🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Isabelle Santos
Isabelle Santos
Comunicóloga formada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). É redatora do Money Times, Seu Dinheiro e Empiricus.
Conteúdo Empiricus

Nem Selic, nem IPCA-15: este recado de Campos Neto pode ser mais importante para o desempenho da Bolsa nos próximos meses; entenda 

Para analista, mesmo com a possível desaceleração do corte de juros, sinalizada na ata do Copom, ainda é possível buscar valorização na bolsa.

Isabelle Santos
Isabelle Santos
30 de março de 2024
12:00 - atualizado às 18:06
campos neto small caps ações selic copom
Imagem: Freepik/Agência Brasil

Nos últimos dias, o investidor teve acesso a dados importantes para sua tomada de decisão. Depois da reunião do Copom na semana passada, nesta terça-feira (26) foi a vez do IBGE apresentar a prévia da inflação (IPCA-15) para o mês de março. 

O Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo 15 mostrou uma alta de 0,36% nos preços. Um número 0,42 p.p. menor que em fevereiro de 2024, contudo, ainda acima dos 0,31% projetados pelo mercado. 

Dentre os grupos pesquisados, Alimentação e bebidas (0,91%) e Saúde e cuidados pessoais (0,61%) apresentaram as maiores altas, dois dos setores que o Banco Central já sinalizou que está acompanhando de perto.

Assim, o resultado da prévia da inflação pode ser motivo de preocupação para alguns investidores a despeito da manutenção do ciclo de flexibilização dos juros

Contudo, na visão do analista da Empiricus Research Matheus Spiess a informação mais importante para o investidor neste momento não é o IPCA-15, nem a Selic a 10,75% ao ano

Outra informação que também foi divulgada nesta terça-feira pode dar pistas sobre os próximos passos do Banco Central e de como o investidor pode agir daqui para frente. 

O ‘recado’ revisado de Campos Neto 

Além do IPCA-15, na última terça foi divulgada a ata do Copom. O documento costuma ser publicado uma semana após a decisão do Banco Central sobre o juros e contém mais detalhes a respeito da decisão da autoridade monetária. 

Segundo Spiess, o comunicado adotou um tom conservador, o que, na sua avaliação, corrobora a postura do BC na semana passada. 

Durante a decisão da Selic, a autoridade monetária fez um ajuste gramatical no discurso excluindo a letra “S” da palavra “cortes”.  

Ou seja, ao invés de sinalizar a redução da Selic em maio e junho, agora o BC está assegurando um corte de 0,50 p.p. apenas para a próxima reunião. 

A revisão foi um dos assuntos mais comentados pelo mercado pois sugeria a possibilidade de redução no ritmo de flexibilização monetária

Matheus explica que, dado o atual cenário macroeconômico, não seria prudente para a autoridade monetária se comprometer com um corte na Selic em junho.

Em entrevista ao Giro do Mercado, ele explicou que existem fatores domésticos e internacionais que podem influenciar as próximas decisões do Copom. Como por exemplo o ciclo de flexibilização dos juros nos EUA e outros países. 

Já no cenário doméstico, o Banco Central precisa olhar para fatores como o risco de aceleração da inflação, bem como estabelecer uma âncora fiscal

Segundo Spiess, embora Campos Neto não queira “comprar briga” com o governo, o comunicado deixa claro que, na falta de uma âncora fiscal, há de ter uma âncora monetária.

Em outras palavras, se o governo não estabelecer (e cumprir) uma meta de gastos para manter o equilíbrio das contas públicas, o Banco Central será obrigado a adotar medidas para evitar que a inflação volte a subir.

Assim, na ata divulgada na última terça-feira, o tom adotado pelo Banco Central, garantiu mais liberdade nas próximas decisões, avalia Spiess. 

Existe a possibilidade de a Selic parar de cair? 

Considerando o conteúdo da ata, agora o Banco Central precisa de dados para tomar as próximas decisões, avalia o analista.

Dentro desse contexto,a prévia da inflação (IPCA-15) do mês de março pode ser um indicador para a autoridade monetária nas futuras reuniões do Copom. 

Assim, muitos investidores podem se questionar a respeito da manutenção do ritmo de queda da taxa básica de juros.

Matheus aponta que, embora o número não tenha sido o que o mercado esperava, “ao que tudo indica, a gente está em um processo de normalização desse repique (no IPCA), depois do primeiro trimestre.”

Ou seja, na visão do analista, é provável que nos próximos meses possamos ver números mais favoráveis na prévia de inflação e no IPCA. 

Ele ainda ressalta que segue “prevendo três cortes de juros nos EUA para este ano [...] este movimento deve estimular não só o mercado norte-americano, mas também influenciar positivamente o Brasil.”

Por isso, ele acredita que ainda há espaço para uma “continuidade de normalização da inflação". Ou seja, é esperado que a Selic continue caindo, o que pode beneficiar os ativos de risco

Nesse contexto, algumas ações podem entregar excelentes retornos aos investidores. Na visão dos analistas da Empiricus Research, existem 4 ações com potencial de para dobrar de valor

Lista de 4 ações que podem duplicar em 18 meses

Trata-se de ações de empresas com baixo valor de mercado, cuja queda da Selic no longo prazo pode proporcionar um crescimento interessante para as companhias e seus papéis.

Para você ter uma ideia, em outros momentos de afrouxamento monetário, essas ações entregaram retornos acima do Ibovespa para os investidores.

É claro que retornos passados não são garantia de retornos futuros. Porém, a carteira conta com 4 ações selecionadas que podem valorizar, em média, 56%

Por esse motivo, a Empiricus Research decidiu reabrir o acesso a esta lista de ações para os investidores que desejam estar preparados para surfar a possível alta desses ativos. 

Você pode se cadastrar agora mesmo na lista de interessados para saber mais informações. 

Você não paga para se cadastrar e receber mais detalhes sobre como liberar o seu acesso à esta carteira. Basta clicar no botão abaixo e seguir as instruções: 

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Com escalada da inteligência artificial, gigantes da tecnologia ‘tomam’ lugar do Ibovespa nas carteiras; veja um BDR para comprar agora

18 de abril de 2024 - 10:00

Empiricus atualiza carteira de ações internacionais recomendadas e inclui papel que negocia a preços atrativos

Conteúdo Empiricus

Negócio de R$ 1,75 bilhão atrai ainda mais valor para FII que já devia estar na sua carteira, segundo analista; veja qual

18 de abril de 2024 - 9:00

Fundo imobiliário (FII) recomendado pela Empiricus alcançará ABL superior a 1 milhão de metros quadrados, após novas aquisições

Conteúdo Empiricus

Uma varejista que pode dobrar na bolsa, ações do Facebook e fundo imobiliário com retorno de até 24%; entenda a relação

18 de abril de 2024 - 8:00

Veja como ter acesso a estas e mais de 100 recomendações de investimento da maior casa de análise independente do país de graça

Conteúdo Empiricus

Fundo imobiliário de tijolo exposto ao varejo pode gerar retorno de até 13%; veja a recomendação

17 de abril de 2024 - 14:00

Com mais de 57 imóveis, o fundo imobiliário pode se beneficiar de empreendimentos em processo de alienação, segundo análise da Empiricus

Conteúdo Empiricus

Nem só de tecnologia e luxo vivem os bilionários: agronegócio é responsável por parte de suas fortunas

17 de abril de 2024 - 10:00

Produção de bebidas, terras agrícolas e cultivo de proteínas figuram entre investimentos de Bernard Arnault, Elon Musk e Jeff Bezos; confira como você também pode obter lucros no setor

Conteúdo Empiricus

A ‘compra do mês’ dos americanos agora inclui barras de ouro; especialista indica o passo a passo para o brasileiro que deseja investir na commodity

17 de abril de 2024 - 9:00

Entenda o porquê dessa ‘febre do ouro’ e se faz sentido proteger seu patrimônio agora com esse ativo

Conteúdo Empiricus

Ferramenta de trade que entregou 3x mais lucro que o Bitcoin é lançada ao público; veja como acessar

16 de abril de 2024 - 16:00

Eduardo Garufi entregou 285% de lucro em 6 meses, 3x mais que o Bitcoin; agora você pode ‘copiar e colar’ essa estratégia

Conteúdo Empiricus

Qual o melhor caminho para viver de renda? Conheça um plano para buscar até 11 fontes de renda passiva

16 de abril de 2024 - 14:00

Projeto Renda tem como meta ensinar o passo a passo para poder ter dinheiro ‘pingando’ na conta todo mês; pré-inscrição é gratuita

Conteúdo Empiricus

Hora de ir às compras: vendas do varejo surpreendem, mas ações despencam 7% – ‘para quem compra, o momento é muito bom’, diz analista

16 de abril de 2024 - 10:00

Analista defende que o pior período para as empresas do varejo já passou e as ações estão extremamente baratas; veja como aproveitar

Conteúdo Empiricus

Empresário da Faria Lima assina termo com compromisso de buscar renda extra pra brasileiros em até 30 dias

15 de abril de 2024 - 16:00

Felipe Miranda quer ajudar brasileiros a buscar renda passiva no mercado financeiro, podendo chegar a até R$ 10 mil por mês, no longo prazo

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar