🔴 RECEBA TODA SEMANA RECOMENDAÇÕES PARA PODER DOBRAR O SEU DINHEIRO – CONHEÇA O MÉTODO

Deborah Quadros
Conteúdo Mercado Bitcoin

O que são os jogos play-to-earn e como eles se relacionam com as criptomoedas?

Também chamados de cripto games, esses novos jogos são uma oportunidade para ganhar dinheiro e se posicionar no universo cripto; entenda

Deborah Quadros
25 de maio de 2022
10:00 - atualizado às 16:02
O que são os jogos play-to-earn e como eles se relacionam com as criptomoedas?
Imagem: Mercado Bitcoin/Divulgação.

Ganhar dinheiro jogando ou investindo em jogos online? Há algum tempo isso já não é mais uma novidade. É de conhecimento geral que muitos jogos, tanto de videogame quanto de celular, já abrem essa possibilidade do usuário ser recompensado por jogar ou interagir com o ambiente virtual. 

Esse é o caso dos inovadores jogos play-to-earn – ou jogue-para-ganhar, em tradução livre –, nos quais os jogadores recebem recompensas em forma de tokens, criptomoedas ou NFTs por realizarem tarefas dentro do jogo. Esses ativos, além de serem negociados dentro do próprio jogo, podem ser transacionados fora do ambiente virtual, ou seja, no “mundo real”. 

A seguir, você vai entender melhor como funcionam esses jogos e como investir nesse mercado (sem precisar jogar nenhum tipo de videogame). 

Antes de continuar… entenda o que são os tokens e NFTs

Um token nada mais é do que a representação digital de ativos em uma blockchain. A blockchain, por sua vez, é um sistema descentralizado onde ficam registradas todas as transações realizadas com determinados ativos digitais. O Bitcoin (BTC) e o Ethereum (ETH) são exemplos de criptomoedas famosas que foram criadas com base em uma tecnologia de registro blockchain.  

Já o NFT – ou token não-fungível – é como um certificado de autenticidade digital, que garante que o item em questão é único e original. Dentro dos jogos play-to-earn, muitas skins (roupas) ou ferramentas dos personagens são criadas como NFTs e podem ser comercializadas entre usuários dentro do próprio ecossistema do game. 

A regra é simples: jogue e ganhe. Negocie, se quiser. 

Os jogos play-to-earn são recentes na história do mercado e têm um conceito simples: o jogador “investe” seu tempo no jogo e ganha recompensas ao completar tarefas. Algumas pessoas costumam dizer que os jogos play-to-earn são a terceira geração da tecnologia de jogos eletrônicos, que veio logo depois dos jogos free-to-play. 

O que diferencia os dois tipos é que os jogos free-to-play são disponibilizados gratuitamente e têm sua monetização através da venda de upgrades: skins exclusivas, habilidades especiais pros avatares são alguns exemplos. 

Já os jogos play-to-earn seguem a dinâmica inversa: eles permitem que os ganhadores ganhem tokens como forma de recompensa por certas tarefas. Além disso, são desenvolvidos em blockchain, possibilitando que os próprios jogadores gerem renda e negociem seus tokens dentro do game. A experiência de interatividade é muito maior. 

Ou seja, enquanto em um tipo você precisa pagar do seu próprio dinheiro se quiser usufruir das atualizações do jogo, no outro, você pode ganhar dinheiro jogando e ainda fazer transações dentro da plataforma para conseguir alcançar seus objetivos como jogador.       

Game tokens e NFTs: como funciona a negociação dentro dos jogos play-to-earn

Atualmente, muitos itens encontrados dentro dos games são NFTs. Ou seja, são artigos únicos e não-fungíveis, mas que podem ser negociados ou trocados com outros jogadores. 

Imagine que você tenha um personagem único em um jogo, um NFT, que ninguém mais no mundo tem, mas um outro jogador quer comprar esse personagem. Vocês podem negociar essa “compra” dentro da própria plataforma do game e o outro jogador tem a possibilidade de realizar esse pagamento em criptomoedas. 

Além dos tokens não-fungíveis, outro ativo negociado dentro dos jogos são as criptomoedas. Também chamadas de game tokens, muitas vezes são criadas especificamente para cada jogo, e têm suas próprias características. Porém, é importante ressaltar que nem todo jogo possui sua própria moeda digital. Alguns podem pagar em moedas já existentes, como em pequenas frações de Bitcoin (chamadas de Satoshi), ou outras criptos presentes no mercado. 

As criptomoedas dos jogos também podem ser negociadas em corretoras de cripto e utilizadas para compras e vendas fora do ambiente virtual dos games.

Como mencionado anteriormente, esses jogos play-to-earn são desenvolvidos dentro da blockchain, dessa forma, todas as transações dentro do jogo, sejam elas de NFTs ou criptomoedas, ficam registradas. 

Achou interessante? Veja abaixo três exemplos de games play-to-earn

1) Axie Infinity

Esse é um dos jogos mais famosos do universo dos cripto games e foi inspirado no clássico Pokémon. Nele você pode criar, reproduzir e colecionar os seus bichos de estimação, que são chamados de “Axies”. Você também pode batalhar com os demais jogadores, utilizando os seus bichinhos, além de realizar outras missões e tarefas diárias. 

Cada Axie é um NFT que pode ser trocado ou vendido. As criptomoedas utilizadas dentro do Axie Infinity são: AXS e Smooth Love Potions (SLP).

2) My Neighbor Alice  

Esse jogo relembra os bastante conhecidos “jogos de fazendinha”. Nele, cada jogador tem sua própria ilha e precisa produzir, comprar, vender e explorar os recursos disponíveis dentro do ambiente virtual. Cada item presente no jogo é um NFT e muitos usuários conseguem realmente lucrar trabalhando na sua propriedade, comprando e vendendo itens. O game token desse jogo é o ALICE

3) Decentraland

O Decentraland está diretamente ligado ao metaverso: o jogo permite várias interações dinâmicas entre os usuários, que aparecem dentro desse universo em forma de avatares. A plataforma permite que os jogadores explorem, criem peças de arte, arquitetem lugares e, inclusive, tenham interações sociais em realidade aumentada participando de eventos diversos.

A criptomoeda desse jogo é a MANA e as negociações dentro da plataforma podem ser realizadas tanto usando a cripto do jogo, quanto o token LAND, que representa as propriedades virtuais do ecossistema. 

Qual a relação dos jogos play-to-earn com o metaverso?

O metaverso, nesses estágios iniciais, tem se desenvolvido principalmente através dos games.  Nesse “mundo virtual”, os usuários têm inúmeras possibilidades de interação e são capazes de criar uma realidade virtual paralela ao mundo real. 

Com o crescimento do metaverso, a tendência é que os jogos play-to-earn conectados a ele se tornem ainda mais populares. Mesmo que você não tenha interesse em jogos, é interessante ficar atento às inovações desse universo e às oportunidades de ganhar dinheiro nesse promissor mercado.

Invista em jogos play-to-earn, sem precisar jogar

Para aqueles que gostam dessa modalidade, a forma mais evidente de ganhar dinheiro com os games play-to-earn é, claro, jogando. Mas essa não é a única maneira

Se você se interessa por esse mercado, mas não tem muito tempo disponível, nem interesse em jogar cripto games, saiba que há ainda outra forma de investir no segmento e buscar ganhos: comprando as moedas dos jogos play-to-earn

Como mencionado acima, as criptomoedas dos jogos podem ser negociadas no “mundo real”, através de exchanges (corretoras especializadas em cripto), como o Mercado Bitcoin

Com mais de 3 milhões de usuários, o Mercado Bitcoin é a maior plataforma de compra e venda de criptoativos ativos da América Latina. São mais de 150 criptoativos disponíveis para negociação 24 horas por dia, 7 dias por semana. 

Você pode abrir sua conta pelo celular ou pelo desktop clicando no botão abaixo:

Compartilhe

Conteúdo Mercado Bitcoin

Como criar uma moeda virtual? É muito caro?

6 de abril de 2022 - 10:00

Saiba todos os custos de criar um ativo digital do zero e qual a melhor forma de investir no no universo dos criptoativos

Conteúdo Mercado Bitcoin

Como declarar bitcoin e outros criptoativos?

30 de março de 2022 - 10:00

O período da entrega do Imposto de Renda já começou e quem investiu em bitcoin e outros criptoativos precisa declarar à Receita Federal. Desde 2019, a Receita Federal introduziu a Instrução Normativa, IN 1888, que traz a obrigatoriedade sobre a declaração para quem realizou transações com criptoativos no Brasil.  O prazo para a entrega da […]

Conteúdo Mercado Bitcoin

Vale mais a pena investir em ações ou em criptomoedas?

25 de março de 2022 - 11:00

Nessa disputa entre o inovador e o tradicional, entenda como se posicionar

Conteúdo Mercado Bitcoin

O que é uma carteira digital? Conheça a melhor forma de armazenar suas criptomoedas

21 de março de 2022 - 13:00

Se você deixa suas criptomoedas na corretora, pode estar correndo riscos; criar uma carteira digital é fácil e pode te proteger de ataques; entenda.

Conteúdo Mercado Bitcoin

Veja por que investir em bitcoin e outras criptomoedas pode ser uma opção para sua carteira

18 de março de 2022 - 10:00

Ativos digitais têm conquistado cada vez mais espaço nas carteiras de investimento ao redor do mundo; veja por que você também deve incluir criptomoedas em seu portfólio

Conteúdo Mercado Bitcoin

Dá pra ganhar bitcoin pela internet? Veja 5 maneiras de conseguir a criptomoeda mais famosa do mundo ‒ e como evitar golpes

14 de março de 2022 - 10:00

Além da mineração, realizada principalmente por supercomputadores, plataformas distribuem bitcoins em ações promocionais, mas é preciso ter cuidado com golpes

conteúdo patrocinado

Como proteger o seu patrimônio com ouro e dólar a partir de R$ 50

14 de agosto de 2020 - 11:53

Mercado Bitcoin dá mais um passo rumo à democratização de ativos e oferece criptomoedas lastreadas em ouro e dólar de forma descomplicada

Conteúdo patrocinado

Tecnologia por trás do bitcoin viabiliza investimentos a partir de R$ 100 em ativos restritos a grandes investidores

20 de julho de 2020 - 8:05

Tokens de cotas de consórcio e precatórios podem ser negociados no Mercado Bitcoin e oferecem rentabilidade de até 22% ao ano

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar