🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Conteúdo Mercado Bitcoin

Como fazer um NFT: um manual com sites e ferramentas para a criação de suas artes digitais

Veja um passo a passo de tudo o que é preciso para entrar nesse universo e começar a criar e vender seus NFTs na internet

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
29 de abril de 2022
13:00 - atualizado às 17:09
Como fazer um NFT
Imagem: Mercado Bitcoin/Divulgação.

É difícil encontrar alguém antenado no noticiário que tenha passado 2021 sem ouvir falar de NFT. O assunto foi tão discutido que o dicionário britânico Collins até escolheu o termo como palavra do ano. Também conhecidos pelo seu nome completo, os tokens não-fungíveis transformaram o mercado digital oferecendo uma nova forma de registro e venda de itens.

Em suma, tudo pode virar um NFT, incluindo peças de arte, imagens e até mesmo tuítes. Mas, afinal, como fazer um NFT? É fácil? É caro? 

Para te mostrar que essa não é uma tarefa tão complicada quanto pode parecer, mostramos abaixo uma lista de todos os passos necessários para você entender, de vez, como fazer um NFT e entrar neste mercado. 

O que é um NFT?

Antes de falar especificamente sobre como fazer um NFT, vamos começar do básico relembrando do que ele se trata. O token não-fungível nada mais é do que um registro digital de um item, real ou virtual. Na prática, um NFT é como se fosse um certificado de autenticidade digital. 

Quando um item se torna um NFT, ele passa a se tornar algo único e exclusivo e que tem seu dono registrado para sempre em uma rede onde qualquer um pode ter acesso a essa informação: a blockchain. A blockchain é a tecnologia que permite a existência e negociação das criptomoedas. De maneira resumida, é um banco de dados armazenado de forma pública e sem um controle central. 

Os primeiros NFTs tinham aspecto simples, como imagens estáticas ou no máximo GIFs. No entanto, conforme a tecnologia foi avançando e estes tokens se popularizando, outros conteúdos passaram a ser registrados como NFT também. 

Recentemente, os chamados “bored apes” ficaram famosos na internet: os avatares da Bored Ape Yacht Club (BAYC) representam macacos entediados e formados por características aleatórias, geradas por algoritmos dentre as 170 existentes. As combinações resultam em tokens mais comuns e outros mais raros, com preços maiores. Celebridades, como o jogador Neymar e o cantor Eminem, são detentores de alguns dos primatas, que chegam a custar milhões de reais.

NFT neymar

Do que eu preciso para criar um NFT?

Não é preciso ser nenhum grande expert em tecnologia para entrar neste mercado e fazer seu próprio NFT. Tendo o mínimo conhecimento sobre os tokens, criptomoedas e blockchain, você já se torna capaz de criar seus primeiros ativos digitais e negociá-los na internet. 

Escolha a arte do seu NFT

Em primeiro lugar, defina qual será a arte ou o formato do seu NFT. Como já dissemos anteriormente, hoje praticamente tudo pode ser convertido em um token não-fungível. No entanto, se você está começando agora a se aventurar neste universo, artes e ilustrações digitais podem ser um bom caminho de entrada.

O registro de uma peça digital em NFT traz a exclusividade como um de seus principais atrativos a quem coleciona os ativos. Por isso, pense em algo que seja diferente e, por alguma razão, possa chamar a atenção de quem está envolvido nesse ramo. Mas não se preocupe, pois há mercado para praticamente qualquer tipo de NFT hoje em dia.

Em qual marketplace você irá negociar seu NFT?

Outro passo fundamental para saber como fazer um NFT é a escolha de seu marketplace. É dentro desses mercados onde são feitas as negociações dos criptoativos, sendo o OpenSea o mais famoso deles. Com linguagem intuitiva, ele não oferece grandes barreiras para a criação do seu NFT, mas é importante saber que há uma taxa de 2,5% por transação realizada dentro dele.

Alguns outros exemplos de marketplaces existentes para a criação e venda de seus NFTs são Rarible, Mintable, Foundation e SuperRare. Ao escolher sua plataforma, não se esqueça de verificar os formatos e tamanhos suportados por cada uma na hora de fazer o download de seu arquivo a ser transformado em NFT.

Durante a criação de seu NFT no mercado escolhido, alguns detalhes deverão ser ajustados por você, como preço de venda, royalties (ou seja, o valor que você receberá quando sua arte for negociada em mercados secundários), além de um título e uma descrição para sua peça – tudo bem simples e fácil de ser compreendido.

Decida um blockchain para a criação do NFT

A escolha do blockchain em que ele será criado é um passo importante no processo de como fazer um NFT. Cada um dos marketplaces citados anteriormente suportam determinadas blockchains e isso pode fazer a diferença na hora de negociar seus criptoativos. 

No OpenSea, por exemplo, você pode escolher entre criar seu NFT na blockchain do Ethereum ou do Polygon. A Ethereum é a mais famosa blockchain e mais utilizada entre os usuários, mas possui uma alta taxa de operação

Já a Polygon possui funcionamento gratuito, mas ainda tem uma margem pequena de adoção – o que pode afetar a velocidade de suas vendas, mas nada muito comprometedor.

Para dar outro exemplo, no Rarible, são usadas Ethereum, Flow e Tezos como blockchains. Pense sempre na escolha que seja mais estratégica para as suas vendas, além de considerar o valor de cada uma das criptomoedas quando convertidas para dólar ou real, já que elas serão usadas para a compra e venda. 

Divulgue o seu NFT

Depois de criar o seu criptoativo e listá-lo à venda, é hora de divulgar! Não adianta se atentar aos detalhes de como fazer um NFT e perder todo esse esforço mantendo-o distante dos olhos de quem mais interessa: os colecionadores.

As redes sociais, como Instagram e Twitter, são locais propícios para que você divulgue suas artes e indique o caminho para quem deseja negociá-las com você. Além disso, pense em ingressar também no Discord, uma plataforma de bate-papo em que estão muitos dos amantes de criptomoedas de todo o mundo.

Quanto custa criar um NFT?

O custo da criação do seu NFT vai depender bastante das ferramentas ou cursos que decidir utilizar para a elaboração da peça e, também, da rede blockchain utilizada. No Ethereum, por exemplo, o valor gasto no processo varia entre 70 e 200 dólares

Já o Polygon, como já adiantamos, é um blockchain livre de taxas. No entanto, a plataforma deduz uma parte do valor ganho após sua primeira venda do NFT. 

Você não precisa ter um NFT próprio para ingressar nesse mercado

Ter um NFT próprio, como mostramos, não é um processo difícil e muito menos exclusivo para os super antenados em tecnologia – um conhecimento mínimo sobre o mercado de criptoativos e criptomoedas já é suficiente para começar sua produção e venda. 

No entanto, não é preciso saber como fazer um NFT para ingressar nesse mercado. Uma outra forma simples de entrar no universo dos NFTs é investindo em criptomoedas, já que os dois ativos estão intrinsecamente relacionados. 

Para isso, você pode contar com o Mercado Bitcoin, a maior plataforma de criptomoedas e ativos digitais da América Latina. Lá, você encontra uma rede segura para suas negociações de criptoativos – a qualquer hora e de qualquer lugar. 

Compartilhe

Conteúdo Mercado Bitcoin

Como criar uma moeda virtual? É muito caro?

6 de abril de 2022 - 10:00

Saiba todos os custos de criar um ativo digital do zero e qual a melhor forma de investir no no universo dos criptoativos

Conteúdo Mercado Bitcoin

Como declarar bitcoin e outros criptoativos?

30 de março de 2022 - 10:00

O período da entrega do Imposto de Renda já começou e quem investiu em bitcoin e outros criptoativos precisa declarar à Receita Federal. Desde 2019, a Receita Federal introduziu a Instrução Normativa, IN 1888, que traz a obrigatoriedade sobre a declaração para quem realizou transações com criptoativos no Brasil.  O prazo para a entrega da […]

Conteúdo Mercado Bitcoin

Vale mais a pena investir em ações ou em criptomoedas?

25 de março de 2022 - 11:00

Nessa disputa entre o inovador e o tradicional, entenda como se posicionar

Conteúdo Mercado Bitcoin

O que é uma carteira digital? Conheça a melhor forma de armazenar suas criptomoedas

21 de março de 2022 - 13:00

Se você deixa suas criptomoedas na corretora, pode estar correndo riscos; criar uma carteira digital é fácil e pode te proteger de ataques; entenda.

Conteúdo Mercado Bitcoin

Veja por que investir em bitcoin e outras criptomoedas pode ser uma opção para sua carteira

18 de março de 2022 - 10:00

Ativos digitais têm conquistado cada vez mais espaço nas carteiras de investimento ao redor do mundo; veja por que você também deve incluir criptomoedas em seu portfólio

Conteúdo Mercado Bitcoin

Dá pra ganhar bitcoin pela internet? Veja 5 maneiras de conseguir a criptomoeda mais famosa do mundo ‒ e como evitar golpes

14 de março de 2022 - 10:00

Além da mineração, realizada principalmente por supercomputadores, plataformas distribuem bitcoins em ações promocionais, mas é preciso ter cuidado com golpes

conteúdo patrocinado

Como proteger o seu patrimônio com ouro e dólar a partir de R$ 50

14 de agosto de 2020 - 11:53

Mercado Bitcoin dá mais um passo rumo à democratização de ativos e oferece criptomoedas lastreadas em ouro e dólar de forma descomplicada

Conteúdo patrocinado

Tecnologia por trás do bitcoin viabiliza investimentos a partir de R$ 100 em ativos restritos a grandes investidores

20 de julho de 2020 - 8:05

Tokens de cotas de consórcio e precatórios podem ser negociados no Mercado Bitcoin e oferecem rentabilidade de até 22% ao ano

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies