🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Chega de esperar

Adeus, Oi (OIBR3)! Se você ainda tem ações da operadora, é melhor vender, diz Santander

Além de recomendar venda das ações da Oi (OIBR3), o Santander cortou o preço-alvo para míseros 15 centavos

Flavia Alemi
Flavia Alemi
4 de janeiro de 2023
19:25 - atualizado às 19:26
grupamento-de-acoes-da-oi-o-que-vai-acontecer-com-a-oibr3

A ação da Oi (OIBR3) é um daqueles papéis que alguns investidores gostam de manter na carteira, na esperança de que um dia retomará as glórias do passado. Mas, para os analistas do Santander, chegou a hora de dar adeus.

No relatório mais recente sobre o setor de telecomunicações, o Santander revisou a recomendação para a Oi de “Manutenção” para “Abaixo de Mercado”, o que corresponde a venda.

O Santander também reduziu o preço-alvo dos papéis para o final deste ano para míseros 15 centavos, apenas um centavo a menos do valor de fechamento desta quarta-feira (4).

Leia mais sobre a Oi:

"A redução em nosso preço-alvo é explicada principalmente pelo consumo de caixa acima do esperado nos nove primeiros meses de 2022 e menores estimativas operacionais de curto a médio prazo", justificaram os analistas do Santander.

E os desafios operacionais que a Oi deve enfrentar nos próximos anos devem manter a queima de caixa elevada.

Mas o Santander considerou, também, a existência de "riscos de alta". Um deles seria a possibilidade da Oi obter um resultado favorável no processo de arbitragem com a Anatel, o que pode gerar créditos tributários.

O outro risco de alta seria uma reavaliação da V.tal, empresa criada depois da separação dos ativos de fibra ótica da Oi - a operadora ainda detém uma participação acionária de 34% na V.tal.

TIM é a melhor escolha

Para o Santander, a TIM (TIMS3) é a melhor escolha dentre as empresas de telecomunicações brasileiras. O preço-alvo de R$ 18 representa um potencial de alta de 51% da ação, que hoje fechou a R$ 11,90.

A expectativa do Santander é de que a TIM se beneficie de uma dinâmica de preços favorável no segmento móvel, o que deve impulsionar um crescimento orgânico robusto.

Vale notar que a TIM informou nesta quarta-feira que alcançou a marca de cobertura em 100% dos municípios brasileiros, chegando a 5,570 cidades. A compra de parte dos ativos da Oi colaborou com a expansão, levando a companhia a mais 264 cidades.

E a Vivo?

A recomendação para as ações da Telefônica Brasil (VIVT3) continua de compra, mas o Santander cortou o preço-alvo de R$ 57 para R$ 55. Se comparado com o fechamento de hoje (R$ 36,44), o preço-alvo dá um potencial de valorização de 51%.

Segundo os analistas, as ações da Telefônica Brasil (Vivo) tiveram um desempenho significativamente inferior ao Ibovespa em 2022. Isso foi motivado principalmente pelas crescentes preocupações com os resultados financeiros e seu potencial impacto na capacidade da empresa de distribuir dividendos.

Mas, na visão do Santander, a queda criou um bom ponto de entrada para a ação. Porém, ainda faltariam catalisadores para estimular os papéis no curtíssimo prazo.

Compartilhe

DE OLHO NAS REDES

Petrobras (PETR4): e se a melhor e pior notícia que a empresa poderia dar vierem juntas, o que seria das ações? 

18 de abril de 2024 - 13:30

De uns tempos para cá, a Petrobras vem testando os nervos dos investidores. Há alguns dias, rumores de que os saudosos dividendos extraordinários que foram retidos pela companhia finalmente poderiam sair, o que animou o mercado — e fez as ações saltarem.  Mas logo veio um potencial balde de água fria: Aloizio Mercadante poderia assumir […]

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Nova York e Petrobras (PETR4) contaminam Ibovespa, que fecha próximo da estabilidade; dólar tem leve alta a R$ 5,25

18 de abril de 2024 - 6:35

RESUMO DO DIA: Para acertar o alvo, às vezes é preciso mais de uma flecha, ainda que a mira esteja no ponto certo. Mesmo com as incertezas sobre os juros e a questão fiscal no ar, o Ibovespa conseguiu terminar o dia em tom positivo. O principal índice da bolsa brasileira ficou próximo da estabilidade […]

AÇÕES NO SHAPE

Smart Fit (SMFT3) vai virar “monstro”? Banco recomenda compra das ações e vê espaço para rede de academias dobrar de tamanho

17 de abril de 2024 - 15:25

Os analistas do JP Morgan calcularam um preço-alvo de R$ 31 para os papéis da Smart Fit (SMFT3), o que representa um potencial de alta da ordem de 30%

DESTAQUES DA BOLSA

Ozempic que se cuide! Empresa de biotecnologia faz parceria para distribuir caneta do emagrecimento no Brasil e ações disparam quase 40% 

17 de abril de 2024 - 14:03

Com o anúncio, a Biomm conquistou R$ 1,2 bilhão em valor de mercado na B3; a comercialização do similar do Ozempic deve ainda passar pelo crivo da Anvisa

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Vale (VALE3) não é suficiente e Ibovespa fecha em queda na esteira de Nova York; dólar cai a R$ 5,24

17 de abril de 2024 - 6:49

RESUMO DO DIA: O Ibovespa até tentou interromper o ciclo de quedas com o forte avanço do minério de ferro e a prévia do PIB, mas o tom negativo de Nova York falou mais alto e arrastou o principal índice da bolsa brasileira. Com isso, o Ibovespa terminou o pregão em baixa de 0,17%, aos […]

REPORTAGEM ESPECIAL

O fracasso das empresas “sem dono” na B3. Por que o modelo das corporations vai mal na bolsa brasileira

16 de abril de 2024 - 15:54

São vários exemplos e de inúmeros setores de companhias sem uma estrutura de controle que passaram por graves problemas ou simplesmente fracassaram

MAIS 11 ATIVOS PARA A CONTA

Fundo imobiliário BTLG11 fecha acordo de quase R$ 2 bilhões por portfólio de imóveis em SP

16 de abril de 2024 - 11:36

O FII deve adquirir 11 ativos, com cerca de 550 mil metros quadrados prontos e performados

SÉRIE A DA B3

Auren (AURE3) fica de fora da segunda prévia do Ibovespa, que agora conta com a entrada de apenas uma ação

16 de abril de 2024 - 10:32

Se a previsão se confirmar, a carteira do Ibovespa contará com 87 ações de 84 empresas a partir de maio

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa cai pela quinta vez seguida pressionado por juros nos EUA e questão fiscal; dólar fecha no maior nível em 13 meses, a R$ 5,26

16 de abril de 2024 - 6:33

RESUMO DO DIA: A perspectiva de juros elevados por mais tempo nos Estados Unidos ganhou força mais uma vez e, combinada com a preocupação com o cenário fiscal doméstico, gerou mais lenha para a bolsa brasileira aumentar as cinzas. Pela quinta vez consecutiva, o Ibovespa terminou o dia no vermelho, com queda de 0,75%, aos […]

MERCADOS HOJE

Bolsas hoje: Ibovespa recua com pressão de bancos e Wall Street no vermelho; dólar sobe a R$ 5,18

15 de abril de 2024 - 6:43

RESUMO DO DIA: O Ibovespa terminou a sessão desta segunda-feira (15) no vermelho, pressionado pelo desempenho dos bancos, que recuaram em meio à crescente aversão ao risco no mercado hoje. O principal índice de ações da B3 fechou o pregão em baixa de 0,49%, aos 125.333 pontos. Já o dólar à vista avançou 1,25%, aos […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar