🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Letícia Flávia Pinheiro
Letícia Flávia Pinheiro
Jornalista formada pela Universidade de São Paulo (ECA-USP) e redatora para os portais Seu Dinheiro e Money Times.
Conteúdo Empiricus

‘Nvidia é a ação mais cara do S&P 500’, diz analista; ainda vale a pena comprar?

Companhia negocia com valuation esticado, e seu futuro é incerto; veja empresas além de Nvidia para buscar ganhos no mercado internacional

Letícia Flávia Pinheiro
Letícia Flávia Pinheiro
30 de junho de 2024
14:00 - atualizado às 16:10
Nvidia nvdc34 inteligência artificial
Nvidia - Imagem: Reprodução

Nvidia (NVDA) se tornou a menina dos olhos do mercado, e não por acaso. Desde o ano passado, a ascensão impressionante da empresa impulsionou os principais índices nos EUA, mesmo quando a maioria das ações enfrentava dificuldades.

O boom da inteligência artificial foi o que impulsionou a Nvidia, que detém cerca de 80% do mercado de chips para data centers. Em 2023, ações da companhia saltaram +239%. Já em 2024, NVDA entregou até 155% de retorno para seus acionistas em apenas 6 meses. 

A Big Tech chegou a superar até mesmo Apple e Microsoft em valor de mercado, ultrapassando US$ 3,3 trilhões no mês de junho e assumindo rapidamente o posto de empresa mais valiosa do mundo. 

Mas será que Nvidia realmente vale tudo isso?

Matheus Spiess, analista de investimentos da Empiricus Research, acredita que não é bem assim. 

Para ele, a fabricante de chips é a ação mais cara do índice S&P 500 e negocia com um valuation esticado — isto é, com preço de tela maior do que o valor intrínseco da companhia.

Porém, isso não significa que deixou de valer a pena investir nela. Entenda melhor a seguir:

Nvidia está cara, e horizonte começa a parecer mais limitado mas ainda pode continuar entregando resultados  

“Com um múltiplo de 45 vezes os lucros previstos para os próximos 12 meses e 37 vezes o Ebitda, as avaliações começam a parecer excessivas”, afirma Matheus Spiess. Mas por quê?

A resposta é simples:

Enquanto a precificação da companhia parece refletir muito mais a expectativa de lucros cada vez maiores no futuro, em um cenário onde a inteligência artificial será protagonista, a incerteza sobre as receitas futuras da fabricante de chips é grande. 

Nem mesmo os melhores analistas do setor ou os próprios executivos da Nvidia conseguem prever com precisão. O que faz sentido, visto que a empresa atende a um mercado novo e focado em IA, cujo futuro ninguém sabe.

Ainda assim, Nvidia ainda é a maior beneficiária da inteligência artificial, e domina o mercado com seus chips altamente demandados. 

Portanto, segundo Matheus Spiess, ainda vale a pena ter a ação no portfólio – mas com um peso moderado, combinando com outras das melhores ações internacionais (veja quais aqui).  

CONFIRA AS MELHORES AÇÕES INTERNACIONAIS SELECIONADAS PELA EMPIRICUS RESEARCH

Tenha ações da Nvidia com moderação — e não se esqueça de diversificar seu portfólio com essas outras 10 ações internacionais   

Pode ser que a narrativa da inteligência artificial seja apenas um fervor do momento, assim como foi a do metaverso e dos NFTs, por exemplo. 

Mas também pode ser que a IA venha para ficar.  

De um lado ou de outro, você pode sair ganhando com isso nos próximos meses.

Afinal, a Nvidia provavelmente continuará superando expectativas e quebrando recordes, de acordo com Spiess. 

  • O analista, inclusive, mantém a recomendação da companhia para seus leitores, mas com participação reduzida. No dia 19 de junho, ele indicou venda de 50% a 75% do total da posição, ciente de que o valuation se tornou mais restritivo relativamente. 

No entanto, existem diversas outras ações que podem aumentar o seu potencial de lucro do mercado internacional para os próximos meses e anos.

A equipe de análise da Empiricus Research, empresa do BTG Pactual, selecionou outras 10 ações (além de Nvidia) que estão com valuation muito mais atrativo que as da empresa de chips, e que podem entregar ainda mais daqui para frente. 

São empresas robustas, sustentadas por previsões de receita mais estáveis e que podem garantir uma estabilidade um pouco maior ao seu portfólio (sem deixar de entregar resultados nesse período).  

Para receber as 10 ações de forma totalmente gratuita, basta liberar o seu acesso clicando no botão abaixo:

Recorde atrás de recorde: essa é sua chance de ganhar dinheiro com a bolsa americana 

A Empiricus Research está disponibilizando como cortesia o acesso ao relatório contendo o nome e a tese por trás das 10 ações internacionais, sem nenhum custo.

O objetivo é democratizar a educação financeira e recomendações de investimento de alta qualidade para o maior número possível de brasileiros.

E se você for esperto, é melhor não demorar muito para conferir as recomendações. 

Afinal, o S&P 500 já ultrapassou seu próprio recorde mais de 30 vezes desde janeiro, e acumula até 15.6% de valorização em 2024. E não para por aí. 

De acordo com Matheus Spiess, ainda há espaço para mais. “A continuidade do rali de resultados deve encontrar trimestres com mais dispersão de crescimento. Além disso,  o provável processo de queda da taxa de juros no futuro também deve beneficiar as ações”, explica o analista.  

Quando isso vier a acontecer, quem estiver posicionado nas melhores ações terá a chance de capturar uma bolada. Não perca essa oportunidade: 

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Sabesp (SBSP3): ‘privatização pode destravar muito valor’, mas grupo de analistas não recomenda investir na ação – entenda por quê

21 de julho de 2024 - 14:00

Privatização da Sabesp chama atenção do mercado e movimenta R$ 14,8 bilhões, mas ação SBSP3 ficou de fora de carteira de top 10 papéis da bolsa

Conteúdo Empiricus

‘Você pode estar sentado em uma fábrica de dinheiro’: como é possível transformar o valor do seu imóvel em dinheiro líquido na conta (sem vendê-lo)

21 de julho de 2024 - 12:00

‘Patrimônio Alavancado com Consórcio’ é uma parceria entre o empresário Decio Oliveira Jr. e o Grupo Empiricus para quem busca até sextuplicar o patrimônio investido

Conteúdo Empiricus

130% do CDI: Novo CDB do Mercado Pago vale mesmo a pena? Veja o quanto você pode ganhar com o título

21 de julho de 2024 - 10:00

Analista da Empiricus indica produtos de renda fixa mais favoráveis para ganhos no longo prazo

Conteúdo Empiricus

‘O Bitcoin foi feito para esse cenário’: economista diz que Satoshi foi um ‘profeta’ e abre lista de criptomoedas que pode entregar até R$ 1 milhão

21 de julho de 2024 - 8:00

Tensão geopolítica, inflação e emergência da IA são alguns fatores que fazem o cenário atual perfeito para criptos decolarem, segundo Valter Rebelo

Conteúdo Empiricus

Apple ou Nvidia? Veja quem baterá US$ 4 trilhões em valor de mercado primeiro, segundo este analista

20 de julho de 2024 - 14:00

Apple, Microsoft e Nvidia ocupam o pódio das três empresas mais valiosas do mundo

Conteúdo Empiricus

‘Not like us’? Rapper famoso perde US$ 300 mil em aposta com Bitcoin e empresa revela criptos que podem transformar R$ 1 mil em até R$ 1 milhão

20 de julho de 2024 - 12:00

Enquanto Drake vira ‘chacota’ pra seleção argentina, você pode ser um dos mil novos milionários que empresa pretende formar em até 14 meses

Conteúdo Empiricus

Inteligência artificial acerta 72,6% das operações e é disponibilizada para investidores

20 de julho de 2024 - 10:00

Conheça o robô trader que busca lucro médio a partir de R$ 575 por mês com apenas um clique

Conteúdo Empiricus

Bolha ou não, IA pode ‘carregar’ S&P 500 aos 7.000 pontos em 2025, segundo consultoria; conheça as melhores ações americanas para comprar enquanto isso

20 de julho de 2024 - 8:00

Analista da Empiricus indica papéis americanos com potencial de valorização para além da Inteligência Artificial

Conteúdo Empiricus

A ‘mamata’ da renda fixa isenta de IR não acabou: títulos premium cresceram 5x em captações e podem pagar até IPCA +7,4%

19 de julho de 2024 - 18:00

Em meio à escassez de LCAs e LCIs, outro tipo de renda fixa isenta de IR cresceu 407% em captações no 1º semestre – analista revela os 4 melhores títulos dessa classe

Conteúdo Empiricus

Aluguel sobe 3x mais que a inflação em 2024; como sair dessa ‘cilada’ e pagar até 66% menos num imóvel (sem financiar)?

19 de julho de 2024 - 16:00

Empresário revela estratégia para quem busca fugir do aluguel e comprar imóvel parcelado pagando até 3x menos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar