🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Isabelle Santos
Isabelle Santos
Comunicóloga formada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). É redatora do Money Times, Seu Dinheiro e Empiricus.
Conteúdo Empiricus

Rombo da Americanas (AMER3) fez fundo de tijolo cair quase 4% em um dia; entenda por que e veja 2 FIIs que valem a pena agora

Nem os fundos de tijolo escaparam do desastre causado pela Americanas (AMER3) na bolsa, mas outra classe de FIIs não foi afetada e pode “decolar” – entenda

Isabelle Santos
Isabelle Santos
16 de janeiro de 2023
12:00 - atualizado às 15:50
MicrosoftTeams-image (38)
(Imagem: Freepik - Montagem: Julia Shikota) -

Na última quinta-feira (12), a notícia do rombo de R$ 20 bilhões detectado na Americanas (AMER3) foi o assunto mais comentado (talvez o único) no mercado financeiro. 

As inconsistências contábeis divulgadas pela companhia tiveram consequências desastrosas para as ações da empresa, que caíram cerca de 78% em um dia. Além disso, culminaram na renúncia de Sérgio Rial como CEO e também do CFO, apenas uma semana após assumirem os cargos. 

Entretanto, o problema não ficou restrito apenas às ações da Americanas e chegou a impactar outras classes de ativos, como a de fundos imobiliários (FIIs).

Acontece que, com a notícia do rombo bilionário, alguns fundos de tijolo, isto é, que têm seu capital alocado em ativos físicos, foram penalizados. Em especial o GGR Copevi Renda (GGRC11). Ontem (12), as contas desse FII fecharam o dia caindo quase 4%. 

Tanto o GGR Copevi Renda quanto os outros quatro FIIs impactados pela Americanas são fundos de tijolo que têm a varejista como inquilina. Para se ter uma ideia, cerca de 17% da receita do GGRC11 vem de contratos com a empresa. 

Assim, a notícia do rombo de R$ 20 milhões da companhia desperta alguns questionamentos nos investidores: será que a empresa vai manter os aluguéis? Será que ela terá capacidade para continuar pagando regularmente

Diante desses temores, muitos investidores preferiram não pagar para ver e acabaram vendendo suas cotas na quinta-feira (12). 

Embora a queda desses ativos em específico tenha sido motivada pela notícia da Americanas, o acontecimento chama atenção para o desempenho dessa categoria de FIIs.

Em 2022, os fundos de tijolo lideraram a queda entre os FIIs listados em bolsa. Por esse motivo, o analista de fundo imobiliários da Empiricus Research, Caio Araujo, avalia que o investidor deve buscar ativos que se beneficiem tanto da Selic quanto da inflação. 

Ele encontrou dois FIIs que têm potencial para renderem até 15% ao ano cada um nos próximos três anos devido a esse cenário de juros e inflação mais altos.

O ‘problema’ dos fundos de tijolo não começou com as Americanas (AMER3) 

A situação das Americanas chamou a atenção para o desempenho dos fundos de tijolos. Mas a verdade é que essa categoria de FIIs não tem vivido os seus melhores dias na bolsa já tem algum tempo.

Esses fundos são donos de galpões logísticos, lajes corporativas, shopping centers e outros imóveis. Isso significa que a maior parte do desempenho desses ativos vem do aluguel desses espaços.

Contudo, durante a pandemia de covid-19, o número de vacância aumentou expressivamente, prejudicando o rendimento dos fundos. 

Em seguida, a inflação e alta dos juros contribuíram para que esses ativos continuassem tendo desempenho negativo, mesmo com a retomada das atividades presenciais. 

Por esses motivos, os FIIs de tijolo estão tendo um desempenho bastante negativo nos últimos meses. Isso não quer dizer que você não deva tê-los na carteira, no entanto, na visão do Caio, a escolha desses FIIs precisa ser bastante cuidadosa. 

Agora, se você quiser uma oportunidade de lucros atrativos com fundos imobiliários, o momento é propício para os FIIs de papel

GRATUITO: CONHEÇA DOIS FIIs DE PAPEL COM UM BOM PONTO DE ENTRADA

Dois FIIs de papel que a Americanas não derrubou

Enquanto os fundos de tijolo têm sido penalizados por diversos fatores, os FIIs de papel podem “decolar” na bolsa e Araujo acredita no potencial de dois fundos em específico

Ao invés de investir em imóveis físicos, esses FIIs alocam o seu capital em títulos de dívida do setor imobiliário. Isto é, investimentos em renda fixa com remuneração atrelada ao IPCA ou ao CDI.

Na prática, os fundos imobiliários de papel investem em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs), Letras Hipotecárias (LHs), Letras de Crédito Imobiliário (LCIs), entre outros. 

Assim, esses ativos pagam mais quando a inflação e os juros sobem. Como consequência, os fundos de papel tendem a se valorizar com a alta da inflação. E o inverso também acontece. 

No terceiro trimestre de 2022, esses ativos sofreram quedas no valor das suas cotas por conta da deflação (inflação negativa). Contudo, Caio Araujo já havia alertado que esse movimento era passageiro e abria uma oportunidade: comprar esses ativos com desconto. 

Logo após os três meses seguidos de deflação em 2022, o IPCA voltou a registrar alta. Além disso, as expectativas de inflação para 2023, divulgadas pelo Focus, renovam as projeções de alta há quatro semanas consecutivas.

Nas contas do analista, esses fundos imobiliários têm potencial para:

  • Retomar o patamar de dividend yield de dois dígitos
  • Render até 15% ao ano, nos próximos 3 anos, somando valorização e dividendos. 

Além disso, as cotas estão com um belo desconto

CONHEÇA OS 2 FIIs QUE PODEM SE BENEFICIAR DA ALTA DA INFLAÇÃO

Os dois fundos imobiliários foram recomendados para os assinantes da série “Renda Imobiliária” em um relatório recente. 

Em geral, apenas quem assina este conteúdo tem acesso às recomendações de Araujo. Contudo, hoje você tem a oportunidade de conhecer o nome desses FIIs sem ser assinante e de graça

Isso porque a Empiricus Investimentos está oferecendo como cortesia o acesso gratuito ao relatório escrito pelo Caio sobre os dois FIIs.

Para ler, basta clicar no botão abaixo e seguir as instruções para liberar o acesso gratuito: 

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Brasil é um ‘vencedor’ no cenário macroeconômico global, defende gestor – entenda por que a China pode ser um fator decisivo para isso

18 de abril de 2024 - 16:28

João Landau, fundador da Vista Capital, participou do evento Macro Summit Brasil 2024 ao lado de Carlos Woelz; veja os destaques

Conteúdo Empiricus

Dólar acima dos R$ 5,20: disparada da moeda americana é um alerta para o investidor proteger o patrimônio; veja a melhor maneira 

18 de abril de 2024 - 14:00

Segundo analista, todo investidor deveria ter um pouco de dólar na carteira como forma de proteção – aprenda como investir na moeda em curso gratuito

Conteúdo Empiricus

Esse software pode colocar até R$ 538 por dia na sua conta mesmo ‘falhando’; entenda

18 de abril de 2024 - 11:59

Ferramenta desenvolvida pelo especialista em investimentos Leo Nonato utiliza a estatística para buscar lucros

Conteúdo Empiricus

Com escalada da inteligência artificial, gigantes da tecnologia ‘tomam’ lugar do Ibovespa nas carteiras; veja um BDR para comprar agora

18 de abril de 2024 - 10:00

Empiricus atualiza carteira de ações internacionais recomendadas e inclui papel que negocia a preços atrativos

Conteúdo Empiricus

Negócio de R$ 1,75 bilhão atrai ainda mais valor para FII que já devia estar na sua carteira, segundo analista; veja qual

18 de abril de 2024 - 9:00

Fundo imobiliário (FII) recomendado pela Empiricus alcançará ABL superior a 1 milhão de metros quadrados, após novas aquisições

Conteúdo Empiricus

Uma varejista que pode dobrar na bolsa, ações do Facebook e fundo imobiliário com retorno de até 24%; entenda a relação

18 de abril de 2024 - 8:00

Veja como ter acesso a estas e mais de 100 recomendações de investimento da maior casa de análise independente do país de graça

Conteúdo Empiricus

Fundo imobiliário de tijolo exposto ao varejo pode gerar retorno de até 13%; veja a recomendação

17 de abril de 2024 - 14:00

Com mais de 57 imóveis, o fundo imobiliário pode se beneficiar de empreendimentos em processo de alienação, segundo análise da Empiricus

Conteúdo Empiricus

Nem só de tecnologia e luxo vivem os bilionários: agronegócio é responsável por parte de suas fortunas

17 de abril de 2024 - 10:00

Produção de bebidas, terras agrícolas e cultivo de proteínas figuram entre investimentos de Bernard Arnault, Elon Musk e Jeff Bezos; confira como você também pode obter lucros no setor

Conteúdo Empiricus

A ‘compra do mês’ dos americanos agora inclui barras de ouro; especialista indica o passo a passo para o brasileiro que deseja investir na commodity

17 de abril de 2024 - 9:00

Entenda o porquê dessa ‘febre do ouro’ e se faz sentido proteger seu patrimônio agora com esse ativo

Conteúdo Empiricus

Ferramenta de trade que entregou 3x mais lucro que o Bitcoin é lançada ao público; veja como acessar

16 de abril de 2024 - 16:00

Eduardo Garufi entregou 285% de lucro em 6 meses, 3x mais que o Bitcoin; agora você pode ‘copiar e colar’ essa estratégia

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar