🔴 É HOJE! COMO COMPRAR CARROS COM ATÉ 50% DE DESCONTO NA TABELA FIPE – CONHEÇA A ESTRATÉGIA

Estadão Conteúdo
Banco

Santander Brasil anuncia Ana Paula Vescovi para chefiar macroeconomia

Com a chegada da ex-líder do Tesouro, todas as atividades dos departamentos de economia do banco passam a ser integradas uma única área

Estadão Conteúdo
28 de fevereiro de 2019
15:26
Ex-Tesouro Nacional, ela assumirá o novo cargo em 2 de julhoImagem: Renato Costa

O Santander Brasil anunciou Ana Paula Vescovi, que comandou o Tesouro Nacional no governo Michel Temer, para liderar a área de macroeconomia do banco. Com sua chegada, as atividades dos departamentos de economia que antes eram segregadas entre o braço do banco de investimento e do próprio grupo passam a ser integradas uma única área, reportando-se diretamente ao vice-presidente executivo e CFO Angel Santodomingo.

O até então economista-chefe do banco, Maurício Molon, segue desempenhando suas funções, agora na equipe da Ana Paula.

A ex-Tesouro assumirá o cargo em 2 de julho uma vez que tem de cumprir quarentena após deixar o setor público.

No governo de Michel Temer, Ana Paula foi Secretária-Executiva do Ministério da Fazenda, Secretária do Tesouro Nacional e presidente do Conselho de Administração da Caixa Econômica Federal.

Também atuou como Secretária da Fazenda do Espírito Santo e presidente do Conselho de Administração do IRB Brasil Re.

Formada em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Espírito Santo, Ana Paula é mestre em economia do setor público e em administração pública, além de especialista em políticas públicas e gestão governamental.

Compartilhe

Entrevista

‘É muito cedo ainda para falar em mudar meta’, diz ex-secretária do Tesouro, Ana Paula Vescovi

14 de março de 2020 - 18:09

Para ela, é cedo para mudar a meta fiscal das contas públicas, pois o Brasil pode acabar saindo desorganizado da crise ocasionada pelo coronavírus.

Entrevista

‘A grande vacina é a continuidade das reformas’, diz Ana Paula Vescovi, economista do Santander

15 de fevereiro de 2020 - 15:02

Banco revisou para baixo previsão de crescimento para 2020, após indicadores fracos.

Dica de ouro

Ana Paula Vescovi sugere aplicar FGTS no Tesouro

18 de dezembro de 2018 - 12:44

Presidente do conselho de administração da Caixa também defendeu fim do monopólio na gestão do FGTS; em 2017, o banco estatal recebeu R$ 5 bilhões como taxa de administração

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar