🔴 MELHORES MOMENTOS DO MACRO SUMMIT BRASIL 2024 – ASSISTA AQUI

Leticia Camargo
Leticia Camargo
Formada em Jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Já passou por agência de marketing digital, onde trabalhou com estratégias de SEO e marketing de conteúdo.
conteúdo empiricus

Rombo na Americanas (AMER3) é só a ‘ponta do iceberg’ e vai arrastar consigo as ações da Ambev (ABEV3) e Via (VIIA3), na opinião do CEO da Empiricus Research; veja orientações para o investidor brasileiro

Para Felipe Miranda, CEO da Empiricus Research, o “rombo” das Lojas Americanas pode ir muito além dos 20 bilhões de reais de inconsistências contábeis – entenda

Leticia Camargo
Leticia Camargo
12 de janeiro de 2023
12:00 - atualizado às 17:13
Americanas em queda

Na noite da última quarta-feira (11), investidores foram surpreendidos com uma notícia nada agradável sobre as Lojas Americanas (AMER3). Em uma análise preliminar, a varejista informou que foram detectadas inconsistências contábeis da ordem de 20 bilhões de reais.

A cifra é maior que o valor de mercado da Americanas, que até a divulgação da notícia era avaliada em cerca de 10 bilhões de reais na bolsa. 

Entre as inconsistências, estão operações de financiamento de compras em valores da mesma ordem nas quais a companhia é devedora perante instituições financeiras, e que não se encontram adequadamente refletidas nas contas de fornecedores nas demonstrações financeiras.

Segundo a varejista, não é possível determinar todos os impactos das inconsistências na demonstração de resultado e no balanço patrimonial da companhia.

Como resultado, as ações estão com preço no leilão a R$ 3, o que representa uma queda de 75% em relação ao fechamento da véspera.

Após o “rombo”, o presidente-executivo, Sergio Rial, renunciou ao cargo na companhia 10 dias depois de ter assumido. Além dele, o novo diretor de relações com investidores, André Covre, que também tomou posse em 2 de janeiro, pediu demissão.

E agora, para onde vão as Lojas Americanas?

O tamanho do problema das Lojas Americanas

Para Felipe Miranda, CEO e estrategista-chefe da Empiricus Research, o “rombo” da Americanas pode ir muito além dos 20 bilhões de inconsistências contábeis. “Estou há 25 anos comprando ações e nunca tinha visto algo dessa magnitude no Brasil. A reação das ações hoje deve ser extremamente negativa”, afirma. 

Logo pela manhã, ele gravou um vídeo para seus seguidores em um grupo do Telegram com comentários sobre o ocorrido. Eu assisti ao material na íntegra e trouxe os destaques para os leitores, com orientações dele para o investidor brasileiro.

Na opinião de Felipe, a magnitude exata que o “rombo” detectado terá para as Lojas Americanas ainda é difícil de estimar. Para o analista, isso vai depender de como as coisas vão evoluir ao longo do dia. No entanto, os sinais não são nada auspiciosos.

“Para negociar no múltiplo que a Americanas está hoje, seria preciso sair de 12 para 4 reais, isso é uma queda de 60%. A companhia tem 8 bilhões no caixa, 14 bilhões de patrimônio líquido e 20 bilhões de baixas contábeis. Estamos falando de um patrimônio negativo de 6 bilhões, complicado… Ela precisa chamar capital urgentemente” - Felipe Miranda, CEO da Empiricus Research

O problema, porém, é como conseguir atrair capital depois de uma notícia como essa. “Se ela for fazer isso no mercado, vai ter que chamar lá na bacia das almas, porque agora há uma mancha indelével na história da companhia. Então vai sobrar para o controlador. Ele terá que decidir qual legado vai querer deixar”, explica Felipe.

E, como se não bastasse tudo isso, o analista recorda que o “rombo” financeiro mexe não apenas com os resultados da empresa, mas afeta a alavancagem financeira do grupo todo.

Além de Americanas, Ambev e Via também ‘entraram pelos canos’

Embora já tenha tido as ações das Americanas em carteiras da casa, hoje a Empiricus Research não tem recomendações para a varejista, nem de Long (compra) e nem de Short (posição vendida).

No entanto, Felipe destaca que o rombo detectado na Americanas não impacta apenas a própria empresa e também respinga em papéis que os controladores tenham e em pares do mercado. 

Pensando nisso, o analista destaca dois nomes de peso na bolsa que devem sentir os efeitos negativos das Lojas Americanas: Ambev (ABEV3) e Via (VIIA3).

A Ambev tem como controladora a 3G Capital, cujos sócios, Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira, são acionistas de referência das Americanas. 

Já no caso da Via, Felipe acredita que o mercado pode passar a ter desconfiança da companhia: “já teve um problema trabalhista envolvendo a Via, que era só um e virou três”.

Consequentemente, a desconfiança de investidores nas ações da Via e da Americanas pode beneficiar as ações do Magazine Luiza e Mercado Livre. “Americanas quebrou e não vai ter como competir com essa turma.  Pode ser bom para Sequoia também, que não opera com Lojas Americanas, mas opera com os demais, e mostra assertividade da operação”, afirma.

Onde investir, então?

Diante de tudo isso, é razoável que você esteja se questionando: onde vale a pena investir diante de um cenário tão difícil e conturbado como esse?

A boa notícia é que você não precisa tomar nenhuma decisão sozinho. Felipe Miranda acompanha o mercado há pelo menos 25 anos e já havia se preparado para situações como essa. 

Como dito anteriormente, não há recomendação para as ações das Lojas Americanas em nenhuma das carteiras da Empiricus Research. E, no caso de Ambev, os analistas haviam recomendado Short (posição vendida), o que deve trazer bons lucros no pregão de hoje.

Esse é o principal trabalho dos analistas da casa: acompanhar o mercado com rigor e trazer as melhores recomendações de investimento para os leitores. Sejam elas de compra ou de posição vendida em ativos.

Se esse tipo de conteúdo lhe interessa, tenho um convite para fazer. Em um relatório recente, Felipe Miranda elencou 25 ativos para investir em 2023.

Ele está mapeando esses ativos há algum tempo, levando em consideração todos os riscos políticos e econômicos que estão no radar este ano. As indicações foram separadas em 5 classes de ativos, com 5 sugestões cada. São elas:

  • 5 ações boas pagadoras de dividendos;
  • 5 fundos imobiliários baratos e em um bom ponto de entrada;
  • 5 BDRs (ações de empresas estrangeiras que você pode comprar no Brasil e em reais);
  • 5 títulos de crédito privado (títulos de renda fixa emitidos por grandes empresas);
  • 5 fundos de investimento com estratégias variadas, de multimercados à reserva de emergência.

Com essas recomendações, você já consegue montar uma carteira bem diversificada e defensiva para começar 2023. E sem correr o risco de estar posicionado nos ativos errados, como pode ter acontecido hoje com as ações da Americanas…

Geralmente, apenas os assinantes da carteira recomendada de Felipe, que leva o nome de “Palavra do Estrategista”, teriam acesso a esse relatório. Mas eu vim lhe avisar que você pode ver as indicações sem pagar nada, graças a uma cortesia da Empiricus Investimentos.

Para ler o relatório e conhecer os 25 ativos, basta clicar no botão abaixo e seguir as instruções para liberar o seu acesso:

25 ATIVOS PARA INVESTIR EM 2023, SEGUNDO FELIPE MIRANDA

Importante: ao liberar seu acesso, você terá a oportunidade de ler não apenas o relatório do Felipe, como mais de 40 relatórios disponibilizados como cortesia pela Empiricus Investimentos. 

Diante das incertezas políticas e econômicas no Brasil, ter acesso a recomendações de analistas renomados do mercado faz diferença. Por isso, aconselho que você se cadastre e esteja pronto para receber novas orientações.

Você não gasta nada em nenhuma parte desse processo, mas pode lucrar muito com todas as informações que vai receber.

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Criptomoeda comunista? Lote de ativo do Vietnã que pode disparar 39.900% vai ser distribuído a partir de segunda-feira; garanta suas unidades

14 de abril de 2024 - 16:00

Criptomoeda desenvolvida no país asiático já disparou 1.200% e faz parte de carteira com potencial milionário

Conteúdo Empiricus

Ação do varejo já subiu 296% em um ano; tem espaço para mais? Analista prefere outra varejista de moda; veja

14 de abril de 2024 - 8:00

Enquanto esse papel dispara na bolsa, analista da Empiricus recomenda outra varejista de moda em ótimo ponto de entrada

Conteúdo Empiricus

‘Banho de água fria’ dos juros americanos é oportunidade escondida? Analista detecta possibilidade de lucro em meio ao pessimismo dos mercados

13 de abril de 2024 - 16:00

Dados do CPI vieram acima do esperado, mas uma classe de ativos é capaz de entregar lucro mesmo assim

Conteúdo Empiricus

Cyrela (CYRE3) mostra – mais uma vez – capacidade de ‘tirar leite de pedra’ no 1T24; ação é uma boa para dividendos?

13 de abril de 2024 - 12:00

Incorporadora divulgou sua prévia do 1T24 e, de novo, surpreendeu positivamente; analista destaca robustez dos resultados da companhia mesmo em ‘cenários pouco convidativos para o setor’

Conteúdo Empiricus

Pré-halving do Bitcoin faz 1.500 milionários por dia – e a sua chance de se tornar um deles está nessa lista de criptomoedas baratas e desconhecidas

13 de abril de 2024 - 10:00

Há menos de 10 dias do halving, o especialista Valter Rebelo lança lista com 5 criptomoedas promissoras

Conteúdo Empiricus

Não é 3Tentos (TTEN3): outra ação do agro é a favorita deste analista e pode pagar dividendos ‘gordos’

13 de abril de 2024 - 8:00

Esta ação do agro é considerada a melhor do setor para buscar dividendos atraentes – papel já subiu mais de 7% em 2024 e analista defende que pode ser só o início

Conteúdo Empiricus

Volta aos escritórios beneficia FII de lajes corporativas que pode gerar retorno de até 24,2%; conheça

12 de abril de 2024 - 16:00

Com portfólio ‘premium’, fundo imobiliário tem ativos nas principais praças de SP e RJ, onde é grande a demanda por escritórios

Conteúdo Empiricus

Até R$ 11 mil por mês de renda extra? Brasileiro revela robô de day trade capaz de gerar esses valores

12 de abril de 2024 - 12:00

O trader Leo Nonato saiu de boia-fria a trader que lucra mais de R$ 11 mil por mês, e agora ele quer te ajudar a buscar o mesmo; entenda

Conteúdo Empiricus

Cosan (CSAN3) cai 18% no ano – para analista da Empiricus, a queda significa oportunidade; entenda

12 de abril de 2024 - 10:00

Larissa Quaresma acredita que 4 pilares podem acionar valorização das ações e gerar lucros ao investidor

conteúdo empiricus

Obrigado, Javier Milei? Simpatia do presidente da Argentina pelo Bitcoin pode contribuir para potencial explosão de 5 criptomoedas

12 de abril de 2024 - 8:00

Apoio institucional é um dos suportes que pode alavancar Bitcoin no sistema financeiro; ao subir, ele pode arrastar junto criptomoedas que podem gerar R$ 1 milhão

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies