Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-30T19:39:05-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
IFIX

Primeiro ETF do Índice de Fundos Imobiliários começa a ser negociado nesta segunda-feira

B3 e XP lançam fundo de índice referenciado no IFIX, o Índice de Fundos Imobiliários. Trend IFIX terá taxa de administração de 0,3% ao ano

30 de novembro de 2020
13:27 - atualizado às 19:39
Imóveis
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O investidor pessoa física poderá, a partir desta segunda-feira (30), apostar no mercado de fundos imobiliários como um todo, sem a necessidade de escolher um ou outro FII.

A B3 e a XP Investimentos lançam hoje o primeiro ETF (fundo de índice) do IFIX, o Índice de Fundos Imobiliários, que inclui 81 FII com cotas negociadas em bolsa.

O Trend ETF IFIX Fundo de Índice, ou simplesmente Trend IFIX, seria lançado em cerimônia no fim da tarde de hoje, que acabou cancelada; mas suas cotas já estão disponíveis para negociação, sob o código XFIX11. O lote-padrão de negociação é de uma cota, que começou a ser negociada ao preço de R$ 10.

O Trend IFIX terá os dividendos dos fundos que o compõem reinvestidos na própria carteira. Esta será rebalanceada a cada quatro meses, assim como o IFIX, de modo a refleti-lo com consistência.

Os ETF, sigla para Exchange Traded Funds, são fundos cuja carteira replica a carteira teórica de um determinado índice de mercado, tanto em composição quanto na proporção de cada ativo.

O objetivo é que o desempenho do fundo seja praticamente o mesmo do desempenho do índice. Por serem fundos passivos que apenas replicam o desempenho de um índice, os ETF costumam ter taxas de administração bem baixas. A do Trend IFIX é de apenas 0,3% ao ano.

Os ETF permitem aos investidores apostarem na alta ou na queda (quando operam vendidos) de um determinado índice e do mercado que este representa.

Por exemplo, quem quiser lucrar com uma eventual alta dos fundos imobiliários em um bom momento para este mercado pode apenas comprar o ETF Trend IFIX, em vez de comprar cada FII do índice.

Também pode ser uma boa pedida para quem quer apostar num mercado mas não sabe qual ativo escolher.

Atualmente, a maioria dos ETF disponíveis na B3 replicam índices de ações, como o Ibovespa, o IBrX-100 e o Índice Small Caps. Existem também alguns ETF de renda fixa, que replicam o desempenho de índices de renda fixa, como o IMA-B (formado por uma cesta de títulos públicos atrelados à inflação) e o IRF-M (formado por uma cesta de títulos públicos prefixados).

Hoje mesmo a B3 iniciou a negociação de BDRs de ETFs estrangeiros, isto é, recibos de fundos de índices gringos que poderão ser negociados na bolsa brasileira.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro sobe após a abertura com boas perspectivas para os balanços e dólar avança hoje

No panorama doméstico, o risco fiscal permanece no radar, enquanto a semana conta com importantes balanços

O melhor do Seu Dinheiro

O Tesouro Direto virou tesouro de tolo? O que mexe com os mercados na semana e outros destaques

O investidor devia estar contente no começo deste ano com o que parecia uma grande oportunidade: investir no Tesouro Direto com um retorno garantido de quase 3,5% ao ano mais a variação da inflação. Naquele momento, as aplicações mais conservadoras de renda fixa estavam com rentabilidade real negativa e o Banco Central indicava que os […]

SEGREDOS DA BOLSA

Esquenta dos mercados: risco fiscal é pano de fundo para semana de Copom, IPCA-15 e balanços domésticos e no exterior

Os próximos dias serão tensos para os investidores, que devem ficar de olho na votação da PEC dos precatórios e medidas do Banco Central contra a inflação

REFORÇANDO O CAIXA

Depois de anunciar emissão de debêntures, 3R Petroleum lança oferta de ações. Entenda o que a empresa pretende fazer com quase R$ 4 bilhões a mais em seu caixa

Empresa de óleo e gás fará ofertas primária e secundária; a previsão é de que o processo de prospecção de investidores interessados se encerre em 4 de novembro

Renda fixa também varia

Terra arrasada no Tesouro Direto: sinônimo de renda fixa, títulos públicos têm perda de até 30% no ano; hora de vender ou de comprar mais?

Tensão nos mercados na última semana jogou juros para cima e preços dos títulos para baixo, mas não é de hoje que o Tesouro Direto sofre com a deterioração fiscal. Entenda o que está acontecendo e o que fazer

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies