🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Lucas Molina
Lucas Molina
Redator Jornalista de dos dois maiores portais econômicos do Brasil, Seu Dinheiro e Money Times, com mais de 3 anos de experiência e 200 textos escritos sobre finanças e mercado.
Conteúdo Empiricus

Bitcoin dispara, pode chegar a US$ 87.000 em 2023, mas é ‘fichinha’ perto disso: essas outras criptomoedas podem repetir altas como a que chegou a 161.000% no ciclo de alta passado

Altas de 200%, 100% e 80% em 30 dias podem indicar que um grupo seleto de criptomoedas pode ser o próximo a repetir os retornos expoeniciais do último ciclo de alta; veja a lista

Lucas Molina
Lucas Molina
2 de fevereiro de 2023
11:42
Bitcoin sendo engolido por altcoins
Nova lista de criptomoedas pode 'amassar o BTC' e formar novos milionários - Imagem: Shutterstock

O melhor investimento do mês de janeiro não foram as ações, renda fixa, imóveis ou ouro: o título ficou com o Bitcoin. Depois de um ano de forte correção, a criptomoeda mais famosa do mundo voltou com tudo em 2023. 

Só no mês de janeiro, ela conseguiu colocar uma valorização de quase 40% no bolso dos seus investidores, deixando para trás todos os demais investimentos tradicionais.

A alta pode ficar ainda maior daqui para frente: segundo projeções do mercado, o Bitcoin pode atingir o patamar de US$ 87 mil ainda em 2023. A alta porém é 'fichinha' perto do que pode acontecer com outras criptomoedas menores.

Embora a recente valorização do Bitcoin seja empolgante, não é ele a principal responsável pelo ânimo dos investidores de criptomoedas. Mas sim um fenômeno colateral que acontece junto com as altas do Bitcoin.

Bitcoin pode atingir US$ 87 mil dólares em 2023, mas o caminho mais rápido para poder ficar milionário são essas outras criptomoedas

Os analistas da Empiricus Research, principal referência em análise de criptomoedas do Brasil, recentemente soltaram um relatório nomeado ‘Plano Milionário com Cripto - como e em que investir para encurtar seu caminho rumo ao milhão’ explicando essa lógica:

Fonte: Empiricus Research

No relatório, os analistas comemoram a alta do Bitcoin e afirmam que ela pode estar apenas no começo.

Mas fazem uma espécie de alerta para os seus leitores que desejam ficar milionários, ou ainda conquistar um patrimônio relevante, investindo pouco dinheiro em criptomoedas.

Eles afirmam que o caminho mais rápido para chegar lá não é investindo apenas em Bitcoin, mas indo além e investindo em outros projetos menores, que custam centavos em alguns casos, mas que podem chegar a valer milhares de reais e seguir uma trajetória similar ao que Bitcoin seguiu em um futuro breve.

No relatório, os leitores têm acesso a uma carteira construída do zero que possui 16 ativos que na avaliação deles têm potencial para deixar qualquer brasileiro ou brasileira milionária investindo pouco dinheiro.

E essa não é a primeira vez que os especialistas da casa de análise fazem algo do gênero. Em 2021, eles também construíram uma carteira com o mesmo objetivo e o resultado foi mais do que satisfatório.

Afinal, na época eles recomendaram o criptoativo AXS, que custava 50 centavos de dólar, mas valorizou 31.900% em apenas 10 meses, transformando cada R$ 4.000 investidos em mais de 1 milhão.

Muita gente ficou de fora dessa indicação e, por isso, eles decidiram repetir a dose e criar uma nova carteira que na avaliação deles podem ir ainda mais além do que foi no passado:

VEJA A LISTA DE CRIPTOMOEDAS QUE PODEM POSSUIR AS ‘NOVAS AXS’

O que você prefere: R$ 4 mil ou R$ 1 milhão na sua conta?

A carteira foi criada no dia 28 de dezembro de 2022 para aproveitar o ciclo de alta que, na visão do mercado, iria ser iniciado em 2023.

Afinal, o mercado de criptomoedas possui ciclos de alta que duram, historicamente, 3 anos, para depois serem interrompidos por uma correção.

O primeiro grande ciclo de alta do Bitcoin começou em 2011 e foi encerrado em 2014. Nesse período, o Bitcoin passou por uma valorização de 1.317% no primeiro ano, 218% no segundo ano e 5.428% no terceiro ano.

Ou seja: quem investiu R$ 1.000 em Bitcoin nesse ciclo de alta conquistou R$ 2.130.000 no final dele.

Em 2014 o Bitcoin passou por uma correção de 58% e em 2015 engatou uma nova alta que duraria até 2018.

As altas desse período no Bitcoin, naturalmente, foram menos intensas, afinal, a principal criptomoeda do planeta já havia crescido bastante e se tornado relativamente grande.

Foram 36% em 2015, 120% em 2016 e 1.375% em 2017. Quem investiu em Bitcoin nesse ciclo de alta saiu no final dele com 43 vezes mais dinheiro no bolso.

Depois, uma queda vertiginosa aconteceu em 2018, mas um novo ciclo de alta ocorreu entre 2019 e 2021.

As altas foram de 95%, 305% e 83%. Agora, vamos comparar as altas do Bitcoin com as das chamadas ‘altcoins’ do mercado - que nada mais são do que todas as criptomoedas diferentes do Bitcoin.

Agora, veja na tabela abaixo o que aconteceu apenas no ciclo de alta de 2019 com criptomoedas criptomoedas menores do que o Bitcoin:

Enquanto o Bitcoin subiu 4.000% ,a líder do ranking valorizou 1.043.773%. Isso mesmo, você não leu errado, quem investiu na cripto na ocasião pode multiplicar o dinheiro por 10 mil vezes e transformar cada:

  • 10 reais investidos em R$ 100.000 
  • 50 reais em R$ 500.000
  • 100 reais em 1 milhão;
  • 500 reais em 5 milhões.

Já quem investiu 100 reais em BTC obteve um retorno de ‘apenas’ 4 mil reais. Consegue perceber a diferença de retornos? O que você prefere: 4 mil ou 1 milhão?

Se deixarmos Verge de lado, pois foi um retorno muito acima da média, e pegarmos a segunda ou ainda a terceira do ranking, a diferença continua colossal. 

  • A segunda colocada valorizou 161.000%
  • A terciera 97.771%
  • A última 20.175%

É claro que esses retornos são excepcionais, capturados em ciclos de alta, principalmente por aqueles que conseguem surfá-lo por inteiro.

E é justamente por isso que a equipe de criptomoedas está animada. Acabamos de iniciar um ciclo de alta e TODAS as criptomoedas selecionadas para buscar um milhão já estão subindo muito. 

QUERO CONHECER AS CRIPTOMOEDAS QUE PODEM SER AS PRÓXIMAS A SALTAREM ATÉ 161.000%

Quando o Bitcoin sobe, essas criptomoedas sobem até 20 vezes mais

Veja um retrato das rentabilidades das criptomoedas selecionadas pelos especialistas da casa de análise:

Fonte: Coinmarketcap / Período: 01/01/2023 até 18/01/2023

Enquanto o Bitcoin sobe 40%, as criptomoedas do analista sobem 202%, 140%, 101% e por aí vai.

E a carteira foi pensada para ser assim, pois os analistas selecionaram a dedo as criptomoedas do portfólio para que elas apresentassem retornos médios 20 vezes maiores que o do BTC.

Isso foi comprovado em um backtest feito pela equipe. A carteira ‘do milhão’ possui uma rentabilidade 20 vezes superior à do Bitcoin em ciclos de alta.

Ou seja, se o Bitcoin subir 100% (dobrar) a tendência é que essa carteira suba 20 vezes. Se ele multiplicar por 10, a tendência é que essa carteira suba 200 vezes.

E isso é apenas a média. É provável que dentro do portfólio completo tenham criptomoedas que despontem dessa média, como AXS, que subiu 39.900% e multiplicou por 390, assim haverá desvalorização para algumas.

Mas isso pouco importa: o importante é ter ao menos 1 projeto que consiga pagar a conta de todas as possíveis perdas.

No caso de AXS por exemplo, caso você tivesse investido R$ 1.000 nas 14 criptomoedas e todas elas, menos AXS, tivessem ido a zero, você ainda ganharia um baita dinheiro.

Já que esses R$ 1.000 se tornariam R$ 390 mil. Tirando os R$ 13 mil perdidos, você ainda teria um lucro de 373 mil reais.

Lembrando que essa é a pior hipótese - e nela não se materializou. Outras criptomoedas, além de AXS, também explodiram, evidentemente numa escala inferior, mas ainda sim multiplicaram o dinheiro dos investidores por 10, 20 e até 30 vezes.

Agora, o mesmo começou a acontecer com a nova carteira do analista, mas esse é apenas o início do ciclo de alta. Na avaliação dos analistas, o movimento ainda está tímido.

Afinal, o que se vê quando o ciclo de alta se intensifica são criptomoedas subirem até 6.000% em apenas um semestre:

Fonte: Estadão 

Sim, são casos extraordinários que dificilmente se repetirão. Mas eles aconteceram, especialmente para aqueles que estavam posicionados nos ativos certos antes do movimento ser iniciado (ou ainda no início).

Veja o que aconteceu com quem investiu nas criptomoedas indicadas no relatório de Vinicius Bazan. Uma delas já triplicou o dinheiro enquanto outras já dobraram e colocaram um bom dinheiro no bolso de quem investiu nelas.

ESSAS CRIPTOMOEDAS PODEM TE DEIXAR MILIONÁRIO COMEÇANDO JÁ EM 2023

Você está diante da melhor oportunidade para ficar milionário dos últimos 3 anos 

E se você não foi um dos que triplicou o dinheiro em 30 dias, mas quer ter a chance de, quem sabe, terminar o ano com 1 milhão na conta é fácil: basta clicar aqui e saber tudo sobre a nova carteira do analista.

Como eu disse, são 16 ativos selecionados a dedo para obterem 20 vezes mais retorno na média do que o Bitcoin.

O objetivo final vai ser ficar milionário com pouco dinheiro até o final desse ciclo, igual aconteceu em 2021 com a carteira dos especialistas. Para ver o portfólio basta clicar aqui.

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Dólar acima dos R$ 5,20: disparada da moeda americana é um alerta para o investidor proteger o patrimônio; veja a melhor maneira 

18 de abril de 2024 - 14:00

Segundo analista, todo investidor deveria ter um pouco de dólar na carteira como forma de proteção – aprenda como investir na moeda em curso gratuito

Conteúdo Empiricus

Esse software pode colocar até R$ 538 por dia na sua conta mesmo ‘falhando’; entenda

18 de abril de 2024 - 11:59

Ferramenta desenvolvida pelo especialista em investimentos Leo Nonato utiliza a estatística para buscar lucros

Conteúdo Empiricus

Com escalada da inteligência artificial, gigantes da tecnologia ‘tomam’ lugar do Ibovespa nas carteiras; veja um BDR para comprar agora

18 de abril de 2024 - 10:00

Empiricus atualiza carteira de ações internacionais recomendadas e inclui papel que negocia a preços atrativos

Conteúdo Empiricus

Negócio de R$ 1,75 bilhão atrai ainda mais valor para FII que já devia estar na sua carteira, segundo analista; veja qual

18 de abril de 2024 - 9:00

Fundo imobiliário (FII) recomendado pela Empiricus alcançará ABL superior a 1 milhão de metros quadrados, após novas aquisições

Conteúdo Empiricus

Uma varejista que pode dobrar na bolsa, ações do Facebook e fundo imobiliário com retorno de até 24%; entenda a relação

18 de abril de 2024 - 8:00

Veja como ter acesso a estas e mais de 100 recomendações de investimento da maior casa de análise independente do país de graça

Conteúdo Empiricus

Fundo imobiliário de tijolo exposto ao varejo pode gerar retorno de até 13%; veja a recomendação

17 de abril de 2024 - 14:00

Com mais de 57 imóveis, o fundo imobiliário pode se beneficiar de empreendimentos em processo de alienação, segundo análise da Empiricus

Conteúdo Empiricus

Nem só de tecnologia e luxo vivem os bilionários: agronegócio é responsável por parte de suas fortunas

17 de abril de 2024 - 10:00

Produção de bebidas, terras agrícolas e cultivo de proteínas figuram entre investimentos de Bernard Arnault, Elon Musk e Jeff Bezos; confira como você também pode obter lucros no setor

Conteúdo Empiricus

A ‘compra do mês’ dos americanos agora inclui barras de ouro; especialista indica o passo a passo para o brasileiro que deseja investir na commodity

17 de abril de 2024 - 9:00

Entenda o porquê dessa ‘febre do ouro’ e se faz sentido proteger seu patrimônio agora com esse ativo

Conteúdo Empiricus

Ferramenta de trade que entregou 3x mais lucro que o Bitcoin é lançada ao público; veja como acessar

16 de abril de 2024 - 16:00

Eduardo Garufi entregou 285% de lucro em 6 meses, 3x mais que o Bitcoin; agora você pode ‘copiar e colar’ essa estratégia

Conteúdo Empiricus

Qual o melhor caminho para viver de renda? Conheça um plano para buscar até 11 fontes de renda passiva

16 de abril de 2024 - 14:00

Projeto Renda tem como meta ensinar o passo a passo para poder ter dinheiro ‘pingando’ na conta todo mês; pré-inscrição é gratuita

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar