Menu
2019-02-18T17:39:03-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Instituições Financeiras

Senadores propõem que CSLL paga pelos bancos volte a 20%

Alíquota voltou a ser de 15% agora em 2019 depois de passar três anos com percentual majorado

18 de fevereiro de 2019
17:39
Bancos - Itaú - Santander - Bradesco - Banco do Brasil
Imagem: Montagem Andrei Morais / Estadão Conteúdo / Shutterstock

Tramita na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado projeto de lei que busca restaurar o percentual de 20% de Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) paga pelos bancos e outras instituições financeiras, como seguradoras e administradores da cartão.

O PL 602 de 2019 é de autoria de seis senadores petistas, Humberto Costa (PE), Jean Paul Prates (RN), Jaques Wagner (BA), Paulo Paim (RS), Paulo Rocha (PA) e Rogério Carvalho (SE).

A cobrança tinha subido de 15% para 20% em 2015, por meio da Medida Provisória 675. Após a tramitação em comissão especial e na Câmara, o texto ganhou a previsão de que o percentual maior seria válido por um período de três anos, encerrado em dezembro de 2018.

Para os parlamentares, a contribuição de 20% é compatível com os lucros dos bancos. Nas justificativas ao projeto, os parlamentares afirmam que: “é injusto que as políticas sociais voltadas à população mais pobre sofram reduções, enquanto os tributos pagos pelos segmentos com maior poder econômico se reduzam”.

Nas contas apresentadas, a mudança na alíquota geraria um aumento de arrecadação da ordem R$ 1,35 bilhão em 2019, podendo ficar entre R$ 3 bilhões a R$ 5 bilhões nos anos seguintes.

O texto está em fase de recebimento de emendas até o dia 20 de fevereiro.

*Com Agencia Senado

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Check up dos investimentos

O que considerar na hora de avaliar o desempenho da sua carteira – e quais ferramentas podem te ajudar

Montei um guia para você saber tudo que precisa levar em consideração na hora de avaliar o desempenho da sua carteira de investimentos, principalmente se você investe por meio de diversas instituições financeiras. Também listei algumas ferramentas que podem te ajudar na empreitada.

DE OLHO NO NUBANK

Número de contas do Nubank cresce 485%, mas prejuízo também acelera e chega a R$ 312,7 milhões

Mas nem tudo foi ruim. De acordo com o documento apresentado pela fintech, o Nubank fechou o ano passado com 16 milhões de contas, sendo que 45 mil foram apenas contas voltadas para pessoas jurídicas (PJs)

AVERSÃO AO RISCO

‘Índice do medo’ dispara mais de 48% em meio a movimento de aversão ao risco no mundo

Seguindo na mesma direção, o ouro também apresentou alta na tarde desta segunda-feira por conta do movimento de busca por proteção

ECONOMIA

Carnaval 2020 deve movimentar R$ 8 bilhões na economia, diz CNC

Segundo a CNC, “a recuperação gradual da atividade econômica, combinada à inflação baixa” tendem a refletir na recuperação moderada dos serviços turísticos

AVIAÇÃO

Empresa americana ExpressJet Airlines compra 36 aviões da Embraer

A companhia anunciou também que vai diminuir gradualmente a sua frota de aeronaves E175 para acelerar o crescimento e se tornar uma companhia mais eficiente

PESQUISA

Avaliação do governo Bolsonaro fica estável em fevereiro, mostra pesquisa

A expectativa da população para o restante do mandato de Bolsonaro também não variou. Para 40%, a perspectiva é ótima ou boa e para outros 33% é ruim ou péssima

ECONOMIA

Bolsonaro diz que PIX do BC trará mais agilidade e menos custos ao cidadão

O PIX será disponibilizado pelas instituições financeiras a partir de 16 de novembro

Uns crescem, outros recuam

Desigual, recuperação do mercado imobiliário se concentra no Sudeste

Construtoras mantiveram a política de fechamento de postos de trabalho em 14 Estados em 2019

Incentivo à economia

China vai flexibilizar política monetária em resposta a coronavírus

Objetivo é auxiliar a economia do país a se fortalecer em meio aos impactos econômicos do surto da doença

Entrevista

Diretor do FGC: “sempre é melhor prevenir do que improvisar”

Daniel Lima defende as mudanças previstas no texto de Resolução Bancária enviado pelo governo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements