Menu
2019-02-18T17:39:03-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Instituições Financeiras

Senadores propõem que CSLL paga pelos bancos volte a 20%

Alíquota voltou a ser de 15% agora em 2019 depois de passar três anos com percentual majorado

18 de fevereiro de 2019
17:39
Bancos - Itaú - Santander - Bradesco - Banco do Brasil
Imagem: Montagem Andrei Morais / Estadão Conteúdo / Shutterstock

Tramita na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado projeto de lei que busca restaurar o percentual de 20% de Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) paga pelos bancos e outras instituições financeiras, como seguradoras e administradores da cartão.

O PL 602 de 2019 é de autoria de seis senadores petistas, Humberto Costa (PE), Jean Paul Prates (RN), Jaques Wagner (BA), Paulo Paim (RS), Paulo Rocha (PA) e Rogério Carvalho (SE).

A cobrança tinha subido de 15% para 20% em 2015, por meio da Medida Provisória 675. Após a tramitação em comissão especial e na Câmara, o texto ganhou a previsão de que o percentual maior seria válido por um período de três anos, encerrado em dezembro de 2018.

Para os parlamentares, a contribuição de 20% é compatível com os lucros dos bancos. Nas justificativas ao projeto, os parlamentares afirmam que: “é injusto que as políticas sociais voltadas à população mais pobre sofram reduções, enquanto os tributos pagos pelos segmentos com maior poder econômico se reduzam”.

Nas contas apresentadas, a mudança na alíquota geraria um aumento de arrecadação da ordem R$ 1,35 bilhão em 2019, podendo ficar entre R$ 3 bilhões a R$ 5 bilhões nos anos seguintes.

O texto está em fase de recebimento de emendas até o dia 20 de fevereiro.

*Com Agencia Senado

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Tensão em Brasília

Racha no Congresso põe reformas em xeque

A decisão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de fatiar a reforma tributária foi vista como a pá de cal nas chances de avanço das reformas no Congresso até o fim do atual governo. Embora Lira tenha prometido abrir o diálogo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para definir os próximos passos, […]

Rapidinhas da semana

BLINK: Itaúsa, B2W, Eletrobras e mais recomendações rápidas

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Alpargatas, Eletrobras, Itaúsa, Lojas Americanas e muito mais no Blink

Reserva de emergência

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, vende ações da Amazon e põe US$ 5 bi na conta

O bilionário Jeff Bezos vendeu cerca de 1,5 milhão de ações da Amazon nos últimos dias e pode vender outros 500 mil papéis em breve

Reduzindo a participação

CSN começa a se desfazer de suas ações da Usiminas

Aproveitando o bom momento do setor siderúrgico na bolsa, a CSN vendeu mais de 50 milhões de ações preferenciais da Usiminas

O melhor do Seu Dinheiro

A limonada da bolsa e do dólar, as ações mais indicadas do mês e outros destaques da semana

A semana que passou tinha tudo para ser bem azeda para os investidores. No cardápio de notícias dos últimos dias tivemos: A alta da taxa básica de juros e a sinalização de que novos ajustes vêm por aí; Muito barulho político com a CPI da Covid; O projeto da reforma tributária de volta à estaca […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies