🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O INVESTIMENTO EM ATÉ 14,5X EM 8 DIAS? ENTENDA A PROPOSTA

Isabelle Santos
Isabelle Santos
Comunicóloga formada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). É redatora do Money Times, Seu Dinheiro e Empiricus.
Conteúdo Empiricus

Poupança voltou a render mais que a inflação, mas continua sendo um mau negócio; saiba onde investir

Enquanto a caderneta rendeu 7,27% nos últimos 12 meses, outro investimento ainda mais seguro pagou 11,21% no mesmo período

Isabelle Santos
Isabelle Santos
19 de outubro de 2022
8:00 - atualizado às 15:56
Imagem: Canva -

No mês de setembro, a poupança finalmente voltou a apresentar um rendimento acima da inflação, no acumulado de 12 meses. Uma surpresa para quem costuma guardar dinheiro nas cadernetas. Entretanto, um dos motivos que tornou isso possível foi o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ter ficado negativo em 0,29% no mesmo período.  

A última vez que a poupança havia superado a inflação foi em agosto de 2020, quando apresentou um rendimento de 0,45% acima do IPCA em 12 meses. 

Apesar disso, o resgate de aplicações da poupança bateu recorde. Em setembro de 2022, os brasileiros sacaram R$ 314 bilhões das cadernetas. Isto representa uma diferença de R$ 5,9 bilhões em relação ao montante depositado no mesmo período. 

saques da poupança
Fonte: G1

Existem vários fatores que ajudam a explicar por que o mês em que a poupança voltou a render acima da inflação contou com tantos saques.

Contudo, o principal deles é que a poupança continua sendo um mau negócio. Afinal, o mercado oferece investimentos tão seguros quanto a caderneta, porém muito mais rentáveis. 

Estou falando de investimentos com rentabilidade diária e bem melhor que a da poupança, que você pode investir com pouquíssimo dinheiro. Para falar a verdade, basta apenas R$ 1 para começar.

Por isso, se você ainda “investe” na poupança, saiba que precisa “abandonar esse barco” o quanto antes. A seguir, explico em mais detalhes por que você deve fugir da caderneta e qual a melhor alternativa para proteger o seu patrimônio da inflação.

Por que a poupança continua sendo uma péssima escolha? 

Dizer que a poupança rendeu mais que a inflação pode parecer algo positivo, mas na prática não é tão empolgante assim. Olhando para os números, enquanto a inflação oficial acumula 7,17% em 12 meses, a poupança rendeu 7,27% no mesmo período. 

Uma valorização de 7,27% ao ano talvez pareça razoável para uma aplicação que não exige aporte mínimo e que pode ser sacada a qualquer momento. Mas perceba que o que está em jogo aqui não é apenas o quanto você tinha há 12 meses e o quanto tem agora, mas sim o poder de compra.

Na realidade, quem deixou o dinheiro aplicado na poupança viu o seu poder de compra crescer apenas 0,10% em um ano. Ou seja, quem investiu R$ 1.000,00 na caderneta nos últimos 12 meses teve um rendimento de cerca de R$ 1,00 acima da inflação. 

E se você foi um dos que deixou dinheiro na poupança durante todo esse tempo, deve estar no mínimo indignado e tentando entender como é que isso aconteceu. 

Talvez você não esteja familiarizado com as regras da remuneração desse tipo de aplicação, mas eu te explico. 

Até maio de 2012, a poupança pagava 0,5% ao mês + TR, ou taxa referencial, baseada nos valores pagos por título públicos do governo, mas que costuma ser baixa. Após esse período, o rendimento da caderneta varia de acordo com a taxa básica de juros, a Selic. Assim temos dois cenários diferentes para essas aplicações: 

  • Selic maior que 8,5% ao ano: nesse caso a poupança paga 0,5% a.m. + TR, como antigamente
  • Selic igual ou inferior a 8,5% ao ano: o rendimento da poupança será equivalente a 70% da Selic + TR. 

Inflação ‘no pé’ da poupança

A Selic é um dos instrumentos utilizados pelo Banco Central para controlar a inflação. Assim, para evitar que o preço de produtos e serviços continue subindo, o BC aumenta a taxa básica de juros. 

Se a Selic aumenta, o rendimento da poupança tende a ser maior também. Mas, por causa da nova regra, a caderneta vai sempre pagar menos que a Selic. Hoje, o investidor pessoa física tem acesso a produtos atrelados à taxa Selic e com a mesma segurança e liquidez da poupança, mas pagando mais.

Ou seja, por que aplicar seu dinheiro em um produto que, na maioria das vezes, perde para a inflação? 

Não precisamos nem voltar tanto no tempo para citar um exemplo da poupança perdendo para a inflação. Em agosto de 2022, a inflação ficou em 8,73% no acumulado de 12 meses, enquanto que as cadernetas tiveram um rendimento de 6,72% no mesmo período. 

Ou seja, quem investiu na poupança entre setembro de 2021 e agosto de 2022 viu o seu dinheiro desvalorizar 2,01%. Uma perda bem maior do que os 0,10% acima da inflação entregue em setembro/2022. 

SAIBA COMO PARAR DE PERDER DINHEIRO COM A POUPANÇA

Você precisa ‘pular fora’ da poupança, mas para onde ir? 

Agora você já sabe o motivo pelo qual os brasileiros sacaram mais de R$ 300 bilhões da poupança no mês passado. Mas não basta apenas ter consciência disso. É preciso tomar uma atitude, em outras palavras, você precisa “pular fora” o quanto antes. 

Eu sei que pode parecer perigoso se aventurar no mundo dos investimentos, afinal, você pode ter ouvido histórias de pessoas que compraram ações, criptomoedas e outros ativos de risco e perderam muito dinheiro. 

Por outro lado, a poupança, que parece ser o investimento mais seguro do mercado, corrói o poder de compra do seu dinheiro “silenciosamente”. 

Um passo de cada vez 

De fato, seria uma irresponsabilidade incentivar alguém que mal saiu da poupança a investir em ações ou ativos com mais riscos. Até chegar nesse estágio existe uma jornada de conhecimento e experiência que você e qualquer investidor que deseja abandonar a caderneta precisa seguir. 

Contudo, existe uma grande variedade de investimentos tão seguros quanto a poupança, mas que pagam uma rentabilidade mais atraente. São títulos públicos que remuneram de acordo com a Selic.

Outra vantagem desses investimentos é a rentabilidade diária, ou seja, diferentemente da poupança em que é necessário esperar o aniversário da aplicação para receber os juros, nesses produtos o seu dinheiro cresce um pouquinho a cada dia. 

Além disso, esses investimentos contam com liquidez diária. Em outras palavras, você pode solicitar o resgate do seu dinheiro a qualquer momento.

QUERO CONHECER A OPÇÃO DE INVESTIMENTO MELHOR QUE A POUPANÇA

Comece com R$ 1 apenas

Você pode pensar que este tipo de investimento só está disponível para grandes investidores, mas isso está muito longe de ser a verdade. Você não precisa de muito dinheiro para começar. 

Com apenas R$ 1 já é possível investir em um ativo que conta com uma rentabilidade muito melhor que a oferecida pela caderneta.

Enquanto a poupança pagou 7,27% nos últimos 12 meses, esta aplicação rendeu 11,21% no mesmo período. Ou seja, quase 4% acima da inflação, com um nível de segurança igual ou maior do que na poupança. 

E tem mais: além de um rendimento maior, essa aplicação conta com as melhores características da poupança: 

  • Facilidade: para começar a investir é muito simples, basta transferir o seu dinheiro diretamente para aplicação; 
  • Liquidez: assim como na poupança, você pode solicitar o resgatar quando precisar e ter o seu dinheiro na conta no mesmo dia; 
  • Segurança: os riscos dessa aplicação são muito baixos, quase nulos; 
  • Sem taxas de administração: para investir neste ativo, você não paga taxa de administração e nem performance. 

Certamente você não encontra por aí muitas coisas que custam apenas R$ 1. Por isso, ter acesso a um investimento tão seguro e fácil quanto a poupança e que paga uma remuneração acima da inflação pode ser uma das melhores maneiras de usar o seu dinheiro e dar um primeiro passo rumo a uma vida financeira com mais liberdade.  

Para saber mais informações sobre a aplicação que rende mais que a poupança, clique no botão abaixo:

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Dólar chegou ao ‘patamar perfeito’ para investir a R$ 5,40? Analista revela a qual valor se posicionar na moeda

14 de julho de 2024 - 14:00

Após dias de estresse no mercado, dólar dá sinais de maior alívio, mas segue acima dos R$ 5,00 – é hora de investir ou esperar quedas maiores?

Conteúdo Empiricus

Evento de julho pode destravar ganhos milionários com cripto na sua conta (não é ETF de Ethereum)

14 de julho de 2024 - 12:00

Evento ainda pouco divulgado no mercado de criptomoedas pode criar 1.000 novos milionários em até 14 meses; entenda

Conteúdo Empiricus

‘Fábrica de milionários’, Weg (WEGE3) salta 23% na bolsa em 2024: ainda vale a pena investir?

14 de julho de 2024 - 10:00

Se por um lado as perspectivas de crescimento são favoráveis, do outro as ações negociam a um múltiplo de 30 vezes os seus lucros

Conteúdo Empiricus

Investimento ‘desprezado’ chama atenção ao multiplicar patrimônio de brasileiro por até 6 vezes; novo gatilho acontece em 24 de julho

14 de julho de 2024 - 8:00

Enquanto ações, FIIs e criptomoedas fazem apelos às massas, um pequeno grupo de brasileiros se aproveita de investimento ‘ignorado’ que pode multiplicar em até 6x o patrimônio

Conteúdo Empiricus

Mais dividendos vêm aí? IPO da Moove pode ‘turbinar’ pagamentos aos acionistas de Cosan (CSAN3), diz analista

13 de julho de 2024 - 14:00

Dividendos da Cosan podem aumentar com IPO da Moove, mas ação já despencou 25% em 2024 – veja se vale a pena investir na ação da holding

conteúdo empiricus

Adeus, Arezzo (ARZZ3): varejista dá espaço para ação que ‘pode surpreender positivamente’ em julho e saltar até 52%

13 de julho de 2024 - 12:00

Casa de análise substituiu a recomendação de compra em Arezzo (ARZZ3) em carteira com as 10 ações mais promissoras do mês por uma ação “esquecida” na bolsa brasileira

Conteúdo Empiricus

Sabendo que “o tombo no day trade é certo”, ele criou um robô capaz de gerar lucros de até R$ 5.754 por mês

13 de julho de 2024 - 10:00

Ferramenta será disponibilizada a investidores ainda este mês

Conteúdo Empiricus

Como fazer um consórcio sem cair em armadilha? Conheça as 6 melhores maneiras de adquirir imóveis sem financiamento

13 de julho de 2024 - 8:00

Curso ‘Patrimônio Alavancado com Consórcio’ será liberado no dia 24 de julho e conta com técnicas exclusivas de especialista que já comprou mais de 20 imóveis

Conteúdo Empiricus

Patrimônio atrelado ao dólar: Segundo analista, o mundo inteiro está investindo na bolsa americana, e você pode fazer o mesmo; entenda

12 de julho de 2024 - 16:00

Expectativa é de queda de juros para o futuro próximo nos EUA, o que pode potencializar os ganhos em renda variável

Conteúdo Empiricus

Agora vai, Ibovespa? Queda da inflação nos EUA é sinal de que ‘alta da bolsa nesta semana pode ser só um aperitivo’

12 de julho de 2024 - 14:00

Índice de preços ao consumidor dos Estados Unidos recuou 0,1% em junho; mercado espera primeiro corte de juros em setembro

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar