🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Fernanda Lopes
Fernanda Lopes
Formada em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (USP). Tem experiência como pesquisadora e redatora.
Conteúdo Empiricus

‘Eu acho que acabou’: PIB acima do esperado nos EUA dá sinal para ações brasileiras; veja como investir

Perspectivas são positivas para os ativos de risco; confira recomendações para buscar até 70% de upside

Fernanda Lopes
Fernanda Lopes
1 de dezembro de 2023
12:00 - atualizado às 11:12
Bandeira dos EUA com cifrão em cima, representando oportunidade de ganhos com bolsa americana, juros
Imagem: Shutterstock

A expectativa para os rumos dos juros americanos cresceu depois da divulgação da última leitura do PIB dos EUA, que veio acima do esperado.

Essa “boa notícia” para a economia americana poderia ser uma “pedra no sapato” dos mercados, porque dados como os divulgados poderiam indicar a necessidade do Fed de aumentar os juros, ou, no mínimo, mantê-los altos por mais tempo.

Isso, é claro, teria efeitos negativos nos ativos de risco – não só nos Estados Unidos, mas em mercados do mundo inteiro.

Mas a verdade é que, mesmo com o PIB acima do esperado, o cenário parece promissor para os investidores.

Isso porque a leitura do PIB divulgada pelo Departamento de Comércio dos EUA trouxe consigo os dados de outros indicadores – e a história que eles contam pode “fazer a alegria” de quem está esperando os juros americanos cederem.

É isso que diz Enzo Pacheco, analista da Empiricus Research. Em entrevista ao programa Giro do Mercado, Enzo comentou:

“Quando você olha mais a fundo essa segunda leitura do PIB, você teve outros indicadores que apontaram que talvez a gente esteja de fato entrando naquele cenário de soft landing. Ou seja, você vai ter uma desaceleração da economia americana, mas nada muito preocupante.”

Então, isso quer dizer que podemos esperar efeitos positivos nos ativos de risco? Como fica a bolsa brasileira nesse cenário? Confira o que o analista disse a respeito.

‘O Fed acabou com a alta de juros’, diz analista

Segundo Enzo, o PCE (Price Consumer Expenditure), índice de preços usado para medir a inflação no país, veio abaixo da leitura anterior – evidenciando um arrefecimento das pressões inflacionárias nos Estados Unidos.

E os efeitos dessa sinalização já estão sendo sentidos, na medida em que os investidores julgam que uma inflação não tão elevada é sinal de que o ciclo de altas do Fed pode estar se encaminhando para o fim.

Não à toa pudemos observar ralis nas últimas semanas, tanto na bolsa americana quanto na brasileira.

Mas é sempre importante lembrar que o corte nos juros dos EUA ainda deve demorar um pouco. 

Enzo Pacheco afirma: “eu acho que o Fed acabou com a alta de juros” – mas faz a ressalva de que é possível que o Federal Reserve mantenha os juros no patamar atual por mais alguns meses.

Por ora, o mercado está prevendo que o primeiro corte aconteça no primeiro semestre de 2024.

A partir daí, é claro, a bolsa brasileira também sai ganhando.

Como já comentamos, os ativos de risco locais já vem ensaiando recuperações, conforme a Selic cai por aqui e as sinalizações no exterior também se mostram positivas.

Mas isso pode ser apenas o começo. 

Segundo Enzo Pacheco, juros mais baixos nos EUA eliminariam uma pressão significativa sobre a Selic, permitindo que o Banco Central prossiga com os cortes e a taxa de juros caia continuamente.

Por conta disso, a tendência é que a bolsa brasileira se beneficie cada vez mais a partir de agora – e é importante se posicionar o mais breve possível para poder capturar os ganhos.  

VEJA AQUI 10 RECOMENDAÇÕES PARA INVESTIR E APROVEITAR A QUEDA DOS JUROS

Carteira gratuita: confira 10 ações para buscar lucro nesse cenário

Conforme as sinalizações positivas para os ativos de risco vão se acumulando, fica claro que é o momento certo para se posicionar na bolsa brasileira e ter a chance de capturar ganhos impressionantes.

É por isso que os analistas da Empiricus Research montaram uma carteira gratuita pensada especialmente para esse momento.

Ela é composta por 10 ações de empresas sólidas de diversos setores, todas capazes de proteger seu patrimônio e ainda oferecer boas perspectivas de upside – podendo entregar até 70% de valorização.

Ou seja, você pode começar hoje mesmo a investir pensando no cenário de queda dos juros americanos e no impacto positivo na Selic e nos ativos de risco por aqui.

E o melhor: com o amparo de profissionais que conhecem o mercado melhor que ninguém. Tudo isso sem precisar gastar um único centavo para acessar as recomendações.

Para receber o acesso à carteira, clique no link abaixo e preencha seus dados.

Esse é o tipo de conteúdo que pode fazer toda a diferença no seu bolso. É só clicar no link para acessar gratuitamente.

GRATUITO: ACESSE A CARTEIRA DE 10 RECOMENDAÇÕES PARA PODER CAPTURAR ATÉ 70% DE UPSIDE

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Vivo (VIVT3) ficou cara? Companhia divulga balanço positivo, mas não entra no ‘Top 5’ de pagadoras de dividendos; confira a lista

24 de fevereiro de 2024 - 12:00

Analista comenta balanço da Vivo e recomenda outras opções para investir agora em busca de dividendos; confira

Conteúdo Empiricus

60% das pessoas não gostam do próprio trabalho: está na lista? Esta profissão paga em média R$ 30 mil e tem 700 vagas abertas

24 de fevereiro de 2024 - 10:00

Empresas gigantes estão em busca de profissionais qualificados desse setor e aceitando pagar caro para preencher essas vagas – veja como ingressar

Conteúdo Empiricus

Cortes na Selic ainda não surtiram efeito? B3 (B3SA3) registra queda de 8% no lucro; veja se ainda vale a pena investir na ação

24 de fevereiro de 2024 - 8:00

Embora a companhia tenha registrado um crescimento de 11% nos setores de tecnologia, dados e serviços, os resultados gerais ficaram abaixo do esperado; veja a recomendação da Empiricus Research

Conteúdo Empiricus

Ainda não chegou a vez do Nubank (ROXO34): mesmo com 4T23 positivo, analista recomenda ficar de fora da ação (e revela o motivo)

23 de fevereiro de 2024 - 19:00

BDR do Nubank cai na bolsa em relação ao último fechamento apesar de resultados animadores no 4º trimestre – veja qual é o impeditivo para incluir o papel na carteira

conteúdo empiricus

Dividendos em perigo? Por que a Taesa (TAEE11) pode deixar de pagar proventos gordos em breve, segundo o Bradesco BBI

23 de fevereiro de 2024 - 17:00

A Taesa é conhecida por ser uma grande pagadora de dividendos mas, segundo o banco de investimentos, ela pode passar a remunerar bem menos os seus acionistas; entenda

Conteúdo Empiricus

Nvidia não é a única: veja as empresas de tecnologia mais indicadas para ter a chance de surfar o ‘boom’ da inteligência artificial

23 de fevereiro de 2024 - 15:00

Resultados da Nvidia mostraram que a narrativa em torno da inteligência artificial segue a todo vapor. Veja as apostas desse gestor para aproveitar o momento das empresas de tecnologia

Conteúdo Empiricus

Cuidado com a Oi (OIBR3): mesmo disparando 120%, existem 10 ações com maior potencial; veja

23 de fevereiro de 2024 - 13:00

Ação dispara em fevereiro, mas maior casa de análise independente do Brasil segue sem recomendar a empresa por acreditar que existem outras companhias melhores agora

Conteúdo Empiricus

‘A gente prefere estar na principal fonte de dividendos’: entenda por que Itaúsa (ITSA4) não está nas ações preferidas da Empiricus para proventos

23 de fevereiro de 2024 - 11:00

Segundo Larissa Quaresma, analista da Empiricus Research, esse ‘bancão’ é quem está por trás de parte dos dividendos entregues pela holding; entenda

Conteúdo Empiricus

‘Escolhi ser analista de ações’: como Thiago Salomão, fundador do Market Makers, mudou a rota para se tornar um dos nomes mais conhecidos do mercado financeiro

23 de fevereiro de 2024 - 9:00

Salomão decidiu abandonar o jornalismo para se tornar analista de ações. Agora ele quer ajudar outras pessoas que desejam fazer a transição de carreira para o mercado financeiro

Conteúdo Empiricus

Poxa, hermanos: hiperinflação na Argentina impacta resultados da Gerdau (GGBR4) no 4T23; saiba se é hora de comprar ou vender

22 de fevereiro de 2024 - 14:00

Números da América do Norte e a geração de caixa livre foram destaques positivos do balanço de Gerdau (GGBR4)

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies