🔴 É HOJE! PLANO PRÁTICO PARA GERAR RENDA EM DÓLAR SERÁ REVELADO – VEJA COMO ACESSAR

Fernanda Lopes
Fernanda Lopes
Formada em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (USP). Tem experiência como pesquisadora e redatora.
Conteúdo Empiricus

Decisão ‘esquecida’ do governo Sarney pode ‘passar por cima’ de Campos Neto e desbloquear pagamentos de em média R$ 1.998; entenda

Detalhe pouco conhecido da Constituição permite ‘ignorar’ sinalização do Copom e gerar lucros de 200% do CDI ou mais

Fernanda Lopes
Fernanda Lopes
30 de junho de 2023
10:55 - atualizado às 10:56
Sarney e Campos Neto
Imagem: Reprodução/Youtube; Divulgação/Montagem: Fernanda Lopes

Você acreditaria se eu te dissesse que um único artigo da Constituição Federal de 1988, promulgada durante o governo Sarney, possibilita que cidadãos comuns recebam um bom dinheiro direto nas suas contas bancárias?

Por mais inacreditável que isso possa parecer, é uma oportunidade real. E não se trata de nenhum auxílio para cidadãos de baixa renda, mas de uma forma de ganhar dinheiro que pode beneficiar pessoas de qualquer classe social.

Se essa oportunidade te pegou de surpresa, não é à toa. A verdade é que poucas pessoas conhecem esse tipo de método para ganhar dinheiro, porque por muito tempo a oportunidade era “monopolizada” por investidores institucionais e brasileiros “endinheirados”.

Hoje em dia, felizmente isso mudou. A seguir, vou falar mais sobre como você pode aproveitar essa oportunidade para receber até R$ 1.998 diretamente na sua conta com pouco esforço.

ARTIGO DA CONSTITUIÇÃO PODE GERAR PAGAMENTOS? SAIBA COMO

Quem conhece esse artigo da Constituição pode lucrar independentemente das decisões de Campos Neto

Uma oportunidade de ganhar dinheiro com pouco esforço é especialmente interessante agora que Campos Neto, presidente do Copom, sinalizou na ata da última reunião que a tão esperada queda dos juros pode vir já em agosto.

Se por um lado isso é uma boa notícia, já que juros mais baixos tornam o crédito mais acessível, impulsionam o consumo e aquecem a economia, uma possível queda na Selic também significa que a “farra da renda fixa” está chegando ao fim. 

Afinal de contas, os últimos meses de CDI e Selic “nas alturas” vem puxando os prêmios da renda fixa para cima, seja em títulos atrelados aos índices ou prefixados extrapolando a marca dos 13,75% ao ano.

Então, agora que o Campos Neto parece prestes a baixar os juros, isso significa que não será mais possível investir em títulos rentáveis com risco de crédito baixo? Muito pelo contrário.

Como eu já disse, um “mero” artigo da Constituição Federal abre espaço para ganhos muito maiores do que os possibilitados pela renda fixa.

Estou me referindo ao artigo 100 da Constituição Federal, responsável por regular o pagamento de títulos de dívida do governo.

Fonte: Planalto.gov.br

Esse artigo define como deve ser feito o pagamento de valores quando o governo – federal, de um estado ou de um município – está devendo a cidadãos ou empresas.

Mas se você já entrou com um processo contra uma instituição pública, deve saber que esse tipo de procedimento pode ser bem demorado e o pagamento pode demorar anos.

Se você tem um pouco de familiaridade com investimentos já está acostumado com essa história. Um princípio muito conhecido entre investidores é que, normalmente, quanto maior o prazo de uma aplicação, maiores são os lucros que ela pode proporcionar – afinal, tempo é dinheiro.

Mas nem todo mundo tem paciência para esperar anos pela conclusão de um processo. Por sorte, quem tem dinheiro a receber do governo pode recorrer a alternativas para encurtar essa espera.

A lógica é simples: essas pessoas ou empresas vendem seus títulos de dívida para instituições financeiras.

Ou seja, trata-se de uma troca: o portador original do título de dívida recebe seu dinheiro na hora, e a instituição fica encarregada de receber o dinheiro do governo, na data correta.

E aí é que está o pulo do gato: tendo esses títulos de dívida em mãos, as corretoras os repassam a seus clientes, em forma de investimento.

Todo mundo sai ganhando: quem tem dinheiro a receber do governo consegue acessar esse dinheiro mais rápido, e quem gosta de investir em títulos com risco de crédito baixo, semelhante ao do Tesouro Direto, tem mais uma opção para buscar rendimentos verdadeiramente impressionantes.

Isso mesmo, esses títulos são “o pacote completo”: risco de crédito baixo, porque se trata de um título público (no caso de títulos de dívida a serem pagos pelo Governo Federal, estamos falando do menor risco de crédito do país) e rentabilidade muito alta.

Sem contar que esses títulos geralmente são isentos de Imposto de Renda. Essa história fica cada vez melhor, não?

Ou seja, essa é uma forma de multiplicar seu dinheiro com risco de crédito equiparável ao Tesouro Direto e ter a chance de lucrar grande sabendo que seu pagamento vai ser realizado pelas instituições mais sólidas do país.

Afinal de contas, o pagamento está definido pela Constituição.

Não é à toa que esses investimentos estão sendo chamados de “Super” Títulos Públicos.

E é por causa disso que é possível “driblar” a sinalização de queda de juros de Campos Neto investindo nesses títulos.

Explico: independentemente de quanto a taxa de juros cair, esses títulos devem render o dobro ou até mais.

Isso porque o rendimento estimado desses títulos de dívida ultrapassam e muito o CDI, uma taxa que segue de perto a Selic. 

Diversos títulos públicos que ficam disponíveis para pessoas físicas (veja como acessá-los aqui) rendem 200% do CDI. Com os juros no patamar atual, isso é o equivalente a mais de 27% ao ano – ou seja, o dobro do Tesouro Selic.

Impressionante, não acha? Mas é possível ir além: alguns desses super títulos já chegaram a pagar 384% do CDI em apenas 5 meses. 

A depender de quanto você tiver para investir (e é sempre bom lembrar que é recomendado começar aos poucos, com valores que não vão fazer falta), é possível receber centenas de reais todos os meses.

Graças a essa oportunidade possibilitada por um artigo da Constituição, algumas pessoas receberam R$ 1.998 em questão de meses.

CLIQUE AQUI E SAIBA COMO TER ACESSO A TÍTULOS QUE PODEM RENDER ATÉ R$ 1.998 EM 5 MESES

Corretora abre lista preferencial para super títulos públicos que podem render até 384% do CDI

Como eu já comentei, por muito tempo esses títulos ficaram “escondidos” das pessoas comuns. 

Até mesmo hoje em dia ainda pode ser difícil de encontrar essas oportunidades, se você não souber onde procurar.

E mesmo tendo acesso a esses títulos, ainda pode ser complicado conseguir investir, porque eles sempre tem estoque limitado, que costuma se esgotar em poucas horas.

Afinal de contas, deu para ver que oportunidades como essa são raras no mercado financeiro, certo? 

Títulos rendendo muito acima do CDI, com pagamento estipulado pela Constituição e Imposto de Renda isento… imagina deixar passar uma oportunidade dessas?

A Empiricus Investimentos, corretora que oferece esses títulos com exclusividade, está montando uma lista preferencial de interessados nesses super títulos públicos.

Se inscrevendo na lista, você garante que será avisado pelo WhatsApp toda vez que um novo lote desses títulos ficar disponível.

Assim, você não corre o risco de perder a chance de lucrar até 384% do CDI com pouco esforço e risco de crédito semelhante ao do Tesouro Direto.

Para fazer parte da lista preferencial, é só clicar no link abaixo e preencher seus dados. É gratuito, não demora nem 5 minutos, e pode ser a “virada de chave” da sua vida financeira. Se eu fosse você, não ficaria de fora.

QUERO FAZER PARTE DA LISTA PREFERENCIAL DOS ‘SUPER TÍTULOS PÚBLICOS’

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Não para de subir: mercado eleva projeção da inflação (de novo); veja como ‘se blindar’ com títulos de renda fixa que pagam até IPCA +7,1%

17 de junho de 2024 - 14:00

Boletim Focus desta segunda (17) subiu a expectativa do IPCA em 2024 para 3,96% (ante 3,90%)

Conteúdo Empiricus

‘Compre ao som dos canhões’: Itaú (ITUB4), Equatorial (EQTL3) e mais 8 ações em ‘promoção’ na bolsa brasileira, segundo a Empiricus

17 de junho de 2024 - 9:56

Início de ano ruim do Ibovespa deixou algumas ações em preços de entrada extremamente atrativos, afirma analista; veja a seleção feita pela Empiricus Research

Conteúdo Empiricus

Ouvi um amém? Mudança do cálculo do FGTS beneficia essa construtora de baixa renda; veja recomendação

16 de junho de 2024 - 16:00

Para analista, decisão pode destravar os papéis dessa que é ‘a melhor construtora do segmento de baixa renda’

Conteúdo Empiricus

Criptomoeda mais barata que bilhete da Mega-Sena e da Lotofácil pode disparar, ajudando a fazer R$ 5.000 virar até R$ 2 milhões

16 de junho de 2024 - 14:00

Ela faz parte de uma lista com potencial de multiplicação de 400x nos próximos meses e as chances de uma valorização extrema são bem maiores que as da loteria

Conteúdo Empiricus

Ibovespa é ‘máquina de destruição de patrimônio’, diz empresário; retorno da bolsa brasileira foi 18x menor que do S&P 500 em 14 anos

16 de junho de 2024 - 10:00

Para Caio Mesquita, CEO de uma das maiores casas de análise do país, ‘é inconcebível ter 0% de investimento no exterior’

Conteúdo Empiricus

Analista CNPI dá passo ousado e lança ferramenta que pode gerar média de R$ 3 mil por dia na bolsa: ‘até uma criança consegue usar’

16 de junho de 2024 - 8:00

Criado pelo analista Paulo Wesley, o Indicador X é uma ferramenta disruptiva de análise de mercado; entenda como funciona

Conteúdo Empiricus

Mesmo com o Ibovespa abaixo dos 120 mil pontos e a debandada dos gringos, ‘a bolsa brasileira ainda merece uma chance’, diz analista

15 de junho de 2024 - 16:00

Segundo analista, o preço das ações é um bom motivo para continuar apostando na Bolsa brasileira

Conteúdo Empiricus

Cosan (CSAN3): compra de participação na Vale (VALE3) foi um erro? Entenda por que as ações da holding derretem no 1º semestre

15 de junho de 2024 - 14:00

Selic alta, decisão “ruim” de entrar na Vale e até MP ajudaram a derrubar ações da Cosan, afirma CEO da Empiricus; queda é oportunidade de compra?

Conteúdo Empiricus

E agora, Lula? Real tem o 7º pior desempenho do mundo contra o dólar em 2024; veja alternativas para dolarizar seus investimentos

15 de junho de 2024 - 12:00

Juros altos nos Estados Unidos e perda de âncoras importantes no cenário doméstico contribuíram para o desempenho ruim do real frente ao dólar, afirma analista

Conteúdo Empiricus

R$ 8 bilhões da poupança em maio ‘esconde’ fuga de dinheiro da caderneta; veja título de renda fixa que pode render 80% mais

15 de junho de 2024 - 10:00

Investidores estão diminuindo o favoritismo pela poupança – analista recomenda títulos de renda fixa com maior potencial lucrativo; veja

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar