🔴 [EVENTO GRATUITO] COMPRAR OU VENDER VALE3? INSCREVA-SE AQUI

Leticia Camargo
Leticia Camargo
Formada em Jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Já passou por agência de marketing digital, onde trabalhou com estratégias de SEO e marketing de conteúdo.
conteúdo empiricus

Esqueça o cartão Pão de Açúcar e milhas aéreas: nova estratégia permite que você faça viagens nacionais e internacionais cada vez mais caras ano após ano; entenda

O cartão “queridinho” dos viajantes para juntar milhas perdeu a sua majestade este ano, mas você não precisa dele se quiser fazer viagens cada vez mais caras nos próximos 5 anos

Leticia Camargo
Leticia Camargo
8 de fevereiro de 2023
13:00 - atualizado às 14:09
milhas aereas pda cartao pao de acucar
Imagem: Freepik/ Montagem: Julia Shikota

Se você gosta de viajar, com certeza já ouviu falar algo sobre milhas. Elas são como uma “moeda de troca” concedida aos clientes de alguns cartões de crédito e de companhias aéreas que, se acumuladas, podem se tornar passagens.

E, se você é minimamente antenado nesse assunto, também deve saber que juntar milhas não é tão fácil quanto parece. Em primeiro lugar, você precisa ter um bom cartão de crédito. Ou seja, um que acumule uma boa quantidade de pontos por real gasto.

Em segundo lugar, você precisa gastar um bom dinheiro nesse cartão. Ou seja, fazer compras programadas com esse cartão de crédito, para que você junte cada vez mais pontos a cada mês.

E, por último, ter a sorte grande de conseguir pegar uma boa transferência bonificada, para que esses pontos se multipliquem e você consiga fazer a viagem dos seus sonhos.

Não me leve a mal, não estou aqui para crucificar o poder das milhas, pelo contrário. Essa é uma estratégia muito utilizada e que beneficia muita gente.

Mas preciso ser honesta, os tempos para os acumuladores de milhas já foram mais fáceis. Por exemplo, o melhor cartão de crédito para juntar milhas, o Itaucard Pão de Açúcar, mudou suas regras de pontuação e deixou diversos viajantes decepcionados este ano:

pda perdeu a majestade milhas
Fonte: Seu Dinheiro

Até recentemente, ele era o único cartão do mercado a pontuar 1 ponto a cada 1 real gasto. Agora, o cartão passou a adotar o dólar como referência para conversão, assim como fazem boa parte dos cartões de crédito disponíveis por aí.

Ou seja, a vida do acumulador de milhas ficou mais difícil.

E as alternativas ao PDA também não são animadoras… Isso porque grande parte dos cartões de crédito com boa pontuação tem, como contrapartida, uma anuidade alta.

O cartão C6 Bank Carbon Mastercard Black, cotado como um dos substitutos mais acessíveis do Pão de Açúcar pelo site Melhores Cartões, tem anuidade de R$ 510 para quem gastar a partir de R$ 4.000 por mês. E, para conseguir isenção, você precisaria gastar no mínimo R$ 8.000 por mês.

De qualquer forma, é cansativo ficar pesquisando as melhores condições dos cartões de crédito para tentar viajar com milhas.

Mas e se eu te disser que existe uma outra estratégia que permite fazer viagens cada vez mais caras ano após ano, tanto nacionais quanto internacionais, sem depender de milhas?

Você não precisa se preocupar em ter os melhores cartões de crédito, fazer compras estratégicas para acumular pontos ou encontrar a melhor data para transferi-los…

Você só precisa ser minimamente organizado e seguir à risca um plano financeiro que tem como proposta possibilitar viagens cada vez mais caras nos próximos 5 anos.

ESQUEÇA AS MILHAS: VEJA UM PLANO FINANCEIRO PARA FAZER VIAGENS CADA VEZ MAIS CARAS NOS PRÓXIMOS 5 ANOS

Como viajar para lugares cada vez mais caros nos próximos 5 anos

Por estarmos em um portal de notícias no qual o assunto principal são finanças, você pode estar se perguntando o que um plano de viagens tem a ver com investimentos.

Já te adianto que tem tudo a ver. Isso porque existe uma estratégia de investimentos ideal para que você consiga fazer viagens de férias todos os anos.

Essa estratégia, criada por analistas da Empiricus Research, foi apelidada de “Plano Passaporte Carimbado” e funciona assim:

1. Faça aportes cada vez menores

Você seguirá um cronograma de aportes mensais em ativos estratégicos. Esses aportes são decrescentes e diminuem ao longo do tempo.

Veja um exemplo:

Fonte: Empiricus Research

Achou os valores da tabela altos? Não tem problema… Você pode começar com dois terços e até metade deles. É possível adaptar o plano para a sua realidade financeira atual.

A única condição é que os aportes precisam ser decrescentes. Assim, você fará com que os juros compostos trabalhem para você, já que os aportes maiores estarão no início.

Além disso, se certifica de que terá férias mais tranquilas, pois a maior parte da sua viagem estará “paga”.

2. Resgate 40% do dinheiro ao final de um ano

Depois de um ano de aportes seguindo o cronograma, você pode sacar 40% do dinheiro acumulado. Com o valor, você escolherá um destino para aproveitar suas merecidas férias. 

É claro que, no primeiro ano, esses 40% resultarão em um valor mais modesto, já que você começou do zero. Em uma simulação dos analistas, levando em conta os ativos investidos, ao final de um ano você terá aproximadamente R$ 5.100 para viajar.

O valor representa 40% dos R$ 12.900 que você conseguiria acumular com a carteira recomendada deles. Veja:

Fonte: Empiricus Research

Como você começa do zero no primeiro ano, os analistas recomendam uma viagem pelo Brasil mesmo (aqui, você pode deixar a sua criatividade fluir). 

Litoral catarinense, paraísos nordestinos? Você decide… 

ESQUEÇA AS MILHAS: VEJA UM PLANO FINANCEIRO PARA FAZER VIAGENS CADA VEZ MAIS CARAS NOS PRÓXIMOS 5 ANOS

3. Comece de novo com os 60% que sobraram

Nos próximos anos, você voltará a investir seguindo o mesmo planejamento do primeiro ano. A diferença é que, dessa vez, você terá um montante inicial maior, representado pelos 60% do ano anterior que continuam investidos.

Esse é o “pulo do gato” dessa estratégia: a recorrência dessa prática pode ser capaz de gerar viagens cada vez mais caras e, provavelmente, melhores, graças aos juros compostos.

Se no primeiro ano você começou com R$ 0 e já conseguiu mais de 5.000 reais para viajar, conforme simulação acima, imagine quanto você pode ter nos anos seguintes?

Esse plano não é novo. Na verdade, ele está na sua segunda edição. E quem seguiu a estratégia à risca viu que ele funciona na prática. 

Veja a evolução do patrimônio do investidor que seguiu o Plano Passaporte Carimbado religiosamente durante os últimos 5 anos, de 2018 a 2023:

plano passaporte carimbado retrospectiva dos últimos 5 anos milhas
Fonte: Empiricus Research

Os degraus menores positivos representam os aportes mensais na carteira, enquanto os degraus intensos negativos representam os saques de 40% do acumulado ao final de cada ano.

Perceba que, ano após ano, o valor das viagens aumentaram substancialmente. A viagem do ano 5, o último ano do plano, teve um orçamento de R$ 11.200. É uma boa grana para viajar pelo mundo…

ESQUEÇA AS MILHAS: VEJA UM PLANO FINANCEIRO PARA FAZER VIAGENS CADA VEZ MAIS CARAS NOS PRÓXIMOS 5 ANOS

4. Um roteiro de volta ao mundo

Tendo colocado o plano em prática, e sabendo que a viagem sugerida para o primeiro ano é dentro do Brasil, basta fazer a programação das suas próximas férias:

  • No segundo ano você já consegue ir para alguns dos países da América Latina
  • No terceiro ano, você pode ir aos Estados Unidos
  • No quarto ano, é a vez da Europa
  • Por último, no quinto ano, você pode até ser mais ousado. Quem sabe o Japão ou a Tailândia?

Os analistas da Empiricus Research estão mais otimistas para o plano nos próximos 5 anos, de 2023 a 2028. Ao final do período, a expectativa, de acordo com a simulação, é que os viajantes tenham viagens nos seguintes valores:

plano passaporte carimbado de 2023 a 2028

Quem começou o Plano Passaporte Carimbado em 2018, agora terá a oportunidade de viajar para ainda mais destinos, escolhendo a dedo os hotéis que quer ficar.

Com essa atualização, os analistas esperam que você, que ainda não começou o seu plano de viagens, tome uma atitude e coloque o plano em prática.

Veja: ao contrário do que propõem as milhas, esse plano financeiro apresenta com muito mais clareza as quantias disponíveis e os destinos das suas próximas viagens. 

É claro que retornos passados não garantem retornos futuros, mas agora as chances de conquistar os valores acima para viajar, ano após ano, são muito mais otimistas.

Para os analistas, o panorama econômico passou por transformações e hoje existem investimentos ainda melhores para proporcionar viagens ao redor do mundo.

E, se você quiser começar a planejar suas próximas férias, pode ter acesso ao Plano Passaporte Carimbado dos próximos 5 anos sem que precise gastar um centavo sequer.

ESQUEÇA AS MILHAS: VEJA UM PLANO FINANCEIRO PARA FAZER VIAGENS CADA VEZ MAIS CARAS NOS PRÓXIMOS 5 ANOS

Plano Passaporte Carimbado: veja como colocá-lo em prática em um relatório gratuito

A equipe de análise da Empiricus Research reformulou o Plano Passaporte Carimbado para os próximos 5 anos, com os ativos mais indicados para que você possa tirar férias cada vez mais caras até 2028.

A explicação completa sobre o que é o plano e os ativos recomendados pelos analistas, com os valores reais de quanto eles sugerem colocar em cada um, foram divulgadas em um relatório recente para os assinantes da casa.

Geralmente, apenas quem paga pelo acesso às carteiras da Empiricus Research tem acesso a esse tipo de indicação. Mas hoje você está tendo a oportunidade de consultar o Plano de graça.

Isso porque a Empiricus Investimentos, corretora do grupo, liberou o acesso ao relatório como uma cortesia. Ou seja, você não precisa ser assinante e nem pagar nada para saber tudo sobre o Plano Passaporte Carimbado.

Basta clicar no botão abaixo e fazer o cadastro para liberar seu acesso. Um e-mail será enviado para você com o relatório na íntegra:

ESQUEÇA AS MILHAS: VEJA UM PLANO FINANCEIRO PARA FAZER VIAGENS CADA VEZ MAIS CARAS NOS PRÓXIMOS 5 ANOS

Compartilhe

conteúdo empiricus

‘A mediocridade é boa para ganhar dinheiro’: confira as perspectivas de Luis Stuhlberger, da Verde, e Daniel Goldberg, da Lumina, para a economia brasileira

20 de abril de 2024 - 16:00

Veja os principais destaques do painel entre Luis Stuhlberger, do fundo Verde, e Daniel Goldberg, da Lumina, durante o Macro Summit Brasil 2024

Conteúdo Empiricus

J.P. Morgan de olho na Cosan (CSAN3)? Depois de meses em baixa, ação chama atenção de banco devido aos dividendos

20 de abril de 2024 - 12:00

Depois de encontro com representantes da Cosan (CSAN3), J.P. Morgan afirma enxergar a possibilidade de aumento de dividendos da ação

Conteúdo Empiricus

Tempestade perfeita? Oscilação do dólar em razão do conflito no Oriente Médio pode gerar lucro para brasileiros que usam esse sistema

20 de abril de 2024 - 10:00

Veja como a instabilidade geopolítica entre Israel e Irã abre portas para micro-oportunidades que vêm pagando R$ 538/dia, em média, para brasileiros

Conteúdo Empiricus

Sorte do Lula? Pesquisador do Insper diz que governo está ‘trabalhando para atrapalhar’ a economia e aponta fator que pode ser a salvação 

19 de abril de 2024 - 14:00

Política fiscal do governo atual pode ser um “vilão” para a economia brasileira, segundo os economistas Daniel Leichsenring e Marcos Mendes – entenda o que está em jogo

Vale (VALE3) vai divulgar o balanço do 1T24 e analistas respondem se é hora de comprar ou vender; confira

19 de abril de 2024 - 12:00

Empresa representa mais de 10% da bolsa e divulgará seus resultados nesta quarta (24); saiba como agir após o balanço

Conteúdo Empiricus

Ainda dá tempo: veja 5 altcoins para comprar agora e ter a chance de ficar milionário com criptomoedas após halving do bitcoin

19 de abril de 2024 - 11:03

Especialista diz ter encontrado cinco criptomoedas que podem transformar R$ 500 investidos em cada uma delas em até R$ 1 milhão ainda neste ciclo de alta

Conteúdo Empiricus

Ação ‘La Niña’: essa empresa pode se beneficiar do fenômeno climático e gerar mais dividendos nos próximos meses; saiba qual

19 de abril de 2024 - 8:00

Analistas da Empiricus apontam uma ‘joia escondida’ que pode se beneficiar das mudanças climáticas; acesse relatório gratuito

Conteúdo Empiricus

Brasil é um ‘vencedor’ no cenário macroeconômico global, defende gestor – entenda por que a China pode ser um fator decisivo para isso

18 de abril de 2024 - 16:28

João Landau, fundador da Vista Capital, participou do evento Macro Summit Brasil 2024 ao lado de Carlos Woelz; veja os destaques

Conteúdo Empiricus

Dólar acima dos R$ 5,20: disparada da moeda americana é um alerta para o investidor proteger o patrimônio; veja a melhor maneira 

18 de abril de 2024 - 14:00

Segundo analista, todo investidor deveria ter um pouco de dólar na carteira como forma de proteção – aprenda como investir na moeda em curso gratuito

Conteúdo Empiricus

Esse software pode colocar até R$ 538 por dia na sua conta mesmo ‘falhando’; entenda

18 de abril de 2024 - 11:59

Ferramenta desenvolvida pelo especialista em investimentos Leo Nonato utiliza a estatística para buscar lucros

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar