Menu
Andre Bona
CONTEÚDO PATROCINADO POR BTG

O que são fundos imobiliários e como investir

Indicada para quem tem perfil moderado ou agressivo e conhecida por não exigir muito capital, aplicação é uma forma alternativa de investimento em imóveis

5 de setembro de 2019
BTG
11:49 - atualizado às 11:58
Prédios
Imagem: Shutterstock

O fundo imobiliário (FII) é uma modalidade de investimento formada pela união de diversos investidores, que se reúnem com o objetivo de investir em empreendimentos imobiliários. No mercado, os fundos imobiliários se posicionam como uma alternativa de investimento em imóveis – muito tradicional no Brasil – para investidores que desejam fazer aportes no mercado imobiliário sem optar por uma compra direta.

Além disso, os fundos imobiliários são conhecidos por permitirem que investidores com pouco capital disponível invistam no segmento imobiliário – tarefa que seria quase impossível no caso de aporte direto em um imóvel, que teria um custo de aquisição muito maior. Atualmente, é possível encontrar fundos imobiliários que permitem aportes inferiores a R$ 100,00.

A partir da compra de cotas do fundo imobiliário, os investidores têm acesso a grandes empreendimentos imobiliários de primeira linha – como shopping centers, complexos empresariais, e outros – e são remunerados de acordo com a participação que possuem nesta modalidade de investimento, seja por meio da valorização das cotas adquiridas ou por meio de recebimento do dividendo mensal, que é o rateio dos aluguéis recebidos pelos imóveis que compõem o fundo.

Para que tipo de investidor este fundo é adequado?

Em geral, os fundos imobiliários são indicados para investidores com perfil moderado ou agressivo – que têm um apetite maior aos riscos – e que desejam fazer aportes no mercado imobiliário de forma mais simples e muito mais barata. Investidores que aceitam maior exposição a riscos também podem optar pelos FIIs para diversificação da carteira de investimentos.

A possibilidade de receber uma renda frequente do investimento a partir do recebimento de aluguéis, a facilidade de compra e venda de cotas de FIIs no mercado e a chance de participar (como cotista) de grandes empreendimentos imobiliários, também chamam atenção dos investidores e podem ser consideradas algumas das vantagens de se investir em FIIs.

Antes de fazer aportes em um fundo imobiliário, entretanto, é fundamental que o investidor conheça seus objetivos pessoais e prazos para cada uma de suas metas, além do seu perfil de investidor. Se bem fundamentado, o investimento em fundos imobiliários pode se tornar mais uma alternativa para o investidor diversificar os investimentos, reduzir os riscos da carteira e montar um portfólio cada vez mais sólido.

*Este conteúdo é patrocinado e de responsabilidade do BTG Pactual

Conteúdo patrocinado

BTG Pactual apresenta nova edição do CEO Conference Brasil 2020

Se você deseja saber o que os grandes nomes do mercado estão pensando, o CEO Conference Brasil 2020 é um evento que não pode ficar de fora da sua agenda

CONTEÚDO PATROCINADO

BTG Pactual digital oferece corretagem zero em minicontratos

O RLP nada mais é do que nada mais é do que um serviço criado para proporcionar ao cliente uma série de benefícios nas operações de mini-índice e minidólar

CONTEÚDO PATROCINADO

A principal estratégia do maior investidor do planeta que você precisa conhecer

Warren Buffet é um investidor exemplo na prática da estratégia de Investimento em Valor. Saiba como montar sua carteira.

Conteúdo patrocinado

Como escolher ações que pagam bons dividendos em 2020

Investir em ações que pagam dividendos é a chave para você começar a acumular
patrimônio e rentabilizar ainda mais a sua carteira de investimentos

CONTEÚDO PATROCINADO

13º salário: qual é o melhor investimento para o seu patrimônio?

Qual é o melhor investimento para o seu 13º? Essa pergunta apenas você pode responder, após a leitura deste texto, é claro.

CONTEÚDO PATROCINADO

Conheça os benefícios fiscais de se investir em previdência privada

Previdência Privada é um investimento de longo prazo, voltado para objetivos de mais de 10 anos, que atua como uma aposentadoria não atrelada às contribuições feitas ao INSS. Confira os tipos de planos

4 dicas para ter sucesso investindo na Bolsa

À medida que a educação financeira se forma, o investidor monta sua carteira. Dentre os produtos disponíveis no mercado financeiro, investir em ações é algo que muitos amam, mas muitos outros têm receio. Aprenda a melhor forma de se dar bem .

BTG reduz a taxa do fundo de ações Indexado ao Ibovespa: taxa chega a um patamar altamente competitivo

O Fundo Ibovespa Indexado do BTG Pactual é similar aos ETFs, com duas vantagens a mais: tem menor taxa e não é necessário conta em corretora.

Taxa Selic em queda: onde investir?

Para investidores com maior apetite ao risco, a queda da Selic favorece o mercado de ações. Aos que não conhecem muito bem o funcionamento da bolsa de valores, aplicar em fundos de ações pode ser também uma boa alternativa

Última oportunidade de investir na oferta especial do mês do Brasil: LCI a 101% do CDI

Por se tratar de um investimento exclusivo para clientes da instituição, os interessados em realizar aportes na LCI que não possuírem conta no BTG Pactual digital, podem realizar o processo de abertura pelo aplicativo, de forma 100% digital

Fechar
Menu