Menu
2019-01-23T20:02:59-02:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Plataformas de investimento

‘Jamais seríamos irresponsáveis de descumprir acordo com Cade’, diz Benchimol

Fundador da XP Investimentos rebateu denúncia feita pelo BTG Pactual ao órgão de defesa da concorrência, na qual acusa a corretora de dificultar migração de agentes autônomos para concorrentes

23 de janeiro de 2019
15:32 - atualizado às 20:02
Guilherme Benchimol, fundador da XP Investimentos
Guilherme Benchimol, fundador da XP Investimentios - Imagem: Werter Santana/Estadão Conteúdo

O fundador e principal sócio da XP Investimentos, Guilherme Benchimol, rebateu as acusações de descumprimento do acordo firmado com o Cade para aprovação da venda de 49,9% do capital para o Itaú Unibanco.

O BTG Pactual, que concorre no mercado de plataformas de investimento, entrou com denúncia contra a corretora no órgão de defesa da concorrência. A alegação é que a corretora se vale de mecanismos e cláusulas contratuais para barrar a negociação com concorrentes, além de criar um ambiente de "ameaças e retaliações" contra os agentes autônomos.

Em um comunicado interno para a rede, ao qual eu tive acesso, Benchimol disse que todos os atos relacionados ao acordo são auditados pela Ernst & Young (EY) e reportados periodicamente ao órgão.

"Jamais seríamos irresponsáveis de descumprir qualquer acordo firmado com o Cade", afirmou.

Benchimol disse que a empresa não está imune a denúncias de pessoas que não conhecem as cláusulas do acordo.

"Sabemos que alguns concorrentes tentam usar da estratégia do ataque para se defender e com isso criar um ambiente de instabilidade e influência para os menos atentos", escreveu Benchimol, sem citar o nome do BTG. A corretora entrou com uma ação judicial contra o banco e obteve uma liminar que o impede de abordar os agentes autônomos ligados à XP.

O BTG contra-atacou e recorreu ao órgão de defesa da concorrência. Na denúncia, aponta como uma das práticas supostamente irregulares a concessão de empréstimos para a suposta expansão dos negócios dos escritórios de agentes autônomos. Esses contratos possuem cláusulas que impediriam o pagamento antecipado do financiamento, “salvo mediante expressa concordância da XP”.

Benchimol afirmou que a empresa sempre investiu e ajudou os parceiros. "E continuaremos cada vez mais intensos nessa direção."

O comunicado de Benchimol acrescenta ainda que todos os agentes autônomos podem escolher de livre e espontânea vontade a marca, biografia e estrutura de instituição que melhor lhe representam, "desde que respeitados os contratos entre as partes e as regulações em vigor".

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Reverteu prejuízo

Vale termina 2020 com lucro de US$ 4,9 bilhões e aprova dividendos

Mineradora conseguiu reverter prejuízo do ano anterior e aprovou distribuição de dividendos, mas lucro trimestral veio abaixo do esperado pelo mercado

Risco fiscal

Efeito de fatiamento da PEC emergencial seria extremamente perverso, diz secretário do Tesouro

“Se for fatiado será pior para todos. Queremos dar o auxílio aos vulneráveis, mas também precisamos de um ambiente fiscalmente organizado para que a economia melhore”, disse Bruno Funchal

Nível pré-pandemia

Governo Central tem superávit de R$ 43,219 bilhões em janeiro

Após 11 meses consecutivos de rombos causados pelos gastos de enfrentamento à pandemia, contas do Governo Central voltam a ter superávit

Pagamentos e maquininhas

Lucro do PagSeguro soma R$ 430 mi no trimestre, maior da história da companhia

Entretanto, companhia com ações negociadas na Nasdaq teve queda no lucro em 2020

o melhor do seu dinheiro

Lá vem o Leão de novo…

Estamos naquela época do ano de novo: temporada de prestação de contas ao Leão! A Receita Federal acaba de divulgar as regras de preenchimento da declaração de imposto de renda 2021, que neste ano deverá ser entregue entre 1º de março e 30 de abril. Parece que foi ontem que estávamos fazendo o exercício cívico […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies