IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2019-06-07T18:39:37-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Dinheiro foi bloqueado pela empresa

Dono da maior bolsa de criptomoedas do Canadá morre e clientes ficam com US$ 190 milhões bloqueados

Cerca de 115 mil investidores tentaram sacar seus investimentos após a morte de Gerald Cotten, mas descobriram que os valores estavam bloqueados

5 de fevereiro de 2019
16:53 - atualizado às 18:39
gerald-cotten
Cotten faleceu na Índia em dezembro do ano passado - Imagem: Facebook/Reprodução

A morte do fundador da maior bolsa de criptomoedas do Canadá tornou-se um pesadelo para milhares de clientes da instituição. Depois de serem informados sobre a morte de Gerald Cotten, cerca de 115 mil investidores resolveram retirar seu dinheiro e, ao acessar o site da QuadrigaCX, descobriram que os valores estavam bloqueados. No total, US$ 190 milhões em fundos ficaram retidos na empresa.

Cotten faleceu na Índia em dezembro do ano passado devido a complicações da chamada Doença de Crohn. A QuadrigaCX, no entanto, só anunciou a perda em janeiro deste ano.

https://www.quadrigacx.com/gerald-cottenIt is with a heavy heart that we announce the sudden passing of Gerald Cotten,...

Posted by Quadriga CX on Monday, January 14, 2019

Depois que o dinheiro foi bloqueado, a empresa sumiu do mapa e só voltou a dar informações sobre o caso semanas depois. Na ocasião, a companhia revelou por meio de seu site e redes sociais que havia pedido concordata na suprema corte da província canadense da Nova Escócia.

Dear Customers,An application for creditor protection in accordance with the Companies' Creditors Arrangement Act...

Posted by Quadriga CX on Thursday, January 31, 2019

Em decisão, o juiz Michael Wood deu à QuadrigaCX uma suspensão de 30 dias de suas operações, em uma tentativa de impedir que ações judiciais contra a empresa sejam julgadas neste momento. No bom e velho português, a QuadrigaCX ganhou tempo para recuperar os US$ 190 milhões bloqueados e ressarcir seus clientes sem que seja alvo de processos.

A diretoria da bolsa também pediu que o tribunal aponte o grupo internacional de auditoria Ernst & Young para fiscalizar as operações enquanto a empresa tenta recuperar seus ativos perdidos.

O dono da chave

A justificativa dada pela empresa para o bloqueio dos investimentos foi que Cotten era a única pessoa autorizada a transferir fundos da QuadrigaCX entre a chamada "carteira fria" da empresa - um sistema seguro de armazenagem offline - e a "carteira quente", ou servidor online. A empresa não tinha contas em bancos e usava serviços terceirizados para administrar pagamentos e saques.

A viúva do empresário, Jennifer Robertson, disse que chegou a contratar um especialista para conseguir acessar o conteúdo do notebook de Cotten, sem sucesso.

Na declaração aos clientes, a QuadrigaCX disse que trabalhou durante esse tempo para localizar e proteger as reservas de criptomoedas detidas em suas carteiras frias, mas que "infelizmente, esses esforços não deram resultado".

A diretoria da bolsa de cripto agora pensa em vender seus os ativos na bolsa para tentar quitar as dívidas. Mas já há quem diga que a solução para o problema seja a venda da empresa.

Segundo o jornal The Washington Post, a QuadrigaCX enfrentou diversos problemas legais nos últimos 12 meses. No início do ano passado, o Canadian Imperial Bank of Commerce congelou mais de US$ 25 milhões em ativos da empresa depois de constatar irregularidades nos procedimentos de pagamento da bolsa. O tribunal superior de justiça da província de Ontário assumiu então o controle dos fundos, que foram devolvidos à QuadrigaCX dias antes da morte de Cotten.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

DEPOIS DO COLAPSO

Falida e disputada: Binance e outras exchanges querem abocanhar Voyager Digital com ofertas de até US$ 1 bilhão

25 de novembro de 2022 - 13:46

A corretora de criptomoedas de CZ confirmou os rumores de que sua subsidiária americana, a Binance US, planeja fazer uma oferta para resgatar a empresa do colapso

MUDOU DE IDEIA

Gafisa (GFSA3) troca oferta de ações por aumento de capital de até R$ 150 milhões; o que muda para os investidores?

25 de novembro de 2022 - 12:35

A companhia pretende emitir pouco mais de 25,46 milhões de ações ordinárias a R$ 5,89 cada – um desconto de 9% em relação à cotação atual dos papéis

QUE PRESENTÃO, HEIN?

Elon Musk volta a demitir no Twitter! Após anunciar o fim dos cortes, bilionário manda embora dezenas de funcionários antes do feriado

25 de novembro de 2022 - 10:50

Segundo dados do Platformer, desta vez, em torno de 50 engenheiros perderam seus empregos por “motivos de desempenho” e receberam um mês de indenização

SEMANA EM CRIPTO

Jogando parado: bitcoin (BTC) sustenta US$ 16 mil e criptomoedas superam mais uma semana difícil; veja o que esperar a partir de agora

25 de novembro de 2022 - 10:19

Entre os destaques da semana estão a nova lei de criptomoedas de El Salvador e a queda de mais um gigante do setor

DINHEIRO ENTRANDO

V.Tal, unidade de fibra ótica criada dentro da Oi (OIBR3), recebe aporte de R$ 2,5 bilhões de fundo — ações disparam 10%

25 de novembro de 2022 - 9:54

Com o negócio, o fundo canadense terá uma fatia de 9,7% da V.Tal e poderá indicar um membro para o Conselho da empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies