Menu
Nicholas Sacchi
Crypto News
Nicholas Sacchi
2018-10-04T17:12:44-03:00
Coluna

La moneda digital petrolera

Lembra do “el petro” – o salvador da economia venezuelana? Saiba que rumos essa criptomoeda vem tomando desde a sua criação

4 de outubro de 2018
17:11 - atualizado às 17:12
nicolas-maduro
Nicolás Maduro - Imagem: Shutterstock

O dia era 4 de dezembro de 2017. Criptoativos como bitcoin, ether e muitos outros estavam passando por uma explosão nos preços.

Era comum ouvir as pessoas conversando sobre criptomoedas em todo lugar: nos restaurantes, na academia e, até mesmo, no Uber.

O interesse por criptos estava em alta. Um momento oportuno para o anúncio de uma iniciativa nesse sentido.

E foi justamente nesse dia que meu xará, o controverso presidente venezuelano Nicolás Maduro, anunciou que lançaria o El Petro, uma criptomoeda lastreada em petróleo venezuelano.

A minha primeira reação foi pensar no quão hilária soava aquela proposta. Mas, depois de analisar com mais frieza, percebi que aquilo soava quase como um desesperado grito de socorro.

Com o declínio consistente das receitas provenientes da exportação de commodities — como petróleo e minerais — gerado pelas sanções impostas ao governo de Maduro, a tentativa de criar uma forma alternativa de comercialização por meio de um tipo de ativo que fosse à prova de censura pode parecer uma boa estratégia.

E seria, não fosse esse ativo controlado por um governo que sofre fortemente com uma enorme crise de credibilidade.

Ao longo da evolução do projeto, diversas medidas bastante ineficazes de política monetária foram adotadas como tentativa de tirar a economia venezuelana do buraco. Várias delas envolviam a utilização do criptoativo como mecanismo de reestabelecimento da confiança das pessoas na moeda em circulação, o bolívar.

A sua mais recente derrocada com o criptoativo foi anunciada nessa segunda-feira, 1º de outubro:

“(…) a partir do dia 5 de novembro, o petro estará disponível para venda ao público venezuelano por bolivares soberanos.”

Apesar da tentativa, o El Petro continua sofrendo no quesito confiança. Afinal, a “criptomoeda” não é descentralizada, tampouco livre de controle governamental, e não há qualquer evidência de que o ativo seja efetivamente lastreado por petróleo.

Talvez não seja a hora de investir em petróleo venezuelano…

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

MUDANÇA DE CARGO

Marinho anuncia que secretário Leonardo Rolim será novo presidente do INSS

Atualmente, 1,3 milhão de solicitações de benefício estão sem análise há mais de 45 dias, prazo legal para que o INSS dê uma resposta

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O que fazer diante do coronavírus

Caro leitor, A essa altura, você talvez já saiba que o coronavírus causa infecções do trato respiratório superior, cujos sintomas principais são coriza, dor de garganta e febre. A doença pode chegar ao trato respiratório inferior, o que é mais comum em pessoas com doenças cardiopulmonares, com sistema imunológico comprometido ou idosos. Você também já […]

De volta aos 116 mil pontos

Dia de correção: Ibovespa se recupera e fecha em alta de mais de 1,5%; dólar cai a R$ 4,19

Após amargar perdas de mais de 3% na segunda-feira, o Ibovespa teve um dia de alívio e encerrou com ganhos firmes, acompanhando o tom de maior calmaria no exterior. O coronavírus, no entanto, segue trazendo cautela às negociações

VEM, CHINESES

Doria diz que continua estimulando chineses a comprar instalações da Ford

No ano passado, Doria tentou ajudar o grupo brasileiro Caoa a comprar a planta da Ford e chegou a convocar uma coletiva de imprensa para anunciar um acerto entre as duas empresas. No entanto, as negociações não prosperam

DÍVIDA

Dívida pública federal sobe 1,03% em dezembro, e fecha 2019 em R$ 4,248 trilhões

A DPF inclui a dívida interna e externa. A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) subiu 1,22% em dezembro fechou o ano em R$ 4,033 trilhões

DE OLHO NOS GASTOS

Gasto de estrangeiro fica estagnado

Apesar do aumento no volume de pessoas de países com isenção de visto que vieram ao Brasil, isso não se refletiu no montante total de gastos dos turistas de fora

AVALIAÇÃO NEGATIVA

Após aumento de custos e queda nos lucros, Credit Suisse corta preço-alvo para ações da Cielo

Entre os pontos de atenção citados pelos analistas no relatório está a queda de margens, que alcançaram os menores níveis já vistos

as queridinhas dos jovens

Apple, Amazon e Tesla estão entre as ações preferidas dos millennials; confira ranking

Empresa diz ter analisado 734 mil contas de investimento de americanos com idade média de 31 anos

Azul, JBS, Cielo e Petrobras: os destaques do Ibovespa nesta terça-feira

O mercado reagiu positivamente às novidades anunciadas pela Azul em sua gestão de frota — e, como resultado, as ações da companhia aérea dispararam. Já a Cielo teve um dia intenso na bolsa, em meio à divulgação do balanço trimestral da companhia

motivo de preocupação dos mercados

Brasil investiga caso suspeito de coronavírus

Caso a infecção por coronavírus seja confirmada, o nível de alerta no país sobe para de Emergência de Saúde Pública Nacional, quando há a possibilidade de o vírus já estar em circulação no país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements