Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-08-10T17:14:44-03:00
Estadão Conteúdo
Saúde

Economista Gustavo Franco deixa hospital no Rio

Segundo a assessoria do economista, Franco passa bem e está em casa repousando

10 de agosto de 2019
17:14
Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central e sócio da gestora Rio Bravo
Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central e sócio da gestora Rio Bravo. - Imagem: Felipe Rau/Estadão Conteúdo

O ex-presidente do Banco Central e considerado um dos pais do Plano Real, o economista Gustavo Franco, hoje sócio da Rio Bravo Investimentos, deixou ontem o Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, onde estava internado desde sábado passado.

Segundo a assessoria do economista, Franco passa bem e está em casa repousando. Franco, de 63 anos, teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) que não deixou sequelas. Durante a internação, ele ficou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Samaritano, que não deu informações sobre o paciente.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: mundo monitora avanço da variante ômicron da covid-19 em semana de Livro Bege e PIB brasileiro

Além disso, os contornos da disputa política de 2022 começam a ficar mais claros com a entrada de mais candidatos ao pleito

OMS ALERTA

Variante Ômicron representa risco global ‘muito elevado’ e é provável que se espalhe

OMS emitiu hoje um informe técnico sobre a cepa do coronavírus causador da covid-19 recentemente descoberta na África do Sul

MULTIFACETADO

‘Genial e visionário’: Virgil Abloh, diretor artístico da Louis Vuitton, morre aos 41 anos depois de luta contra forma rara de câncer

Estilista norte-americano ganhou notoriedade como diretor criativo do rapper Kanye West e fez história na LVMH

SELEÇÃO DE ATIVOS

13º salário de 2021 cai na conta até amanhã! Veja onde investir se você tem perfil conservador

Consultamos especialistas e o veredito é unânime: no cenário atual o que não faltam são oportunidades, mesmo para os investidores menos inclinados ao risco

ECONOMIA X COVID

Economia monitora variante ômicron da covid-19, mas programas de auxílio dependem da PEC dos Precatórios; pasta evita falar em gastos fora do teto

Ministério da Economia evita falar em crédito extraordinário, como acontece nos casos de guerras ou calamidades públicas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies