🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Caio Nascimento
Caio Nascimento
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP) e com passagens pelo Estadão e Jornal da USP.
Conteúdo Empiricus Investimentos

‘Tesla do Nordeste’ não para de crescer com veículos elétricos — e outra empresa brasileira ligada ao setor pode subir mais de 60% na bolsa

Número de carros elétricos no Brasil subiu em 4 vezes desde 2020 – e ação da B3 que toca “revolução energética e industrial” pode captar esse salto; ela cresce a cerca de 20% desde 1995; entenda

Caio Nascimento
Caio Nascimento
10 de setembro de 2022
14:00 - atualizado às 9:06
elon musk

“É só uma questão de tempo até que os homens tenham sucesso em associar sua inteligência à energia elétrica”. Essa foi a visão de Nikolas Tesla, criador do primeiro motor a indução eletromagnética da história, em 1887.

E ele estava mais do que certo. Quase 135 anos depois de sua invenção revolucionária, Nikolas Tesla jamais imaginaria que sua ideia tomaria proporções tão grandes, com carros e motos elétricas virando destaque global e entregando lucros expressivos para investidores da Bolsa.

E não é para menos: o número total de veículos elétricos nos EUA saltou de 300 mil para mais de 1 milhão no período. No Brasil, números mostram que algo parecido pode acontecer: o número de veículos elétricos no nosso país mais que quadruplicou nos últimos 2 anos - indo de 801 para 3,3 mil no período - com potencial para muito mais.

Você pode capturar esse salto com uma ação barata, de uma multinacional brasileira, que toca uma revolução energética e industrial ao redor do mundo (baixe um relatório aqui) e que, assim como a Tesla do Nordeste (que falarei mais abaixo), não para de crescer. Atualmente, ela supera a Tesla em termos de investimento. Afinal, a montadora de Elon Musk está cara, sendo negociada a múltiplos não tão atrativos para quem busca lucros.

BAIXE O RELATÓRIO DA GIGANTE BRASILEIRA QUE SURFA A ONDA DE VEÍCULOS ELÉTRICOS E TOCA UMA REVOLUÇÃO ENERGÉTICA E INDUSTRIAL AO REDOR DO MUNDO

A gigante brasileira que virou uma 'fábrica de dinheiro' na bolsa e que surfa a onda da revolução energética

Com potencial de se valorizar cerca de 60%, essa gigante nacional passou ilesa por qualquer crise nos últimos 10 anos e teve um crescimento médio de receita anual (CAGR) de 16,5%. E isso é “fichinha” quando a gente puxa um histórico maior: ela cresce em média 20% ao ano desde 1995, independente de inflação, governos ou seja lá o que for.

Não é à toa que ela já subiu mais de 19.000% nas últimas 2 décadas e tem potencial para subir mais.

“Apesar do forte crescimento no passado, acreditamos que o futuro pode ser ainda melhor para as ações dessa empresa”, afirma o especialista em ações Fernando Ferrer.

“A pauta de transição energética demandará cada vez mais empresas de qualidade e com escala para atender a demanda por energias mais limpas. E essa gigante brasileira possui todos os atributos para continuar sendo um player fundamental neste ciclo”, completa.

Você pode baixar um relatório completo neste link e entender tudo que está por trás dessa ação, que é vista hoje como uma das melhores da bolsa brasileira. Ou, se preferir, continue comigo abaixo para saber mais sobre a “Tesla do Nordeste”.

A Tesla do Nordeste e como você pode ganhar dinheiro com isso…

Conhecida como “Tesla do Nordeste”, a recifense Voltz é uma das empresas de maior destaque do Brasil quando o assunto é motos elétricas. Com uma demanda cada vez maior, ela espera produzir 20 mil motos em 2022, cinco vezes mais que em 2021, segundo Renato Villar, CEO em entrevista ao Valor Econômico.

O projeto é tão promissor que recebeu, recentemente, um investimento de R$ 100 milhões para desenvolver suas operações de venda, pontos de troca de bateria, construção de uma fábrica em Manaus e reforço de caixa para novos investimentos. Além disso, fechou uma parceria com a iFood para oferecer motos a baixo custo para entregadores de delivery.

A Voltz ainda não abriu capital na Bolsa, mas é uma referência popular de como o mercado da revolução energética tende a crescer. É por isso que hoje, para se posicionar neste setor, a ação da multinacional brasileira do ramo industrial e energético que revelamos num relatório gratuito disponível neste link se tornou interessante. Além de ter potencial de subir 60%, ela é a “base” desse mercado, com soluções tecnológicas inéditas e que saem ganhando com o cenário global.

Isso porque, com a crise energética da Europa e os preços da eletricidade lá em cima, países da região tendem a buscar mais eficiência com os equipamentos dessa empresa.

Vale (VALE3), Magazine Luiza (MGLU3) e outras gigantes estão atentas nisso

Se você não se convenceu de que este setor é uma “fonte de riqueza” que veio para ficar para quem busca aumentar as chances de fazer fortuna com ações no longo prazo, saiba que até mesmo gigantes do mercado brasileiro e global estão de olho nessa revolução energética.

A Ambev, Coca-Cola, JBS e Magazine Luiza, por exemplo, estão renovando a frota com caminhões elétricos, a fim de adotar uma agenda ESG (sigla para boas práticas ambientais, sociais e de governança corporativa).

Já a Vale (VALE3), uma das maiores mineradoras do mundo, começou a testar caminhões em suas minas brasileiras e da Indonésia. Ou seja, com o Brasil e o mundo se movimentando rumo à revolução energética, como os fatos aqui apresentados mostram, se tornou irracional você não alocar pelo menos uma parte do seu patrimônio neste mercado.

Assim como muitos americanos se arrependeram por não ter investido na Tesla ao longo dos últimos anos, você também corre o risco de se arrepender. Então libere agora o relatório gratuito que preparamos para você sobre a ação brasileira que encabeça uma revolução industrial-energética no Brasil e no mundo. Ela está a um clique de você.

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Brasil é um ‘vencedor’ no cenário macroeconômico global, defende gestor – entenda por que a China pode ser um fator decisivo para isso

18 de abril de 2024 - 16:28

João Landau, fundador da Vista Capital, participou do evento Macro Summit Brasil 2024 ao lado de Carlos Woelz; veja os destaques

Conteúdo Empiricus

Dólar acima dos R$ 5,20: disparada da moeda americana é um alerta para o investidor proteger o patrimônio; veja a melhor maneira 

18 de abril de 2024 - 14:00

Segundo analista, todo investidor deveria ter um pouco de dólar na carteira como forma de proteção – aprenda como investir na moeda em curso gratuito

Conteúdo Empiricus

Esse software pode colocar até R$ 538 por dia na sua conta mesmo ‘falhando’; entenda

18 de abril de 2024 - 11:59

Ferramenta desenvolvida pelo especialista em investimentos Leo Nonato utiliza a estatística para buscar lucros

Conteúdo Empiricus

Com escalada da inteligência artificial, gigantes da tecnologia ‘tomam’ lugar do Ibovespa nas carteiras; veja um BDR para comprar agora

18 de abril de 2024 - 10:00

Empiricus atualiza carteira de ações internacionais recomendadas e inclui papel que negocia a preços atrativos

Conteúdo Empiricus

Negócio de R$ 1,75 bilhão atrai ainda mais valor para FII que já devia estar na sua carteira, segundo analista; veja qual

18 de abril de 2024 - 9:00

Fundo imobiliário (FII) recomendado pela Empiricus alcançará ABL superior a 1 milhão de metros quadrados, após novas aquisições

Conteúdo Empiricus

Uma varejista que pode dobrar na bolsa, ações do Facebook e fundo imobiliário com retorno de até 24%; entenda a relação

18 de abril de 2024 - 8:00

Veja como ter acesso a estas e mais de 100 recomendações de investimento da maior casa de análise independente do país de graça

Conteúdo Empiricus

Fundo imobiliário de tijolo exposto ao varejo pode gerar retorno de até 13%; veja a recomendação

17 de abril de 2024 - 14:00

Com mais de 57 imóveis, o fundo imobiliário pode se beneficiar de empreendimentos em processo de alienação, segundo análise da Empiricus

Conteúdo Empiricus

Nem só de tecnologia e luxo vivem os bilionários: agronegócio é responsável por parte de suas fortunas

17 de abril de 2024 - 10:00

Produção de bebidas, terras agrícolas e cultivo de proteínas figuram entre investimentos de Bernard Arnault, Elon Musk e Jeff Bezos; confira como você também pode obter lucros no setor

Conteúdo Empiricus

A ‘compra do mês’ dos americanos agora inclui barras de ouro; especialista indica o passo a passo para o brasileiro que deseja investir na commodity

17 de abril de 2024 - 9:00

Entenda o porquê dessa ‘febre do ouro’ e se faz sentido proteger seu patrimônio agora com esse ativo

Conteúdo Empiricus

Ferramenta de trade que entregou 3x mais lucro que o Bitcoin é lançada ao público; veja como acessar

16 de abril de 2024 - 16:00

Eduardo Garufi entregou 285% de lucro em 6 meses, 3x mais que o Bitcoin; agora você pode ‘copiar e colar’ essa estratégia

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar