🔴 ALGORITMO MOSTRA COMO BUSCAR ATÉ R$ 3 MIL POR DIA – CONHEÇA

Leticia Camargo
Leticia Camargo
Formada em Jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Já passou por agência de marketing digital, onde trabalhou com estratégias de SEO e marketing de conteúdo.
conteúdo empiricus

Às vésperas da decisão do Fed e inflação no Brasil, analista recomenda: ‘essa é uma boa hora para não fazer nada’; entenda

Analista adota postura cautelosa em carteira com as 10 ações mais promissoras para o mês e abre as oportunidades que o investidor não pode ignorar

Leticia Camargo
Leticia Camargo
10 de junho de 2024
14:00 - atualizado às 12:21
Investidor olha para tela de cotações e gráficos da bolsa | Opções, ações, Armínio Fraga
Imagem: Shutterstock

Essa semana promete ser cheia de emoções para os investidores da bolsa brasileira. Isso porque há dois eventos importantes que devem ditar o rumo do Ibovespa nos próximos dias. São eles:

  1. A decisão do Fed, o Banco Central americano, sobre os juros nos EUA;
  2. Os dados do IPCA no Brasil, indicador que mede a inflação no país. 

Nos EUA, é esperado que o Fed mantenha as taxas de juros elevadas por mais tempo, o que está levando o mercado a adiar as expectativas de cortes para entre setembro e novembro, o que, consequentemente, é negativo para as bolsas globais.

Já no Brasil, é esperada a publicação do IPCA na terça-feira (11), que deve acelerar em maio, de acordo com as projeções. Além disso, são esperados dados sobre o volume de serviços, de vendas no varejo e o IBC-Br (índice de atividade econômica do Banco Central), que também serão divulgados nesta semana.

Na próxima semana, entre os dias 18 e 19, ainda acontecerá a reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central brasileiro, para decidir o rumo da nossa taxa de juros, a Selic. É esperado que ela permaneça no patamar de 10,50% ao ano.

Naturalmente, quanto mais alto o IPCA, menores as chances de redução da Selic, já que os juros são usados principalmente para conter a inflação.

Agora, como você pode ver, o macro será responsável pelo humor da bolsa no mês de junho, que não prepara dados positivos para o investidor.

Então, como alocar o patrimônio diante desse contexto pouco otimista?

Larissa Quaresma, analista de ações da Empiricus, casa de análise do grupo BTG Pactual, acredita que “essa é uma boa hora para não fazer nada”.

Para ela, não deve haver cortes de juros no Brasil e nos EUA, além de termos recados mais duros nos dois casos, devido à desancoragem de expectativas. E, com isso, devemos continuar vendo uma “pressão” nos ativos de renda variável, como é o caso das ações.

É por isso que, para junho, a analista adotou uma postura mais cautelosa. Ela é responsável por uma carteira mensal com as 10 ações mais promissoras da bolsa brasileira. Ou seja, todos os meses, ela “garimpa” a bolsa em busca de oportunidades para multiplicar o patrimônio dos investidores.

E, neste mês, a analista decidiu não fazer nenhuma alteração na carteira. “Estou bem confortável com todas as posições, por isso segui nessa estratégia: ter empresas de qualidade, com predomínio de setores defensivos na carteira”, explicou.

Na visão dela, essas são as ações mais bem preparadas para atravessar o mês, que exigirá do investidor paciência diante do cenário macro mais conturbado.

GRATUITO: CONHEÇA AS 10 AÇÕES MAIS PROMISSORAS PARA TER EM JUNHO AQUI

Itaú (ITUB4), dólar, commodities e outras recomendações para atravessar o mês de junho 

Para junho, Larissa Quaresma decidiu privilegiar uma carteira de nomes de qualidade e sem entrar no risco que ela denomina como “over trading”. Isto é, sem cair na armadilha de querer tomar alguma atitude impulsiva só porque o cenário se deteriorou.

“É um ímpeto que a gente tem de sempre achar que precisa fazer alguma coisa, se não parece que estamos sendo irresponsáveis com o nosso patrimônio”, explica.

Para ela, esse é o momento de checar o fundamento das empresas que você tem na carteira e se questionar: “elas continuam em ordem? Pioraram? Pioraram quanto?”, para então decidir se faz sentido fazer alguma alteração neste momento.

No caso da carteira de 10 ideias para junho, selecionadas por Larissa, ela afirma que está bem tranquila com as escolhas e segue com a sua estratégia de ter nomes de qualidade, em setores defensivos e não cíclicos, como:

  • Financeiro;
  • Elétricas; e
  • Infraestrutura.

“Não adianta correr muito risco agora, e se algo der errado a sua carteira despenca a ponto de você não conseguir recuperar as perdas depois. Vamos focar em atravessar com o mínimo de perdas possíveis para buscar ganhos em um outro momento”, afirma.

É por isso que, entre as suas escolhas para junho, está a ação do Itaú (ITUB4). Para ela, trata-se de uma ação resiliente e que não pode faltar na carteira do investidor este mês, sobretudo para quem está montando uma carteira agora.

Além disso, ela destaca que posições em dólar e em commodities não podem faltar e destaca que, se pudesse orientar o que não fazer neste momento, jamais colocaria empresas muito alavancadas em sua carteira recomendada.

“Estamos em um cenário em que a Selic terminal é maior, e o nosso time macro acha que os cortes acabaram por aqui. A Selic está em 10,50% e deve continuar, o que não salva nenhuma empresa alavancada”, diz.

Mas você não precisa parar por aqui. Além das recomendações acima, você pode acessar a carteira com as 10 ações para junho de maneira 100% gratuita.

Para isso, basta clicar no link abaixo e preencher os seus dados:

GRATUITO: CONHEÇA AS 10 AÇÕES MAIS PROMISSORAS PARA TER EM JUNHO

Saiba quais são as 10 ações mais promissoras para ter no mês em um relatório gratuito

Como eu disse no início, todos os meses Larissa Quaresma “garimpa” a bolsa brasileira em busca das ações com maior potencial de valorização e as recomenda em um relatório gratuito. E a boa notícia é que o relatório de junho já está disponível para qualquer pessoa interessada.

A seleção da analista traz ações de qualidade, que ela acredita ter potencial de proteger o patrimônio investido e, ao mesmo tempo, gerar algum ganho de capital.

Uma das ações desta seleção você já conheceu, é o Itaú (ITUB4). Mas uma carteira diversificada não pode contar com apenas uma ação, sobretudo em um cenário de incertezas como o que estamos vivendo agora… Por isso, convido você a conhecer toda a carteira de maneira totalmente gratuita.

A carteira de 10 Ideias, selecionadas por Larissa Quaresma, está disponível de graça para qualquer investidor interessado como cortesia da Empiricus, casa de análise do grupo BTG Pactual.

O objetivo dessa iniciativa é disseminar informação de qualidade para que o investidor pessoa física possa tomar decisões melhores pelo seu patrimônio. Portanto, sugiro que você aproveite a oportunidade e faça bom proveito desse conteúdo.

Para liberar o seu acesso gratuito ao relatório com as recomendações, basta fazer o seu cadastro no link abaixo. O material ficará disponível no seu e-mail em poucos minutos:

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

É amanhã: ‘rastreador’ capaz de gerar lucros de até R$ 3 mil por dia será apresentado em evento online

23 de junho de 2024 - 12:00

Ferramenta criada pelo analista Paulo Wesley tem como uma de suas funções descobrir o movimento dos grandes bancos – assim, seus usuários podem copiá-los

Conteúdo Empiricus

Mega-Sena acumulou? Outro ativo custa menos que um bilhete de loteria e já fez R$ 400 virarem até R$ 55.000 (não é Quina de São João)

23 de junho de 2024 - 10:00

Conheça o ativo negociado em Bolsa que já foi capaz de gerar valorizações de até 13.650% em poucos dias (não é Bitcoin)

Conteúdo Empiricus

Matemático do MIT criou fórmula que inspira software capaz de entregar ganhos de R$ 680 por dia, em média, na bolsa

23 de junho de 2024 - 8:00

Após transformar R$ 1.000 em R$ 4 bilhões com modelo quantitativo, método de matemático do MIT é ‘copiado’ por sistema brasileiro; entenda

Conteúdo Empiricus

Mesmo com a queda de 10% do Ibovespa em 2024, analista diz que pouca vezes esteve ‘tão otimista com o futuro de longo prazo do Brasil’; entenda

22 de junho de 2024 - 14:00

Queda do Ibovespa pode ser uma oportunidade para incluir ações de qualidade na carteira

Conteúdo Empiricus

Empiricus relança robô que pode gerar lucro médio de R$ 680 por dia de forma semiautomática; veja como usar

22 de junho de 2024 - 12:00

Robô usa método quantitativo para semiautomatizar operações com elevado potencial de lucros

Conteúdo Empiricus

Nvidia desbancou Microsoft e Apple para se tornar a companhia mais valiosa do mundo: até onde as ações podem ir?

22 de junho de 2024 - 8:00

Ações da fabricante de semicondutores já se valorizaram 171% em 2024 e alçaram a Nvidia ao posto de companhia mais valiosa do mundo: tem espaço para mais?

Conteúdo Empiricus

Ibovespa segue patinando nos 120 mil pontos e analista afirma: ‘se tivesse que comprar apenas uma ação, seria essa’; veja qual

21 de junho de 2024 - 16:00

Ação foi incluída em portfólio que reúne os 10 melhores papéis da bolsa e é um dos principais destaques entre as recomendações deste grupo de analistas

Conteúdo Empiricus

Média de R$ 680 por dia? Economista da FGV cria robô financeiro que pode gerar lucro com só 3 cliques

21 de junho de 2024 - 14:00

Sistema de trade semiautomático estará acessível a todos os brasileiros em breve; saiba como testar

Conteúdo Empiricus

Virada de chave do Ibovespa? Veja 4 notícias que podem animar a bolsa brasileira nos próximos meses e como se posicionar neste cenário

21 de junho de 2024 - 12:00

Depois de um primeiro semestre ruim, algumas ações de qualidade aparecem em ótimo ponto de entrada, segundo analistas; veja o que pode fazer o Ibovespa voltar a andar ainda em 2024

Conteúdo Empiricus

Responsável por carteira que já subiu 3.271% revela nova lista de criptomoedas capazes de transformar R$ 5 mil em até R$ 2 milhões

21 de junho de 2024 - 10:00

Head de ativos digitais encontrou ‘tesouros’ escondidos no mercado cripto que podem disparar até quase 40.000%

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar