Menu
2018-10-13T11:17:56-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
As novas 'milhas'?

Brasil terá criptomoeda direcionada ao varejo em novembro

Desenvolvida em São José dos Campos com apoio do Instituto Tecnológico Aeronáutico, a Wibx já custou R$ 5 milhões

13 de outubro de 2018
10:16 - atualizado às 11:17
Criptomoedas
Desenvolvimento da criptomoeda já custou R$ 5 milhõesImagem: shutterstock

A primeira criptomoeda do mundo direcionada às marcas e consumidores no setor de varejo será lançada em novembro. A informação é da coluna Broadcast, do Estadão, desse sábado (12).

A Wibx foi desenvolvida em São José dos Campos e já consumiu R$ 5 milhões de investimentos em três anos, com o apoio do Grupo de Pesquisa em Engenharia de Software do ITA (Instituto Tecnológico Aeronáutico).

Troca de pontos

Na prática, vai funcionar como um sistema de pontuação de milhas. Para efetuar uma compra usando sua pontuação, o consumidor deverão acessar a plataforma do Wibx. Haverá ainda a flexibilidade de trocá-los por outras critpomoedas, segundo o coluna.

Não autorizado

Como os tokens estão relacionados a um uso específico, são chamados de utility tokens, e, portanto, não são passíveis de regulação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que é focada em ativos mobiliários. Assim, a oferta inicial da moeda (ICO, na sigla em inglês) não exige uma aprovação do xerife do mercado de capitais e será feita em uma plataforma virtual - um site - onde um white paper - similar a um prospecto das ofertas de ações - está disponível aos interessados.

Expectativa

Serão oferecidos 12 bilhões de tokens, com um valor final previsto em US$ 0,04 por unidade de token. Esse processo de oferta deve terminar em fevereiro do ano que vem, de acordo com as estimativas dos sócios. O projeto tem respaldo jurídico do Felsberg Advogados.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

PANDEMIA NO PAÍS

Covid-19: Brasil tem 142 mil óbitos e 4,74 milhões de casos acumulados

Do total de contaminados, 86% se recuperaram da doença

seu dinheiro na sua noite

Cheiro de pedalada e de drible no teto de gastos

Caro leitor, O governo bem que tentou se safar manejando o cobertor curto, mas pelo menos para o mercado financeiro, não colou. O anúncio do programa social Renda Cidadã nesta segunda-feira lançou um combo de preocupações nos investidores e atirou o Ibovespa na lama, totalmente na contramão do resto do mundo. O dólar, por sua vez, voltou […]

dinheiro à vista

CCR paga R$ 373,2 milhões em dividendos em 30 de outubro

Empresa pagará o correspondente a R$ 0,18477410142 por ação ordinária

Na contramão

Bolsa cai e dólar dispara depois de governo revelar como pretende financiar Renda Cidadã

Ibovespa abriu em alta, mas virou em meio à frustração dos investidores com o financiamento do programa que sucederá o Bolsa Família

em anúncio do renda cidadã

Guedes: Política dá o timing e desoneração está sendo estudada

No anúncio do novo programa social do presidente Jair Bolsonaro, o Renda Cidadã, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a proposta do governo foi feita com a busca da “verdade orçamentária”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements