🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Isabelle Santos
Isabelle Santos
Comunicóloga formada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). É redatora do Money Times, Seu Dinheiro e Empiricus.
Conteúdo Empiricus

Ação da Netflix (NFLX34) sobe mais de 6% na Nasdaq com resultado positivo, mas a Empiricus Research recomenda ficar de fora; entenda

Mesmo com alta de mais de 6% após o resultado do 4T22, a Netflix (NFLX34) não é a preferida dos analistas; veja 5 ações melhores para buscar lucro no exterior

Isabelle Santos
Isabelle Santos
24 de janeiro de 2023
8:00 - atualizado às 12:05
Netflix
Netflix - Imagem: Divulgação/Netflix

A Netflix (NFLX34) divulgou, na noite de quinta-feira (19), os resultados do 4º trimestre em linha com as expectativas do mercado. Ao todo, a companhia registrou receita de U$$ 7,85 bilhões e geração de caixa livre positiva, de US$ 322 milhões.

E a adição de 7,6 milhões de novos usuários no período parece ter animado o mercado. Com isso, os papéis da companhia chegaram a subir 6,68% no primeiro pregão após o balanço, em Nova York. 

Depois de uma série de resultados ruins, este é o segundo trimestre consecutivo que a Netflix tem balanço positivo.

Agora, alguns investidores podem estar se perguntando se este não seria um sinal para voltar a incluir a ação na carteira. 

Porém, na opinião dos analistas da Empiricus Research, existem alguns fatores que pesam contra o ativo, como por exemplo, um valuation caro e baixo crescimento de receita. 

Em um relatório recente para os assinantes das carteiras da casa, eles disseram que preferem ficar de fora nos preços atuais.

Por isso, eles acreditam que não é hora de investir na Netflix (NFLX34). Tanto que o ativo não está em nenhuma carteira recomendada da casa. 

A seguir, te explico melhor porque os analistas preferem ficar de fora das ações da Netflix e, no lugar, recomendam outras 5 ações para quem quer buscar lucro em dólar

De 'unicórnio' a 'patinho feio’: como a Netflix chegou até aqui?

No auge da pandemia, os serviços de tecnologia ganharam mais espaço na vida das pessoas. Para manter atividades comuns do dia a dia como por exemplo, trabalhar, ir ao supermercado, fazer exercícios físicos e lazer, foi necessário adiantar tendências tecnológicas que só estavam previstas para se concretizarem daqui a alguns anos. 

Como boa parte das atividades passou a demandar o auxílio da tecnologia, as ações de empresas ligadas a este setor experimentaram um “boom” de crescimento. 

O índice da Nasdaq, que reúne as 100 maiores empresas de tecnologia do mundo, teve uma valorização de 57,30% entre o primeiro trimestre de 2020 e o 1T22. E a Netflix (NFLX34) foi uma das empresas que ''surfou" nessa onda de crescimento.

Com a recomendação de ficar em casa, assistir séries e filmes se tornou uma das principais formas de lazer. Assim, a plataforma de streaming viu as suas ações valorizarem absurdamente. 

No período mais crítico da pandemia, entre o 1º trimestre de 2020 e o 1º trimestre de 2021, as ações da Netflix tiveram um salto de 124,39%.  Nesse cenário, favorável para as empresas de tecnologia, a gigante do streaming foi considerada um “unicórnio”. 

O termo foi adotado pelo mercado financeiro para denominar startups e empresas novas, ainda em desenvolvimento, mas que já alcançaram valor de mercado superior a US$ 1 bilhão. 

Entretanto, o cenário mudou. Com a diminuição de casos de covid-19 e a retomada das atividades presenciais, o streaming e outros serviços de tecnologia passaram a ocupar um espaço menor no dia a dia de muitas pessoas. 

Também aconteceram mudanças no ambiente econômico. Com a desaceleração da pandemia e reabertura de espaços físicos, muitos países, inclusive as grandes potências, tiveram de lidar com a elevação de preços, o que os colocou em um ciclo de escalada das taxas de juros

O cenário econômico não é o único obstáculo

Em um cenário de juros altos e inflação, é normal que investidores abandonem ações de empresas com valor projetado no futuro, e prefiram ações de companhias mais consolidadas.

Mas este não é o único problema da Netflix no momento…

Hoje a empresa é considerada por muitos especialistas um “patinho feio”. Para os analistas da Empiricus Research, a companhia precisa transformar seu resultado operacional em geração de caixa livre. Até o momento, a Netflix ainda não conseguiu desvincular seu crescimento dos investimentos necessários para a produção de novos conteúdos.

Em 2022, mesmo tendo alcançado uma receita de US$ 32 bilhões, apenas US$ 1,6 bi se transformaram em geração de caixa livre. 

Nesse sentido, uma das estratégias adotadas pela companhia foi de incluir pacotes de anúncios em 12 países diferentes no último trimestres. 

Entretanto, a performance das ofertas de anúncios dentro da plataforma ainda é uma incógnita. A companhia não trouxe detalhes no balanço do 4T22. 

4T22 melhor, mas a ação está cara

Atualmente, a Netflix negocia a 46 vezes o seu fluxo de caixa dos próximos 12 meses. Para os analistas da Empiricus Research, trata-se de um valuation excessivamente caro, especialmente diante de um cenário em que a companhia tem tido dificuldade de aumentar a sua geração de caixa livre.

Mesmo sabendo que o mercado precifica a capacidade futura de resultados das companhias, um múltiplo 46x o fluxo de caixa dos próximos 12 meses, com crescimento de receitas em um dígito baixo, não nos parece nada atrativo”, explicam.

Por isso, eles não recomendam a compra de ações da plataforma de streaming. Porém, apontam que há outras ações interessantes para quem deseja investir no exterior. 

5 AÇÕES INTERNACIONAIS MELHORES QUE NETFLIX (NFLX34) 

5 ações para buscar lucro em dólar

Embora o mercado internacional esteja passando por um momento de inflação e juros altos, ainda existem boas oportunidades para buscar lucro com ativos de renda variável. 

Para os analistas da Empiricus Research, o momento pede ativos de empresas consolidadas na bolsa e resilientes a períodos de incertezas, como o que estamos vivendo agora. 

Neste sentido, eles acreditam que 5 ações de empresas internacionais têm esse perfil e podem ser boas apostas para quem deseja expor parte da carteira ao mercado internacional. 

Entre as ações globais selecionadas, estão: 

  • Uma empresa de semicondutores que pode crescer 30% nos próximos 2 anos;
  • Ação de um conglomerado de empresas que faturou US$ 254 milhões no ano passado;
  • Uma petroleira americana que está barata e pode pagar dividendos em dólar de 3,37% em 2023; 
  • Uma ação do setor alimentício que cresceu cerca de 7,9% ao ano nos últimos 5 anos; 
  • Ação do setor de turismo que pode aumentar o seu marketshare nos próximos anos.

Aliás, é legal você saber que dá para comprar essas ações na bolsa brasileira, como BDRs. Eles funcionam como certificados de depósitos emitidos e negociados no Brasil, que representam ações de empresas gringas na bolsa brasileira. 

Com eles, você pode comprar ações internacionais na B3, em reais e com a mesma facilidade de quem investe em Vale ou Petrobras. 

5 AÇÕES GLOBAIS MELHORES QUE NETFLIX (NFLX34) 

Todas essas ações foram recomendadas em um relatório exclusivo para assinantes da Empiricus Research. Mas você pode conhecer o nome desses ativos sem ter assinatura e de graça

Isso porque a Empiricus Investimentos está oferecendo como cortesia o acesso a esse relatório para qualquer pessoa interessada. Basta clicar neste link e seguir as instruções.

Conheça outras 20 ideias de investimento para 2023

Além das ações internacionais, os analistas selecionaram outras 20 recomendações, divididas em 4 classes de ativos diferentes, para investir em 2023.

Eles elegeram os 5 melhores ativos de cada classe e revelaram neste mesmo relatório, que você pode acessar gratuitamente como cortesia da Empiricus Investimentos.

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Dólar acima dos R$ 5,20: disparada da moeda americana é um alerta para o investidor proteger o patrimônio; veja a melhor maneira 

18 de abril de 2024 - 14:00

Segundo analista, todo investidor deveria ter um pouco de dólar na carteira como forma de proteção – aprenda como investir na moeda em curso gratuito

Conteúdo Empiricus

Esse software pode colocar até R$ 538 por dia na sua conta mesmo ‘falhando’; entenda

18 de abril de 2024 - 11:59

Ferramenta desenvolvida pelo especialista em investimentos Leo Nonato utiliza a estatística para buscar lucros

Conteúdo Empiricus

Com escalada da inteligência artificial, gigantes da tecnologia ‘tomam’ lugar do Ibovespa nas carteiras; veja um BDR para comprar agora

18 de abril de 2024 - 10:00

Empiricus atualiza carteira de ações internacionais recomendadas e inclui papel que negocia a preços atrativos

Conteúdo Empiricus

Negócio de R$ 1,75 bilhão atrai ainda mais valor para FII que já devia estar na sua carteira, segundo analista; veja qual

18 de abril de 2024 - 9:00

Fundo imobiliário (FII) recomendado pela Empiricus alcançará ABL superior a 1 milhão de metros quadrados, após novas aquisições

Conteúdo Empiricus

Uma varejista que pode dobrar na bolsa, ações do Facebook e fundo imobiliário com retorno de até 24%; entenda a relação

18 de abril de 2024 - 8:00

Veja como ter acesso a estas e mais de 100 recomendações de investimento da maior casa de análise independente do país de graça

Conteúdo Empiricus

Fundo imobiliário de tijolo exposto ao varejo pode gerar retorno de até 13%; veja a recomendação

17 de abril de 2024 - 14:00

Com mais de 57 imóveis, o fundo imobiliário pode se beneficiar de empreendimentos em processo de alienação, segundo análise da Empiricus

Conteúdo Empiricus

Nem só de tecnologia e luxo vivem os bilionários: agronegócio é responsável por parte de suas fortunas

17 de abril de 2024 - 10:00

Produção de bebidas, terras agrícolas e cultivo de proteínas figuram entre investimentos de Bernard Arnault, Elon Musk e Jeff Bezos; confira como você também pode obter lucros no setor

Conteúdo Empiricus

A ‘compra do mês’ dos americanos agora inclui barras de ouro; especialista indica o passo a passo para o brasileiro que deseja investir na commodity

17 de abril de 2024 - 9:00

Entenda o porquê dessa ‘febre do ouro’ e se faz sentido proteger seu patrimônio agora com esse ativo

Conteúdo Empiricus

Ferramenta de trade que entregou 3x mais lucro que o Bitcoin é lançada ao público; veja como acessar

16 de abril de 2024 - 16:00

Eduardo Garufi entregou 285% de lucro em 6 meses, 3x mais que o Bitcoin; agora você pode ‘copiar e colar’ essa estratégia

Conteúdo Empiricus

Qual o melhor caminho para viver de renda? Conheça um plano para buscar até 11 fontes de renda passiva

16 de abril de 2024 - 14:00

Projeto Renda tem como meta ensinar o passo a passo para poder ter dinheiro ‘pingando’ na conta todo mês; pré-inscrição é gratuita

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar