🔴 MELHORES MOMENTOS DO MACRO SUMMIT BRASIL 2024 – ASSISTA AQUI

Giovanna Figueredo
Giovanna Figueredo
Jornalista em formação pela Universidade de São Paulo (USP), já trabalhou com marketing e redes sociais em uma consultoria financeira e é redatora dos portais Seu Dinheiro e Money Times.
Conteúdo Empiricus

‘É mais sobre o ciclo do que sobre a empresa’: Magalu (MGLU3) derrete -22% após maior prejuízo da história, mas analista diz que é uma boa companhia; hora de investir?

O Magazine Luiza registrou prejuízo de R$ 391 milhões e o mercado ficou insatisfeito; há espaço para a gigante do varejo valorizar ou o melhor é fugir de MGLU3? Confira o que dizem os analistas

Giovanna Figueredo
Giovanna Figueredo
17 de maio de 2023
11:16
Lu, mascote digital do Magazine Luiza (MGLU3), Magalu, com uma expressão de susto no primeiro plano; em segundo plano, números e gráficos indicando queda, na cor vermelha, sinalizando a baixa nas ações da empresa no Ibovespa
Lu, assistente virtual do Magalu - Imagem: Shutterstock/Montagem Julia Shikota

A última segunda-feira (15) encerrou a temporada de resultados do 1º trimestre de 2023. Foi uma chuva de balanços, mas um dos que mais chamou a atenção do mercado foi o Magazine Luiza (MGLU3) –  e não foi de forma positiva.

A empresa de Luiza Trajano registrou o maior prejuízo de toda sua história, com uma perda de R$ 391 milhões. Este foi o pior trimestre desde o IPO da empresa, em 2011.

Como resultado, as ações MGLU3 encerraram o pregão de ontem (16) em despencada de mais de -22%, a maior queda do dia na bolsa. Antes da divulgação do balanço, até o fechamento da última segunda (15), o ticker acumulava uma alta de quase 70% em 2023.

É inegável que o resultado do Magalu neste 1º trimestre não foi nada bom. Mas para Fernando Ferrer, analista da Empiricus Research, operacionalmente o Magazine Luiza é sim uma boa empresa.

Mas se é assim, o que aconteceu, afinal? O “encanto” dos investidores acabou ou ainda há oportunidade para ganhar dinheiro com a gigante do varejo?

A seguir, te explico melhor o que está em jogo.

Leia mais: corretora liberou relatório gratuito com as 10 melhores ações para investir neste mês

Magalu decepcionou no 1T23: veja o que está por trás do prejuízo milionário da varejista

O resultado da varejista foi muito abaixo do esperado pelo mercado e uma verdadeira decepção, tanto é que a ação está despencando na bolsa. 

Mas, para Ferrer, esse balanço disse muito mais sobre o ciclo econômico do que sobre a empresa em si:

“Em 2020, 2021, o Magazine Luiza teve um ciclo muito positivo. Todo mundo trocou geladeira, comprou celular, eletrodoméstico... Foi um ciclo de expansão muito grande para a varejista, mas agora a gente está vendo uma normalização desse ciclo”, explicou em entrevista ao programa Giro do Mercado.

O varejo como um todo se deu bem nos anos de pandemia porque os juros estavam em um patamar baixíssimo. Os brasileiros tinham acesso fácil ao crédito e aproveitaram o cenário para ir às compras.

Não é à toa que foi nesse período que a ação MGLU3 registrou sua máxima histórica e, do início de março de 2020, até a máxima em 6 de novembro do mesmo ano, entregou valorização de mais de 110%. Ou seja, dobrou o dinheiro investido em 8 meses.

Mas agora a realidade é outra: a Selic está em 13,75% ao ano, os brasileiros já compraram o que tinham para comprar, as pessoas estão endividadas e quem “paga o preço” são as empresas do varejo.

Portanto, como Ferrer explica, o que o Magazine Luiza está passando agora é por uma normalização de ciclo. Não significa, necessariamente, que ele é uma empresa ruim.

Tanto é que, para o analista, em uma possível “virada de chave” no cenário econômico brasileiro e na recuperação do varejo, as ações do Magalu seriam uma boa oportunidade:

“No momento em que o ciclo melhorar, eu não tenho dúvida que ela é uma das mais bem posicionadas. Quando a nuvem negra sair, ela vai ser a melhor”, afirma.

GRATUITO: CONHEÇA AS 10 MELHORES AÇÕES PARA INVESTIR NO CENÁRIO ATUAL

O recado então é para investir em MGLU3?

Depois de sofrer uma queda expressiva no ano passado, as ações do Magazine Luiza voltaram a conquistar o mercado em 2023. Como dito anteriormente, o ticker MGLU3 saltou quase 70% até o último fechamento (15).

Mas embora pareça que isso é um sinal para investir na varejista, é melhor ter cuidado antes de tomar uma decisão. 

A alta da ação neste ano tem nome, CNPJ e está em processo de recuperação judicial: Americanas. Com a despencada de AMER3 após o escândalo bilionário, o mercado percebeu o Magalu como a melhor alternativa no setor de varejo, mas o “buraco é muito mais embaixo”.

De fato, segundo Ferrer, a empresa de Luiza Trajano é destaque no varejo de e-commerce, mas isso não significa que é hora de investir.

A empresa pode surfar uma possível recuperação da economia brasileira, mas o problema é que não há perspectiva dessa virada em breve, o que, para os analistas da Empiricus Research, não justifica comprar as ações agora.

“No próximo ano, um ano e meio, a perspectiva segue muito deteriorada. O cenário de curto prazo não me deixa animado. Enquanto o ciclo não melhorar, não dá para pensar em se posicionar em MGLU3”, defende Ferrer.

Ou seja, o recado é claro: Magazine Luiza não é uma empresa ruim, mas nos preços atuais e cenário econômico de agora, a melhor decisão é ficar longe dos papéis da varejista.

Mas isso não significa que não existem boas ações para investir agora. Pelo contrário, existem papéis que não dependem exclusivamente da queda da Selic para entregar retornos atrativos para os investidores.

Enquanto o Magalu derrete na bolsa, existem papéis sólidos, baratos, com alto potencial lucrativo e que fazem parte do segmento “quality” (qualidade).

As ações de qualidade oferecem mais tranquilidade para o investidor por serem empresas com resultados consistentes e terem um longo histórico de resiliência contra crises.

Portanto, há ações que, mesmo em um ambiente macroeconômico desafiador, conseguem dar mais segurança para o acionista, diferentemente de MGLU3.

Esse é o caso, por exemplo, de 10 ações selecionadas a dedo pelos analistas da Empiricus Research. Elas fazem parte de diferentes setores, mas reúnem bons fundamentos e algum gatilho para valorizar em breve.

GRATUITO: ENQUANTO MAGALU DERRETE, ESSAS 10 AÇÕES SÃO MELHORES PARA O CENÁRIO ATUAL 

10 ações que todo investidor deveria ter na carteira agora, segundo a Empiricus Research

Enquanto o Magazine Luiza provavelmente continuará passando por maus bocados, os analistas da Empiricus Research recomendam investir nessas outras 10 ações que podem valorizar de forma expressiva ao longo do tempo

Dê só uma olhada em alguns destaques desse top 10:

  • Uma ação de energia que tem uma das maiores histórias de valorização da bolsa desde o seu IPO;
  • Um papel do setor agro que pode valorizar até 45%;
  • Uma empresa de transportes que está com a ação sendo negociada com desconto de 35%.

E esses são apenas três exemplos para dar uma “palhinha” da carteira. Mesmo que façam parte de diferentes segmentos da economia, essas 10 ações têm alguns destaques em comum como a solidez, resiliência, preços atrativos e alto potencial lucrativo.

Elas são consideradas o “filé mignon” da bolsa e são as melhores oportunidades para investir no cenário atual.

A boa notícia é que agora qualquer brasileiro interessado em buscar lucros com boas ações pode conhecer esses papéis sem pagar nem um centavo

Isso porque a corretora Empiricus Investimentos está liberando gratuitamente, como cortesia, o acesso ao relatório que revela o nome dessas ações e a tese de cada uma.

Ou seja: você pode simplesmente acessar o material, conhecer os papéis e só depois decidir se eles fazem sentido para o seu patrimônio.

A única coisa que precisa ser feita para receber esse relatório é clicar no botão abaixo e seguir as instruções:

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Volta aos escritórios beneficia FII de lajes corporativas que pode gerar retorno de até 24,2%; conheça

12 de abril de 2024 - 16:00

Com portfólio ‘premium’, fundo imobiliário tem ativos nas principais praças de SP e RJ, onde é grande a demanda por escritórios

Conteúdo Empiricus

Até R$ 11 mil por mês de renda extra? Brasileiro revela robô de day trade capaz de gerar esses valores

12 de abril de 2024 - 12:00

O trader Leo Nonato saiu de boia-fria a trader que lucra mais de R$ 11 mil por mês, e agora ele quer te ajudar a buscar o mesmo; entenda

Conteúdo Empiricus

Cosan (CSAN3) cai 18% no ano – para analista da Empiricus, a queda significa oportunidade; entenda

12 de abril de 2024 - 10:00

Larissa Quaresma acredita que 4 pilares podem acionar valorização das ações e gerar lucros ao investidor

conteúdo empiricus

Obrigado, Javier Milei? Simpatia do presidente da Argentina pelo Bitcoin pode contribuir para potencial explosão de 5 criptomoedas

12 de abril de 2024 - 8:00

Apoio institucional é um dos suportes que pode alavancar Bitcoin no sistema financeiro; ao subir, ele pode arrastar junto criptomoedas que podem gerar R$ 1 milhão

Conteúdo Empiricus

Bybit quer presentear criptoinvestidores: veja como você pode ganhar lote de R$ 100 de uma criptomoeda promissora

11 de abril de 2024 - 18:00

Iniciativa pretende ajudar investidores a surfar o potencial de lucro do mercado de criptomoedas

Conteúdo Empiricus

‘O ciclo do halving é um mito’: enquanto leigos aguardam halving do Bitcoin para poder ganhar dinheiro, especialista enxerga ‘gatilho alternativo’ para buscar até R$ 1 milhão com cripto

11 de abril de 2024 - 9:02

Especialista detectou oportunidade capaz de impulsionar as valorizações do Bitcoin e de outras criptomoedas

conteúdo empiricus

Escalada do minério de ferro não foi suficiente? Vale (VALE3) recua na bolsa enquanto outra ação de commodities ganha destaque este mês

10 de abril de 2024 - 16:00

Para analista, a Vale enfrenta outras questões internas agora, para além do preço do minério de ferro, que estão impactando negativamente no desempenho das suas ações; entenda

Conteúdo Empiricus

A ‘queridinha’ do mercado: saiba qual criptomoeda esses analistas recomendam comprar agora para ‘surfar’ halving do Bitcoin

10 de abril de 2024 - 12:10

Conheça a narrativa emergente que pode multiplicar de valor após halving; baixe o relatório gratuito com a recomendação do ativo

Conteúdo Empiricus

Estas são as 5 criptomoedas para investir R$ 500 e buscar R$ 1 milhão: halving pode impulsionar criptoativos menores do que o Bitcoin e criar novos milionários

10 de abril de 2024 - 10:03

Fenômeno cíclico tende a impulsionar Bitcoin, que, por sua vez, arrasta criptomoedas menores para valorizações exponenciais

Conteúdo Empiricus

Esta fintech está ‘entregando o dever de casa’ e pode valorizar mais de 40%, segundo analista – não é o Nubank e nem o Banco Inter

10 de abril de 2024 - 8:00

Empresa do setor financeiro foi incluída no top 10 ações da bolsa, segundo a Empiricus, e está sendo negociada por quase 3x menos que os preços da média histórica

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies