2022-01-14T16:09:29-03:00
Letícia Flávia Pinheiro
Letícia Flávia Pinheiro
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista em formação pela Universidade de São Paulo, trabalhou com jornalismo cultural, assessoria de imprensa e marketing na Jornalismo Júnior (ECA - USP) e com produção de conteúdo na Agência Estufa.
Conteúdo Empiricus

Quem investe parte do seu patrimônio em bolsa pode sair na frente de quem investe 100% em renda fixa; entenda

Ainda que a bolsa brasileira seja uma montanha-russa, existem motivos para acreditar que ela possa subir em 2022, segundo analista da Empiricus; Saiba quais

15 de janeiro de 2022
12:00 - atualizado às 16:09
Sede da B3, dona da bolsa de valores brasileira - Imagem: Shutterstock

Depois da performance negativa do Ibovespa em 2021, é normal sentir uma certa incerteza sobre a bolsa brasileira. Vale a pena investir em ações em 2022? Segundo o analista da Empiricus, Fernando Ferrer, existem algumas razões pelas quais você deveria, sim, colocar parte do seu dinheiro em bolsa.

Eu sei que a renda fixa voltou a ser atrativa como um investimento seguro e que paga juros de dois dígitos. Mas alocar todo o capital disponível para investimentos em títulos públicos e privados pode ser um tiro no próprio pé. Sabe por quê?

Segundo Ferrer, apesar do mercado de renda variável no Brasil ser uma bela montanha-russa, a tendência é para cima. 

“Montando um portfólio com boas empresas, atividade que é meu trabalho diário aqui no Melhores Ações da Bolsa, essa linha poderá crescer mais rapidamente do que a da renda fixa”, defende o analista.

Quem investe parte do seu patrimônio em bolsa pode sair na frente de quem investe 100% em renda fixa: 

É tentador zerar sua posição em ações em momentos de turbulência. Mas vamos olhar para o passado, em momentos de turbulência parecida: 

Você deve se lembrar que em 2016, governo Dilma, o Brasil encontrava-se em um de seus piores momentos fiscais e políticos do século, com a taxa Selic em 14,25% (há três anos em dois dígitos), capital estrangeiro correndo do país e dois anos seguidos de PIB contraindo quase 4%. 

O Ibovespa, por sua vez, atingia sua mínima histórica dos últimos dez anos, com 37 mil pontos. Difícil enxergar um horizonte positivo no mercado de capitais para um cenário desse no médio prazo. Você deve concordar que seria muito mais confortável deixar o capital rendendo seus quase 15% ao ano

Mas sabe o que aconteceu?

O Ibovespa apresentou valorização de quase 130% em dois anos, partindo de um dos piores momentos do índice. 

E quem alocou parte do seu capital além da renda fixa, como em ações de boas empresas, conseguiu se dar bem melhor do que aqueles que investiram 100% em renda fixa. 

Boas empresas brasileiras tendem a evoluir no longo prazo 

O analista Fernando Ferrer relembra que a Bolsa de Valores não é um simples conjunto de "códigos" que variam de preço aleatoriamente.

Cada um desses códigos é uma ação, que consiste em uma pequena fatia de uma empresa. Você está literalmente se tornado sócio dessa companhia ao adquirir uma ação.

De acordo com o analista, “apesar das derrapadas, muitas vezes duras, o sentido do mundo (e, espera-se, do Brasil inclusive) é a evolução, como sempre foi. E o motor da evolução são as boas empresas”.

Por isso, o analista conclui: 

“Não ter um portfólio de investimentos diversificado com uma parcela em boas empresas é acreditar que daqui a cinco ou dez anos as companhias que se encontram no nosso portfólio regredirão. Essa certamente não é a nossa opinião.”

Fernando Ferrer

Se você ainda não está convencido…

Se ainda não está convencido de que vale a pena deixar uma parcela do seu patrimônio em ações brasileiras, Ferrer disponibilizou o relatório gratuito dos “8 fatores que nos fazem ficar construtivos com Bolsa em 2022”.

Esse relatório é exclusivo para assinantes da série As Melhores Ações da Bolsa, mas você pode acessá-lo gratuitamente por meio do App da Empiricus (clique aqui para baixar)

O Ferrer te dá 8 motivos (além dos que eu trouxe nesta matéria) para não desistir da bolsa em 2022. 

No final do relatório, você ainda encontra a carteira de ações da série As Melhores Ações da Bolsa, ou seja, todas as empresas que o Fernando Ferrer e seus assinantes estão apostando nesse momento. Acesse gratuitamente pelo App:

As incertezas em relação à bolsa, todos já sabem. Mas existem fatores que fazem a Empiricus enxergar o copo meio cheio. Deixo abaixo uma imagem para reflexão:

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

AGRO EM ALTA

Governo oferecerá mais de R$ 340 bilhões para produtores rurais no novo Plano Safra; valores entram em vigor em julho

O programa do governo federal prevê o direcionamento de recursos públicos para financiar e apoiar a agropecuária nacional

O SOL HÁ DE BRILHAR MAIS UMA VEZ

Cemig (CMIG4) amplia presença em energia solar em negócio milionário; confira os detalhes do negócio

A transação envolve três usinas fotovoltaicas e reforça a estratégia da companhia de crescimento sustentável no mercado de geração distribuída

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa abaixo dos 100 mil novamente, presidente da Caixa pede demissão e o salvador do mundo cripto; confira os destaques do dia

As últimas semanas parecem ter inaugurado um novo modus operandi no mercado financeiro: não há boa notícia ao amanhecer que perdure até o anoitecer.  Alta de commodities, alívio no cenário fiscal, retomada econômica chinesa. Pode escolher a sua arma, nada parece forte o suficiente para enfrentar o temor de uma recessão global e de um […]

Nova aquisição

Ambipar (AMBP3) volta às compras e adquire a Bioenv, que desenvolve projetos de monitoramento do meio ambiente

Como a compra foi feita por meio da controlada Ambipar Response ES S.A., não precisará ser aprovada pelos acionistas da empresa mãe

FECHAMENTO DO DIA

Temor de recessão segue forte e Ibovespa volta a perder os 100 mil pontos; dólar cai com PEC melhor que o esperado

O Ibovespa chegou a amanhecer no azul, mas os temores que rondam o mercado falaram mais alto