro

O resultado, que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, sucede o déficit de R$ 96,096 bilhões de agosto.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies