Menu
2019-04-08T11:56:05-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Desinvestimento

Só elogios: veja como os analistas reagiram à venda da TAG pela Petrobras

A transação de US$ 8,6 bilhões agradou os analistas e dá forças aos papéis da estatal no pregão desta segunda-feira

8 de abril de 2019
11:56
Letreiro da Petrobras em frente a prédio
Analistas gostaram da operação que culminou na venda de 90% da participação da Petrobras na TAG - Imagem: Shutterstock

As ações da Petrobras despontam entre as maiores altas do Ibovespa nesta segunda-feira, com o mercado reagindo positivamente à venda de 90% da participação da estatal na Transportadora Associada de Gás S.A. (TAG) por US$ 8,6 bilhões — a maior operação da estatal dentro de seu programa de desinvestimento.

O fechamento da operação foi confirmado pela própria Petrobras no início da noite de sexta-feira. O grupo Engie e o fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Quebec (CDPQ) foram os compradores do ativo.

A conclusão da venda da TAG foi elogiada por analistas, que destacaram o valor da transação e os efeitos benéficos para a alavancagem da empresa , entre outros pontos.

Como resultado, as ações ON da Petrobras tinham alta de 2,06% por volta de 11h50, enquanto os papéis PN avançavam 1,32%. No mesmo horário, o Ibovespa recuava 0,03%, aos 97.074,28 pontos.

BTG Pactual - Uma amostra do quão rápido a Petrobras pode desalavancar

Recomendação: Compra
Preço-alvo (ADR): US$ 20,00

"A transação da TAG representa mais um movimento positivo em direção ao que consideramos os dois principias elementos por trás da criação de valor da Petrobras: desinvestimentos de áreas em que não é a 'proprietária natural' e diminuição do custo de capital"

"O plano de negócios da Petrobras incluía uma meta de alavancagem de 1,5 vez o Ebitda ao fim de 2020, ante 4,8 vezes no quarto trimestre de 2018. Acreditamos que caso a Petrobras consiga vender os principais ativos [contemplados no plano de desinvestimentos], essa meta pode ser atingida com mais de um ano de antecedência".

"A venda da TAG implica numa redução de alavancagem de 0,2 vez em relação a nossa atual estimativa para 2019, resultando numa alavancagem líquida de 1,7 vez caso nenhum outro ativo seja vendido até o fim do ano".

Itaú BBA - A venda de ativos é um pilar chave da tese de investimentos

Recomendação: Outperform (compra)
Preço-alvo (PETR4): R$ 32,00

"Vemos a transação como positiva, dado que o ativo foi vendido com um prêmio em relação ao múltiplo atual da Petrobras, efetivamente destravando valor aos acionistas".

"Esperamos uma reação positiva do mercado porque a operação ressalta o comprometimento da administração com o programa de venda de ativos, acelerando o processo de desalavancagem da companhia".

"A transação foi avaliada em 8,4 vezes a relação entre o valor da empresa e o Ebitda, um prêmio significativo em relação ao múltiplo da Petrobras, de 5 vezes".

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Alimentação

Mesmo sem auxílio emergencial, BRF, JBS e Burger King permanecem otimistas para 2021

CEOs de companhias de alimentação reforçam otimismo destacando investimentos em suas respectivas atividades, e consideram ganho de produtividade crucial para enfrentar aumento de custos

mudança

Petrobras sobe preço da gasolina pela 2ª vez este ano

Estatal disse também que o preço médio de diesel passará a ser de R$ 2,12 por litro, refletindo uma aumento médio de R$ 0,09 por litro

novata na bolsa

HBR Realty sobe mais de 1% em primeiro dia na B3

Empresa, que atua no segmento de desenvolvimento e administração de propriedades, optou por formato diferente de IPO

em evento

BNDES diz que seguirá firme na estratégia de vender participação acionária

Segundo Montezano, a estratégia de desinvestimentos passa por se desfazer de participações acionárias em “empresas maduras”, como “Petrobras, Vale, Suzano, Klabin e AES Tietê”

futuro da companhia

Vaga na Eletrobras abre disputa no governo e pode definir futuro da estatal

Enquanto a área econômica do governo quer encontrar um executivo à altura de Ferreira Júnior, que acredite na capitalização da companhia, o mundo político aposta no ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies