Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-07T16:11:22-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Uma empresa e tanto

Arco Educação atinge valor de US$ 2,57 bilhões e deixa família dos donos bilionária

O rali das ações na bolsa fez com que Ari e seu pai, Oto de Sá Cavalcante, que possuem juntos 54% da empresa, ficassem bilionários. Quem fez os cálculos foi a própria Bloomberg com base no prospeto do IPO da empresa

5 de outubro de 2019
17:46 - atualizado às 16:11
arco educação
Imagem: YouTube

As longas horas do empresário cearense Ari de Sá Cavalcante Neto, presidente da Arco Educação, atrás de investidores nos Estados Unidos interessados em comprar ações de sua empresa parece que enfim geraram bons frutos.

Depois de muito tempo tentando convencer investidores, o brasileiro conseguiu colocar a empresa na lista de unicórnios do Brasil e criou um império educacional que hoje vale US$ 2,57 bilhões, ou seja, R$ 10,96 bilhões, com informações atualizadas do fechamento da última sexta-feira (4). E não é só isso. O sucesso do negócio fez também com que a família ficasse bilionária. As informações são da Bloomberg.

O rali das ações na bolsa fez com que Ari e seu pai, Oto de Sá Cavalcante, que possuem juntos 54% da empresa, ficassem bilionários. Quem fez os cálculos foi a própria Bloomberg com base no prospeto do IPO da empresa.

Oto é o maior acionista, com cerca de 38% do capital social da empresa. Além da família Ari de Sá, que é detentora de colégios no Ceará, a empresa tem como sócio o fundo de private equity General Atlantic, com 20% do capital, e que não vendeu ações durante a oferta pública.

Uma mudança e tanto

De uma empresa pouco conhecida com apenas uma única escola na região nordeste do país, Cavalcante foi capaz de realizar a abertura de capital da empresa de US$ 210 milhões em setembro de 2018. A Arco Educação é hoje um grupo de conteúdo e serviços de ensino, que planeja ampliar o ritmo de crescimento dos negócios, com investimentos em tecnologia e novos produtos.

Na época do IPO, o preço da ação foi fixado em US$ 17,50, mas a estreia na bolsa foi por um valor maior. A companhia começou a ser negociada a US$ 24,50. E desde então, os papéis da Arco subiram mais de 125,63% na bolsa no acumulado deste ano na Nasdaq, o que supera até mesmo grandes nomes como Uber e Pinterest.

Além da transformação em termos de valorização na bolsa, o que mais surpreende na empresa é a história de seus fundadores. A companhia nasceu em 2006 trazendo iniciativas de sistemas para educação e fornecimento de apostilas e, aos poucos, foi incorporando a tecnologia em seu negócio.

A holding é fundadora das plataformas de ensino SAS e se tornou sócia da International School em 2016. Ela utiliza a tecnologia para personalizar o ensino e engajar alunos desde o nível básico ao médio.

A guinada na estratégia ocorreu principalmente depois que Cavalcante retornou ao Brasil em 2007, após cursar mestrado no Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Fartura nos resultados

Trimestre apetitoso! McDonald’s supera expectativas do mercado e registra lucro de US$ 2,22 bilhões

Com ajustes, o lucro por ação somou US$ 2,37 e ficou acima da previsão de analistas consultados pela FactSet, de US$ 2,11

O melhor do seu dinheiro

Entrevista exclusiva com a Ânima, o fim de uma era no Santander e mais destaques desta quarta-feira

A pandemia da covid-19 acertou em cheio as empresas de educação privada na bolsa. Em meio à crise, muitos alunos que trabalhavam para pagar as mensalidades acabaram perdendo o emprego. O resultado no balanço das companhias foi o aumento na inadimplência e a queda no número de estudantes nos cursos de graduação. Mas como costuma […]

Lucro forte

Na Olimpíada dos balanços, a WEG foi ao pódio mais uma vez no segundo trimestre

A WEG novamente mostrou forte crescimento na receita líquida, Ebitda e lucro, auxiliada pela demanda forte no exterior e no Brasil

Balanço trimestral

Lucro da Pfizer atinge R$ 5,563 bi turbinado por venda de vacinas

O resultado é 59% maior do que o ganho de US$ 3,489 bilhões registrado em igual período do ano passado

Mudança nas regras

BC altera regulamentação sobre prevenção à lavagem de dinheiro no Brasil

As instituições financeiras precisarão obter informações sobre o local da residência das pessoas naturais ou da sede das empresas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies