🔴 QUER SAIR DO ALUGUEL? NÃO USE O FGTS PARA FINANCIAR O IMÓVEL – CONHEÇA ESTA ESTRATÉGIA

Juan Rey
Juan Rey
Jornalista pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Já trabalhou para o Money Times, Seu Dinheiro e Jornal da PUC, além de colaborar no UOL e Projeto #Colabora. Atualmente é Produtor de Conteúdo na Empiricus.
Conteúdo Empiricus

Bitcoin em US$ 200 mil é ‘fichinha’: esta lista de criptomoedas alternativas pode se multiplicar por 400 vezes, transformando cada R$ 2,5 mil em até R$ 1 milhão

Enquanto analistas apostam em alta de 200% do Bitcoin até o final de 2025, criptomoedas menores têm potencial de se valorizarem 39.900%; veja a lista

Juan Rey
Juan Rey
20 de junho de 2024
10:05 - atualizado às 10:06
criptomoedas altcoin bitcoin

Os analistas da corretora Bernstein elevaram o preço-alvo para o Bitcoin de US$ 150 mil para US$ 200 mil até o final de 2025. O valor representa um upside de 203% na comparação com o fechamento da última quarta-feira (19).

Segundo os analistas da corretora, a estimativa tem fundamento na forte demanda dos ETFs de Bitcoin à vista, regularizados nos Estados Unidos em janeiro pela SEC (equivalente à CVM no Brasil).

Basicamente, os exchange-traded funds (ETFs) são fundos de investimento negociados em bolsa, como se fossem uma ação. 

A aprovação permite um fluxo de investimento muito maior para a criptomoeda. Isso acontece porque diversos investidores – inclusive os mais tradicionais – podem investir no Bitcoin de maneira mais fácil por meio das maiores corretoras do mundo.

Fonte: Exame

Os ETFs, portanto, possibilitam a entrada de um “caminhão” de dinheiro na principal criptomoeda do mercado todos os dias. Mas ele não é o único motivo pelo qual os analistas da Bernstein enxergam o BTC em US$ 200 mil. 

Em abril, ocorreu o principal evento do protocolo Bitcoin, chamado de halving. A cada 210 mil blocos de Bitcoin minerados, a recompensa que os mineradores recebem cai pela metade. 

O efeito prático é que o número de novos Bitcoins entrando em circulação diminui, enquanto a demanda permanece a mesma (ou cresce), fazendo com que o preço, em tese, suba ao longo do tempo.

“A ‘redução pela metade’ apresenta uma circunstância única, onde a pressão natural de venda de Bitcoin dos mineradores diminui pela metade (ou até mais, à medida que eles estocam mais em antecipação), enquanto surgem novos catalisadores para a demanda de BTC, levando a movimentos exponenciais de preços”, escreveram os analistas da Bernstein.

Deixando a parte técnica de lado, o importante que o leitor saiba é que os ciclos pós-halving são marcados por grande valorização do BTC e do mercado cripto como um todo.

Queda de juros nos Estados Unidos é o 'gatilho final' para alta das criptomoedas

Por fim, outro fator que deve injetar liquidez nas criptomoedas é a queda de juros nos Estados Unidos, prevista para o segundo semestre de 2024, que provoca um maior apetite ao risco dos investidores, explicou o head de ativos digitais da Empiricus, Valter Rebelo.

“Este é o gatilho crucial e final para este bull market de 2024”, afirmou.

Em resumo, as criptomoedas vivem uma maré de boas notícias poucas vezes vista neste mercado. São elas:

  • O halving do bitcoin;
  • A aprovação dos ETFs; e 
  • A provável queda de juros nos Estados Unidos.

“Essa deveria ser a época mais otimista da história dos criptoativos, devido à quantidade de aplicações reais (principalmente a integração das finanças tradicionais), interesse da classe política e avanços regulatórios sem precedentes”, afirmou Valter Rebelo.

Mas, apesar do bom prognóstico para o Bitcoin, não é nele que estão os grandes potenciais de valorização deste ciclo pós-halving.

Pelo seu grande valor de mercado (cerca de US$ 66 mil), o BTC teria que atingir valores estratosféricos para se multiplicar por 50, 100 ou até 400 vezes. 

Essas multiplicações já ocorreram em proporções até maiores na história da principal criptomoeda do mundo, mas, agora, a situação é outra.

Para que fique mais fácil compreender: para se valorizar 1.000%, o Bitcoin teria que sair dos atuais US$ 66 mil para US$ 726 mil.

Enquanto isso, uma criptomoeda que custa US$ 0,05, por exemplo, precisaria valer “apenas” US$ 0,55 para atingir a mesma valorização.

GRÁTIS: ACESSE A LISTA DE CRIPTOMOEDAS COM POTENCIAL DE TRANSFORMAR R$ 5 MIL EM ATÉ R$ 2 MILHÕES

Criptomoedas menores devem superar – e muito – o desempenho do Bitcoin neste ciclo; veja o histórico

Por isso, os maiores potenciais de valorização do ciclo estão nas criptomoedas menores, chamadas altcoins, que custam poucos dólares ou centavos.

Para se ter ideia do potencial dessas criptomoedas, vamos recorrer aos últimos ciclos pós-halving, como o que estamos atualmente.

Depois do halving que ocorreu em 2016, as criptomoedas menores valorizaram cerca de 136.000% ao longo do ciclo. Ou seja, a média de todas elas, contando os acertos e erros, faria apenas R$ 750 virarem R$ 1 milhão, enquanto quem investiu no Bitcoin recebeu “apenas” R$ 60 mil.

Depois do halving que ocorreu em 2020, as moedas menores subiram, na média, 17.555%. Lembre-se que é uma média: é claro que as criptomoedas “certas” se valorizaram muito mais do que isso.

Neste ciclo citado acima, por exemplo, a equipe de Valter Rebelo na Empiricus recomendou no relatório “O Token que dá jogo”, em 16/01/2021, a criptomoeda AXS, que transformou R$ 3.500 em R$ 1 milhão em apenas 10 meses. Isso significa que: 

  • R$ 1 mil reais viraram R$ 285 mil;
  • R$ 5 mil reais viraram R$ 1,42 milhão; e
  • R$ 10 mil reais viraram R$ 2,85 milhões nesse período.

O último halving do Bitcoin ocorreu no dia 22 de abril. Portanto, há um grande otimismo entre os investidores de que estamos no início de um ciclo de alta das criptomoedas menores, período que é chamado de altseason.

GRÁTIS: ACESSE A LISTA DE CRIPTOMOEDAS COM POTENCIAL DE TRANSFORMAR R$ 5 MIL EM ATÉ R$ 2 MILHÕES

Criptomoedas já iniciaram processo de alta, mas movimento está apenas no início

Desde o início de 2023, o Bitcoin já subiu mais de 300%. Por outro lado, uma das criptomoedas menores recomendadas por Rabelo atualmente já disparou 12.115% neste mesmo período. Esta valorização teria sido suficiente para transformar R$ 1 mil em mais de R$ 122 mil.

É claro que retornos passados não são garantia de lucros futuros. E também é importante mencionar que, por se tratar de renda variável, a trajetória não é linear, já que criptomoedas são ativos voláteis sujeitos às variações de mercado. Por isso, as estimativas são feitas sempre com foco no longo prazo.

No entanto, tudo indica que o ciclo de alta está só no começo – o halving aconteceu há menos de 2 meses. Por isso, a perspectiva otimista é praticamente unânime entre os especialistas do mercado cripto.

Conheça as criptomoedas para buscar multiplicações de até 400 vezes

É claro que nem todas as criptomoedas menores têm esse um potencial fora da curva. Existem mais de 20 mil opções de investimento disponíveis no mercado, e é necessário uma pesquisa minuciosa para buscar as mais promissoras.

Para encontrar esses projetos, a Empiricus enviou Valter Rabelo até Austin, no Texas, onde ocorreu o Consensus, maior festival de criptoativos do mundo, entre os dias 29 e 31 de maio.

O Consensus é famoso por apresentar e até ditar as tendências do mercado de criptomoedas, com apresentação de projetos e ideias capazes de impulsionar os ativos. 

A missão dada ao analista era simples, mas ao mesmo tempo complicada: encontrar as criptomoedas mais promissoras deste ciclo.

Lá, Rebelo teve a oportunidade de conversar com os grandes nomes do mercado, conhecer novas moedas e entender como está a cabeça dos maiores investidores e conhecedores do mundo cripto. 

E, segundo o especialista da Empiricus, a missão foi bem sucedida: ele diz ter encontrado uma lista de moedas, que chamou de alphacoins, capazes de se multiplicar por até 400 vezes ao longo do ciclo atual.

Caso a previsão se confirme, os projetos recomendados por Valter Rebelo teriam potencial de transformar:

  • R$ 2,5 mil em R$ 1 milhão;
  • R$ 4 mil em R$ 1,6 milhão; e
  • R$ 5 mil em R$ 2 milhões.

Ou seja, a equipe comandada por ele formaria – de novo – uma leva de milionários neste ciclo.

A revelação da lista de criptomoedas será feita no dia 26 de junho, às 19h. Para cadastrar seu acesso ao nome das moedas, basta clicar neste link ou no botão abaixo. Em instantes, as informações chegarão ao seu e-mail.

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

‘Tem saldo no FGTS? Não use para financiar imóvel’: especialista descobriu como é possível pagar até 3x menos na casa própria e sair do aluguel

23 de julho de 2024 - 16:00

Em live gratuita nesta quarta-feira (24/07), especialista irá revelar nova oportunidade para quem busca sair do aluguel, sem precisar de financiamento

Conteúdo Empiricus

Netflix (NFLX34) surpreende nos resultados do 2T24, mas analista diz que ainda é hora de ‘acompanhar essa novela de fora’; saiba o porquê

23 de julho de 2024 - 14:00

Apesar dos bons números, analista da Empiricus afirma que ações da empresa podem sofrer no curto prazo

Conteúdo Empiricus

Empiricus e Ogro de Wall Street se unem com o objetivo de ensinar qualquer brasileiro a buscar em média R$ 2 mil por dia na bolsa

23 de julho de 2024 - 8:00

Sistema criado por trader profissional com 22 anos de experiência pode ser operado a partir de aportes relativamente baixos

Conteúdo Empiricus

Reforma de Haddad pode deixar imóveis mais caros; veja como utilizar estratégia para ‘compensar’

22 de julho de 2024 - 16:00

Empresário brasileiro revela estratégia que pode fazer brasileiros multiplicarem patrimônio em até 6x com imóveis, mesmo se nova tributação for aprovada

Conteúdo Empiricus

‘Negócio para subir 60%’: esta ação do setor financeiro ‘pega na veia’ a volta do bom humor do mercado; entenda a tese

22 de julho de 2024 - 14:00

Além de pagar dividendos atrativos, a B3 pode se beneficiar do cenário mais favorável e até mesmo da criação da bolsa de valores do Rio de Janeiro; entenda

conteúdo empiricus

Obrigado, Biden? Democrata desiste da corrida presidencial dos EUA e amplia chances de buscar até R$ 1 milhão com criptomoedas

22 de julho de 2024 - 13:19

Para especialista em criptoativos, Donald Trump é o “presidente ideal” para o mercado de criptomoedas e desistência de Biden pode impulsionar a sua vitória; entenda

Conteúdo Empiricus

Lei pouco conhecida de 2008 ajudou brasileiro a acumular patrimônio de R$ 3 milhões em 2 anos; entenda

22 de julho de 2024 - 10:00

Empresário que já comprou mais de 20 imóveis usando lei de 2008 defende que você pode multiplicar seu patrimônio em até 6x

Conteúdo Empiricus

‘Teoria dos 3 Ms’, Robô Pegasus e inteligência artificial: os pilares do seu sucesso para operar na bolsa a partir de agora

22 de julho de 2024 - 8:00

Saiba como a ‘Teoria dos 3 Ms’ e o Robô Pegasus são essenciais para buscar média acima de R$ 500 por mês com trading (de forma consistente)

Conteúdo Empiricus

Sabesp (SBSP3): ‘privatização pode destravar muito valor’, mas grupo de analistas não recomenda investir na ação – entenda por quê

21 de julho de 2024 - 14:00

Privatização da Sabesp chama atenção do mercado e movimenta R$ 14,8 bilhões, mas ação SBSP3 ficou de fora de carteira de top 10 papéis da bolsa

Conteúdo Empiricus

‘Você pode estar sentado em uma fábrica de dinheiro’: como é possível transformar o valor do seu imóvel em dinheiro líquido na conta (sem vendê-lo)

21 de julho de 2024 - 12:00

‘Patrimônio Alavancado com Consórcio’ é uma parceria entre o empresário Decio Oliveira Jr. e o Grupo Empiricus para quem busca até sextuplicar o patrimônio investido

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar