🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

Alice Almeida
Conteúdo Vitreo

Com ou sem emoção? Me diga como você reage à volatilidade do mercado e te direi como investir seu dinheiro

4 de junho de 2022
14:00 - atualizado às 12:07
Grafico em forma de montanha-russa
A forma como você lida com o seu dinheiro e os planos para o futuro podem te ajudar a determinar os melhores tipos de investimentos para chegar mais rápido às suas metas. - Imagem: Shutterstock

Sabe toda aquela emoção de quando se está na fila para ir à montanha-russa? A ansiedade de chegar a sua vez, o frio na barriga esperando a próxima subida, descida, loopings e os braços levantados para aproveitar toda aquela adrenalina. E quando acaba só fica a vontade de ir de novo? Não?

Então você é daqueles que quer desistir logo quando entra na fila, com o pensamento de “alguém me tira daqui”? Não vê os segundos passarem e preferia mil vezes estar em um carrossel?

Mas você também pode ser aquela pessoa acometida de um súbito pavor que paralisa, jura que nunca mais vai ir de novo e só depois das reviravoltas inesperadas, quedas frenéticas e subidas bruscas sabe por que nunca deixa de ir. 

No mundo dos investimentos é mais ou menos assim. Se você começou a investir recentemente, ou até mesmo já investe há algum tempo, sabe que existem muitas modalidades de investimentos no mercado com diferentes tipos de lucratividade e prazos de liquidez. 

É preciso ter o eletrocardiograma em dia dependendo de onde você vai arriscar - os investidores de criptomoedas sabem muito bem o que é isso.

Pior que mensagem ‘Precisamos Conversar’

Para se ter uma ideia, o Bitcoin, em 2017, teve uma alta recorde, passando dos US$18 mil por unidade. No ano seguinte, muita gente se animou a investir mais ainda - ignorando totalmente o alto risco da moeda - e sofreu com a forte desvalorização que levou o ativo aos US$3 mil. 

Fonte: Investing.com

Já em 2020, apesar de ter despencado em decorrência da pandemia, as criptomoedas voltaram a ser altamente valorizadas, de modo que o Bitcoin passou dos seus mais de US$20 mil pela primeira vez. 

De lá até hoje, ele deve ter caído mais que a internet discada dos anos 2000. Haja coração para os investidores.

A Bolsa de Valores também é outro exemplo de oscilação. Só no 1° trimestre de 2022, segundo dados da B3, ela chegou a sua máxima de 121,570 pontos e teve uma queda seguida para 103,110 pontos. 

Realçando para quem investe nesses ativos que é preciso estar ciente que não existe uma bola de cristal para avisar se irá subir ou descer. É preciso aceitar o risco, saber que pode perder dinheiro. É o preço a pagar para buscar um retorno maior do que em aplicações tradicionais.

Seguindo o conceito básico do mercado financeiro: se você quer ter mais rentabilidade, é preciso correr mais riscos. Ou abrir mão de retornos maiores para ter o dinheiro à disposição e com mais segurança.

Isso deixa claro que não existe melhor ou pior investimento. Existe aquele que é mais (ou menos) adequado para você. E apenas saber quem você é na fila da montanha-russa pode não ser o suficiente. 

O quanto você pode arriscar?

Saber quais as suas metas e objetivos com os investimentos também é um requisito básico quando começa a investir. 

Cada um sabe o que quer da própria vida. E cada um desses cenários pede uma estratégia de investimentos diferentes:

  • Comprar um imóvel daqui a 2 anos.
  • Iniciar um plano de aposentadoria para daqui a 30 anos.
  • Parar de trabalhar aos 40 anos.
  • Montar uma reserva de emergência.

Para quem busca um investimento a longo prazo, por exemplo, existem diversos ativos que atendem bem a esse objetivo.

Mas, dependendo do quanto você pode investir mensalmente, e o quanto pode perder sem comprometer a sua estabilidade financeira, isso afeta totalmente o grau de risco que você é capaz de suportar nos seus investimentos.

Além disso, tudo depende de como você se comporta nas oscilações do mercado.

Um investidor de sucesso é aquele que é consciente e conhece a si mesmo.

Tradicionalmente, os bancos dividem os investidores em três tipos, a depender do seu perfil diante das possibilidades de risco e retorno. São eles: conservador, moderado e arrojado.

Veja a seguir mais informações sobre cada um deles.

Conservador 

Esse perfil de investidor tem baixa tolerância ao risco. Por isso, prefere investimentos mais previsíveis e sem oscilações, que apresentem nenhum ou baixo risco, pensando na proteção do seu patrimônio.

Ele pode preferir receber ganhos menores para ter o menor risco possível de perdas, mesmo que, para isso, tenha que abrir mão de uma rentabilidade maior. 

É melhor que ele faça isso mesmo do que tente se “forçar” a ser arrojado.

Imagine que, sem conhecer muito o seu perfil, comece a investir hoje e resolva fazer trades de curto prazo (day trade, por exemplo) no mercado de ações.

Ao perceber que o seu dinheiro está perdendo valor com alguma ação em queda, ele venderá todos os ativos de forma emocional, causando um prejuízo.

Moderado

Existe também aquele que tem um “pezinho” no risco e outro no chão. É aquela pessoa que sabe que está disposta a assumir riscos um pouco maiores, mas também não abre mão da segurança. 

É o clássico, nem muito conservador, nem muito atrevido: moderado.

O objetivo desse investidor é diversificar. Boa parte do seu patrimônio vai para ativos de baixo risco e alta liquidez (capacidade de resgatar o dinheiro a qualquer hora). 

E outra parte para alternativas mais ousadas, com riscos mais altos. Sabe que o retorno vem no médio ao longo prazo, o que faz com que não se assuste com investimentos em que o resgate do dinheiro seja menos ágil. 

Arrojado 

E há o arrojado ou agressivo. São aqueles que buscam retornos maiores e, para isso, estão dispostos a assumir mais riscos nos seus investimentos.

São os investidores de renda variável, como ações, câmbio, criptomoedas e fundos imobiliários, por exemplo. 

Além disso, essa estratégia mais arrojada faz mais sentido para quem tem economias ou fontes de renda para lidar com eventuais situações de perdas no mercado.

Sempre pode aparecer uma próxima curva

Não se engane, às vezes, mesmo que você se ache ultra arrojado, quando leva um prejuízo de 50%, pode ser que descubra que talvez seja menos agressivo do que acredita.

O outro lado também é verdadeiro. Se você acredita ser muito conservador, mas não aguenta ver seu capital crescendo lentamente, pode ser que seja mais moderado do que imagina.

Dependendo do momento em que você está, essa mudança também pode ser bem natural. Quando sua família está aumentando e você tem filhos pequenos, pode ser que você fique mais conservador do que quando era solteiro. 

Tendo a chance de obter melhores resultados

Após saber quais tipos de investidores existem e definir qual é o seu perfil, é importante ajustar a sua carteira de investimentos. Essa é praticamente uma regra de ouro. 

Para te ajudar nesse processo, a Vitreo disponibiliza um simulador gratuito. Com apenas 3 perguntas bem rápidas e simples, você pode saber qual é o seu perfil de investidor e ainda receber uma carteira recomendada de investimentos de acordo com o seu perfil.

Em poucos minutos e sem pagar nada, você pode receber uma estratégia inteira conforme o valor que você quer investir e com base nas suas expectativas para o futuro. 

Tudo selecionado pela equipe de assessores da Vitreo, com ativos que correspondem às suas características psicológicas e suas necessidades pessoais. 

Para usar o simulador, não há exigência nenhuma, basta preencher alguns dados.

Conteúdo Agenda Lotada

Equivalente a R$ 4.000 de presente pra você: empresa de qualificação profissional libera de graça um treinamento com valor estimado em milhares de reais; veja como receber

5 de julho de 2022

Interessados podem retirar acesso gratuito com poucos cliques; objetivo é formar um profissional diferenciado que ganha mais do que a maioria.

conteúdo vitreo

Selic a 13,25% é ‘fichinha’: essa ação brasileira tem dividendos ‘astronômicos’ de quase 40% em 2022, está barata e faz a atual rentabilidade da renda fixa parecer pífia

4 de julho de 2022

A taxa básica de juros alcançou os 13,25% ao ano, mas essa rentabilidade parece uma “merreca” se comparada à distribuição de proventos anualizada que essa ação está oferecendo agora; saiba qual é

Conteúdo Vitreo

Cansado de perder dinheiro com ações e cripto? Conheça as melhores oportunidades da renda fixa para ter a chance de lucrar 17% a mais que a Selic contando com a garantia do FGC

4 de julho de 2022

A vida do investidor não está fácil em 2022, mas o bear market não precisa te impedir de buscar lucros. Conheça as melhores ofertas da renda fixa gratuitamente e lucre com segurança.

Conteúdo de Marca

Autônomo ou MEI: especialista revela 4 atitudes para ‘deslanchar’ seu negócio e ganhar mais dinheiro em 2022

4 de julho de 2022

Autor com mais de 9 milhões de livros vendidos revela o passo a passo para microempreendedores que almejam faturar mais; confira

Conteúdo de Marca

Empreendedorismo: especialista ‘revela’ como profissionais liberais e autônomos podem faturar mais ainda em 2022

3 de julho de 2022

“Mentor dos mentores” ensina como microempreendedores podem buscar lucros exponenciais e deslanchar seus negócios

Conteúdo Vitreo

Renda extra de R$ 2.133,95 com vacas: estratégia incomum está deixando alguns brasileiros ricos; entenda

3 de julho de 2022

Você poderia comprar uma vaca hoje mesmo com seu celular e ter a chance de ganhar até R$ 2.133,95 por mês, mesmo sem entender nada de pecuária

Conteudo Vitreo

Atenção, a coisa vai ficar feia para a Petrobras: após lucrar 200% com tombo de PETR4, ‘Mãe Dináh’ da Faria Lima faz nova previsão catastrófica que pode colocar um baita dinheiro no seu bolso

2 de julho de 2022

Trader profeta que previu e multiplicou o patrimônio por 10 vezes com a queda de Petrobras em 2021 tem nova ‘visão’ sobre a PETR4 que pode enriquecer investidores

Conteúdo Empiricus

André Esteves, Felipe Miranda, Roberto Justus… Conheça 11 princípios que os milionários têm em comum

2 de julho de 2022

Empresário revela segredos que fizeram sua empresa, do zero, se tornar referência no Brasil

Conteúdo Vitreo

Você faz ‘bico’ para fechar as contas no fim do mês? O que acha de ter uma renda extra mensal de até R$ 2 mil sem trabalhar a mais?

1 de julho de 2022

60% dos trabalhadores formais fazem trabalhos paralelos para complementar a renda, mas essa não precisa ser a sua realidade; conheça uma estratégia que pode gerar dinheiro extra todos os meses sem nenhum esforço a mais

Conteúdo Empiricus

Assista à gravação do episódio de estreia do Market Makers

1 de julho de 2022

Estreia na próxima quinta-feira, 7, o Market Makers, novo podcast de Thiago Salomão e Renato Santiago que vai conectar os investidores aos maiores e melhores gestores do mercado financeiro. O primeiro episódio será gravado nesta terça-feira, 5, na Arena B3, no centro de São Paulo. E a boa notícia é que você poderá estar lá: […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies