🔴 NOVA META: RENDA EXTRA DE ATÉ R$ 2 MIL POR DIA – SAIBA COMO

Isabelle Santos
Isabelle Santos
Comunicóloga formada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). É redatora do Money Times, Seu Dinheiro e Empiricus.
Conteúdo Empiricus

Com fim da paridade de preços, Petrobras (PETR4) dispara, mas ‘ainda há espaço para decepções’, aponta analista; conheça outras 10 ações para investir agora

Mercado esperava uma notícia pior sobre o fim da paridade internacional dos preços na Petrobras (PETR4).

Isabelle Santos
Isabelle Santos
16 de maio de 2023
11:16 - atualizado às 12:51
Lula e Petrobras
Imagem: Montagem Seu Dinheiro

O dia mal começou e nos mercados só se fala de um assunto: o fim da paridade internacional de preço na Petrobras (PETR4). A estatal divulgou a decisão na manhã desta terça-feira (16).  

Desde 2016, a companhia seguia as oscilações internacionais do preço do petróleo, modelo em que o governo não exercia interferências para tentar garantir preços menores. 

Segundo o comunicado, "os reajustes continuarão sendo feitos sem periodicidade definida, evitando o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio". 

A notícia veio dias após a companhia apresentar excelentes resultados no balanço do primeiro trimestre e de anunciar a distribuição de R$ 24,6 bilhões em dividendos, e diferentemente do que muitos investidores esperavam, ao longo do dia as ações da Petrobras (PETR4) dispararam acima dos 4%.

Por que a Petrobras (PETR4) está subindo?

De acordo com o comunicado, a nova política de preços da Petrobras terá como base duas referências: 

  1. O “custo alternativo do cliente” - que contempla as principais alternativas de suprimento; 
  2. “Valor marginal para a Petrobras” - baseado no custo de oportunidade para a estatal. 

Segundo o texto, essas mudanças dão mais “flexibilidade para [a Petrobras] praticar preços competitivos, se valendo de suas melhores condições de produção e logística e disputando mercado com outros atores que comercializam combustíveis no Brasil, como distribuidores e importadores".

De acordo com os analistas da Empiricus Research, a notícia do fim da paridade internacional não é boa, mas, ela não é tão ruim quanto os mercados esperavam.

O mercado é avesso às intervenções políticas e tem motivos para acreditar que pode ter consequências desastrosas. Vale lembrar que foram justamente intervenções na política de preços que levaram as finanças da Petrobras ao colapso e a uma dívida bilionária.

Contudo, a Petrobras deixou claro no comunicado que os preços internacionais não serão 100% esquecidos e também vai levar em conta os custos de produção nas refinarias.

Assim, os analistas acreditam que é pouco provável que a companhia vá vender combustível abaixo do custo de produção, como aconteceu durante o governo Dilma. O que representou um alívio para os investidores.

Ainda está viva na memória dos investidores o que aconteceu com a Petrobras durante o governo da então presidente Dilma Rousseff (PT). A estatal foi obrigada a abrir mão da sua receita para manter o preço dos combustíveis abaixo das cotações internacionais. 

'Ainda há espaço para decepções'

Entretanto, a companhia não divulgou qual será a fórmula utilizada para determinar o preço dos combustíveis e nem o peso de cada componente no cálculo.

Assim, o analista da Empiricus Research, Ruy Hungria, aponta que, embora os parâmetros para a nova política de preços já sejam conhecidos, "ainda há espaço para decepções". Ou seja, a mudança ainda traz incerteza para o case da companhia

Há algum tempo, o CEO da Empiricus Research, Felipe Miranda, defende a tese de que, com o atual governo, a companhia poderia sofrer muitas interferências políticas, e temas como a construção de uma nova refinaria e aumento no quadro de funcionários da Transpetro também tendem a ser pautas recorrentes. 

Assim, desde novembro de 2022, a Petrobras (PETR4) não faz mais parte da carteira recomendada por Felipe Miranda.  

A petroleira estatal também ficou de fora da edição de maio da carteira que reúne as 10 melhores ações do mês, recomendadas pela Empiricus Research

Em contrapartida, os analistas da casa selecionaram 10 ativos e alguns deles podem entregar uma valorização de mais de 45%

VEJA AS 10 MELHORES AÇÕES PARA INVESTIR EM MAIO

10 ações que podem entregar mais de 45% de lucro

Embora a Petrobras (PETR4) seja um dos nomes de maior peso da bolsa e tenha anunciado uma “bolada” em dividendos recentemente, com o fim da paridade internacional de preços, a companhia pode sofrer com intervenções estatais. Isso tende a impactar o desempenho de suas ações e os seus dividendos. 

Nesse sentido, os analistas da Empiricus Research selecionaram outras 10 ações recomendadas para investir em maio. 

São ativos de setores sólidos, resilientes, de empresas privadas com boas perspectivas de crescimento e que podem se valorizar no curto prazo. Em algumas ações, é possível buscar 20%, 25% e até 45% de lucro

GRATUITO: 10 AÇÕES PARA INVESTIR EM MAIO

Em geral, apenas assinantes da Empiricus Research têm acesso às carteiras recomendadas pelos analistas da casa. 

Mas a boa notícia é que hoje você pode conhecer algumas das ações que eles recomendam sem ser assinante e de graça

A Empiricus Investimentos está oferecendo como cortesia o acesso gratuito às 10 ações recomendadas para o mês de maio

Para conhecer é só clicar neste link e seguir as instruções. Pode ficar tranquilo, pois o acesso é gratuito mesmo e você não terá que pagar nada em nenhum momento. 

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

‘Tem saldo no FGTS? Não use para financiar imóvel’: especialista descobriu como é possível pagar até 3x menos na casa própria e sair do aluguel

23 de julho de 2024 - 16:00

Em live gratuita nesta quarta-feira (24/07), especialista irá revelar nova oportunidade para quem busca sair do aluguel, sem precisar de financiamento

Conteúdo Empiricus

Netflix (NFLX34) surpreende nos resultados do 2T24, mas analista diz que ainda é hora de ‘acompanhar essa novela de fora’; saiba o porquê

23 de julho de 2024 - 14:00

Apesar dos bons números, analista da Empiricus afirma que ações da empresa podem sofrer no curto prazo

Conteúdo Empiricus

Empiricus e Ogro de Wall Street se unem com o objetivo de ensinar qualquer brasileiro a buscar em média R$ 2 mil por dia na bolsa

23 de julho de 2024 - 8:00

Sistema criado por trader profissional com 22 anos de experiência pode ser operado a partir de aportes relativamente baixos

Conteúdo Empiricus

Reforma de Haddad pode deixar imóveis mais caros; veja como utilizar estratégia para ‘compensar’

22 de julho de 2024 - 16:00

Empresário brasileiro revela estratégia que pode fazer brasileiros multiplicarem patrimônio em até 6x com imóveis, mesmo se nova tributação for aprovada

Conteúdo Empiricus

‘Negócio para subir 60%’: esta ação do setor financeiro ‘pega na veia’ a volta do bom humor do mercado; entenda a tese

22 de julho de 2024 - 14:00

Além de pagar dividendos atrativos, a B3 pode se beneficiar do cenário mais favorável e até mesmo da criação da bolsa de valores do Rio de Janeiro; entenda

conteúdo empiricus

Obrigado, Biden? Democrata desiste da corrida presidencial dos EUA e amplia chances de buscar até R$ 1 milhão com criptomoedas

22 de julho de 2024 - 13:19

Para especialista em criptoativos, Donald Trump é o “presidente ideal” para o mercado de criptomoedas e desistência de Biden pode impulsionar a sua vitória; entenda

Conteúdo Empiricus

Lei pouco conhecida de 2008 ajudou brasileiro a acumular patrimônio de R$ 3 milhões em 2 anos; entenda

22 de julho de 2024 - 10:00

Empresário que já comprou mais de 20 imóveis usando lei de 2008 defende que você pode multiplicar seu patrimônio em até 6x

Conteúdo Empiricus

‘Teoria dos 3 Ms’, Robô Pegasus e inteligência artificial: os pilares do seu sucesso para operar na bolsa a partir de agora

22 de julho de 2024 - 8:00

Saiba como a ‘Teoria dos 3 Ms’ e o Robô Pegasus são essenciais para buscar média acima de R$ 500 por mês com trading (de forma consistente)

Conteúdo Empiricus

Sabesp (SBSP3): ‘privatização pode destravar muito valor’, mas grupo de analistas não recomenda investir na ação – entenda por quê

21 de julho de 2024 - 14:00

Privatização da Sabesp chama atenção do mercado e movimenta R$ 14,8 bilhões, mas ação SBSP3 ficou de fora de carteira de top 10 papéis da bolsa

Conteúdo Empiricus

‘Você pode estar sentado em uma fábrica de dinheiro’: como é possível transformar o valor do seu imóvel em dinheiro líquido na conta (sem vendê-lo)

21 de julho de 2024 - 12:00

‘Patrimônio Alavancado com Consórcio’ é uma parceria entre o empresário Decio Oliveira Jr. e o Grupo Empiricus para quem busca até sextuplicar o patrimônio investido

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar