🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Isabelle Santos
Isabelle Santos
Comunicóloga formada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). É redatora do Money Times, Seu Dinheiro e Empiricus.
Conteúdo Empiricus

Lula não aguentou a pressão? Governo desiste de taxar Shein e Shopee; veja como ficam as varejistas nacionais

O governo chegou a conclusão de que a medida causou muita confusão e não “ataca quem está criando o problema”

Isabelle Santos
Isabelle Santos
19 de abril de 2023
12:00 - atualizado às 17:06
Lula taxando Shein e Shopee
Imagem: Montagem Seu Dinheiro com imagens da Agência Brasil e divulgação

Depois de muita repercussão (negativa, diga-se de passagem), nesta terça-feira (18) o ministro Fernando Haddad informou que o governo desistiu da ideia de taxar compras internacionais em sites como Shein, Shopee e Aliexpress no valor de até US$ 50. 

Segundo o ministro, o pedido veio do próprio presidente Lula que, na mesma ocasião, solicitou que a questão fosse resolvida administrativamente, sem o fim da isenção para transações entre pessoas físicas. 

Lula falou: 'Deu muito diz que me diz na rede, as pessoas estão confusas. Quero que o Ministério da Fazenda encontre um caminho para atacar quem está criando o problema e não as pessoas'.” pontuou Haddad. 

A notícia, certamente, animou os clientes fiéis da Shein e Shopee, que estavam receosos com as futuras compras nas plataformas. 

Em contrapartida, as ações de algumas das principais varejistas do país, como Magazine Luiza (MGLU3), Marisa (AMAR3), Renner (LREN3) e Riachuelo (GUAR3) operam no vermelho na tarde desta terça-feira (18).

Como ficam as varejistas brasileiras nessa história? 

Muito antes do governo decidir voltar atrás na decisão, as empresas do setor de varejo no Brasil já haviam se posicionado contra as concorrentes chinesas. 

Segundo as companhias brasileiras, essas empresas não operam sobre as mesmas cargas tributárias que as varejistas nacionais. 

Isto é, como elas produzem em outros países os impostos cobrados e custos trabalhistas são muitas vezes menores. 

Além disso, há a desconfiança de que essas varejistas internacionais usam a isenção de até US$ 50 para transações entre pessoas físicas como “brecha” para baratear ainda mais o custo de suas mercadorias. 

Uma concorrência desleal para as empresas brasileiras. Além disso, ao “burlar” o sistema de importações, essas empresas também impactam na arrecadação da União

Contudo, é importante lembrar que os problemas enfrentados pelo setor de varejo no Brasil não são causados exclusivamente pela concorrência com as chinesas Shein, Shopee, AliExpress e outras. 

Juros altos, inflação e alta alavancagem

Boa parte dos problemas das varejistas nacionais se devem a um conjunto de fatores macro e microeconômicos. 

A começar pela inflação, que reduz o poder de compra dos consumidores. Muitos dos clientes das grandes varejistas do país pertencem às classes C, D e E, que são os grupos mais afetados.

Nesse sentido, o aumento da taxa básica de juros, medida adotada pelo Banco Central para controlar a inflação, também prejudica as varejistas por dois motivos: 

  1. Reduz a atividade econômica: com o crédito mais caro, a população gasta menos, o que representa menos receita para as varejistas; 
  2. Aumenta as despesas: um dos principais problemas das varejistas nacionais é a alavancagem alta. Isto é, essas empresas possuem muitas dívidas e, em um cenário de juros altos, essas despesas ficam ainda mais caras.

Diante desses fatores, a concorrência com as varejistas chinesas é mais um agravante para as empresas nacionais. 

Entretanto, é importante destacar que nem todas as companhias do setor são afetadas pela concorrência da Shein, Shopee e AliExpress. 

Esta varejista brasileira é ‘blindada’ contra a concorrência chinesa

Trata-se de uma empresa do varejo com mais de 60 anos de existência e que atua em um mercado que historicamente, cresce aproximadamente 5% ao ano.

Outro ponto de destaque dessa varejista é o seu modelo de negócio. Além de produzir 80% de tudo o que comercializa, essa companhia investe pesado em marketshare. Inclusive, a cada ano a companhia se consolida como o principal nome do seu segmento

No balanço do 4º trimestre de 2022, a empresa conquistou mais 0,5 pontos percentuais de participação de mercado e agora representa 17,4% de todo segmento. Além disso, começou a colher os frutos do seu plano de expansão

Até o 2º trimestre de 2022, a varejista estava presente em 38% dos shoppings do Brasil. Contudo, ela não estava satisfeita com esse número. 

A meta da companhia é aumentar em 70% a sua penetração de mercado. Para isso, ela se comprometeu a inaugurar mais 240 novas lojas até 2026. 

A expectativa da associação do setor era de que fossem entregues 13 novos estabelecimentos. Contudo, a companhia conseguiu superar as expectativas inaugurando 16 novas lojas só no 4T22.

Os resultados do último trimestre provam que o plano de expansão da companhia está caminhando muito bem. 

Segundo os analistas da Empiricus Research, este projeto pode representar uma valorização de mais de 70% para as ações dessa varejista nos próximos anos

CONHEÇA AÇÃO DO VAREJO COM POTENCIAL MAIS DE 70% DE VALORIZAÇÃO

Por isso, a ação desta empresa está sendo considerada uma “joia do varejo”. Um dos segredos para o seu sucesso é que ela faz parte de um setor considerado resiliente e de crescimento sustentável no longo prazo.

O co-fundador da Empiricus Research, Rodolfo Amstalden, vem estudando o desempenho da varejista, as perspectivas de crescimento, e o preço das ações e recomendou a ação aos assinantes da série "Microcap Alert”, da Empiricus Research. 

A boa notícia é que a Empiricus Investimentos agora está oferecendo como cortesia o acesso gratuito ao relatório para você conhecer melhor essa recomendação de investimento.

Você pode conferir toda a tese de investimentos e o ticker da ação clicando neste link e seguindo as instruções

Pode ficar tranquilo, pois o acesso a este relatório é 100% gratuito. Você não tem nada a perder, clique no botão abaixo e conheça o nome da ação com grande potencial de valorização: 

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Com escalada da inteligência artificial, gigantes da tecnologia ‘tomam’ lugar do Ibovespa nas carteiras; veja um BDR para comprar agora

18 de abril de 2024 - 10:00

Empiricus atualiza carteira de ações internacionais recomendadas e inclui papel que negocia a preços atrativos

Conteúdo Empiricus

Negócio de R$ 1,75 bilhão atrai ainda mais valor para FII que já devia estar na sua carteira, segundo analista; veja qual

18 de abril de 2024 - 9:00

Fundo imobiliário (FII) recomendado pela Empiricus alcançará ABL superior a 1 milhão de metros quadrados, após novas aquisições

Conteúdo Empiricus

Uma varejista que pode dobrar na bolsa, ações do Facebook e fundo imobiliário com retorno de até 24%; entenda a relação

18 de abril de 2024 - 8:00

Veja como ter acesso a estas e mais de 100 recomendações de investimento da maior casa de análise independente do país de graça

Conteúdo Empiricus

Fundo imobiliário de tijolo exposto ao varejo pode gerar retorno de até 13%; veja a recomendação

17 de abril de 2024 - 14:00

Com mais de 57 imóveis, o fundo imobiliário pode se beneficiar de empreendimentos em processo de alienação, segundo análise da Empiricus

Conteúdo Empiricus

Nem só de tecnologia e luxo vivem os bilionários: agronegócio é responsável por parte de suas fortunas

17 de abril de 2024 - 10:00

Produção de bebidas, terras agrícolas e cultivo de proteínas figuram entre investimentos de Bernard Arnault, Elon Musk e Jeff Bezos; confira como você também pode obter lucros no setor

Conteúdo Empiricus

A ‘compra do mês’ dos americanos agora inclui barras de ouro; especialista indica o passo a passo para o brasileiro que deseja investir na commodity

17 de abril de 2024 - 9:00

Entenda o porquê dessa ‘febre do ouro’ e se faz sentido proteger seu patrimônio agora com esse ativo

Conteúdo Empiricus

Ferramenta de trade que entregou 3x mais lucro que o Bitcoin é lançada ao público; veja como acessar

16 de abril de 2024 - 16:00

Eduardo Garufi entregou 285% de lucro em 6 meses, 3x mais que o Bitcoin; agora você pode ‘copiar e colar’ essa estratégia

Conteúdo Empiricus

Qual o melhor caminho para viver de renda? Conheça um plano para buscar até 11 fontes de renda passiva

16 de abril de 2024 - 14:00

Projeto Renda tem como meta ensinar o passo a passo para poder ter dinheiro ‘pingando’ na conta todo mês; pré-inscrição é gratuita

Conteúdo Empiricus

Hora de ir às compras: vendas do varejo surpreendem, mas ações despencam 7% – ‘para quem compra, o momento é muito bom’, diz analista

16 de abril de 2024 - 10:00

Analista defende que o pior período para as empresas do varejo já passou e as ações estão extremamente baratas; veja como aproveitar

Conteúdo Empiricus

Empresário da Faria Lima assina termo com compromisso de buscar renda extra pra brasileiros em até 30 dias

15 de abril de 2024 - 16:00

Felipe Miranda quer ajudar brasileiros a buscar renda passiva no mercado financeiro, podendo chegar a até R$ 10 mil por mês, no longo prazo

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar