🔴 03/06 – ‘GATILHO’ PARA BUSCAR ATÉ R$ 2 MILHÕES COM CRIPTOMOEDAS PODE SER DISPARADO – SAVE THE DATE

Leticia Camargo
Leticia Camargo
Formada em Jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Já passou por agência de marketing digital, onde trabalhou com estratégias de SEO e marketing de conteúdo.

Com lucro surpreendente e dividendos ‘estratosféricos’, a Petrobras (PETR4) ‘roubou a cena’ entre os resultados de empresas no 2T22 – mas investir nela pode ser arriscado; entenda

A Petrobras (PETR3; PETR4) anunciou que fará pagamento recorde de dividendos no valor de R$ 87,8 bilhões, mas há um risco em investir nela agora

Leticia Camargo
Leticia Camargo
29 de julho de 2022
15:15
SD_Petrobras Ibovespa
Imagem: Shutterstock, com intervenção de Vicktoria Valeska Vieira

A Petrobras (PETR3;PETR4) divulgou, na última quinta-feira (28), os seus resultados referentes ao 2º trimestre de 2022. Segundo os dados reportados pela petroleira, o lucro líquido obtido foi de R$ 54,3 bilhões, uma alta de 26,8% em comparação ao mesmo período do ano passado.

O Ebitda (lucro ante juros, impostos, depreciação e amortização) também foi um dos destaques do balanço da empresa, com crescimento de 58,6% na comparação anual e 26,4% em relação ao 1º trimestre de 2022.

Em resumo, os resultados foram fortes e vieram 32% acima do consenso do mercado, justificados sobretudo pela valorização do dólar, já que boa parte das vendas da Petrobras ocorre no exterior e o fortalecimento da moeda faz crescer a receita líquida em reais.

Saiba o que fez a Petrobras ganhar os ‘holofotes’ do Ibovespa:

Mas, como se já não bastassem os excelentes números reportados, a Petrobras ainda aprovou o pagamento de R$ 87,8 bilhões em dividendos, o equivalente a R$ 6,73 por ação.

A notícia faz com que a companhia assuma a posição de uma das maiores “vacas leiteiras” da bolsa em 2022. Caso você não esteja familiarizado com o termo, trata-se de um jargão do mercado financeiro que faz referência a empresas que pagam “gordos” dividendos aos acionistas com recorrência.

Quem atribuiu a nomenclatura à Petrobras não fui eu, mas sim Rodolfo Amstalden, sócio-fundador e analista da Empiricus, a maior casa de análise financeira independente do país. 

Na visão dele, a petroleira tem mostrado que tem know how, vantagem competitiva e capacidade para continuar crescendo mesmo em meio às adversidades, como em períodos de crise, como o que estamos vivenciando agora com os juros nas alturas e inflação desenfreada.

No entanto, o analista chama a atenção: há um risco em investir nas ações PETR3 e PETR4. Como você já deve saber, desde sempre a Petrobras esteve envolvida em polêmicas por ser muito influenciada pelo governo.

Afinal, embora a petroleira seja uma empresa de capital aberto, o seu maior acionista é o governo federal. Sendo assim, isso quer dizer que em ano de eleições presidenciais, a empresa está sujeita a enfrentar volatilidade nos seus papéis devido ao governo tentar usá-la como medida populista.

Ponderando tudo isso, Rodolfo Amstalden decidiu fazer uma análise aprofundada sobre o momento da Petrobras. Em um relatório gratuito, ele colocou na balança os pontos positivos e negativos que envolvem a empresa e deu um veredito sobre as ações.

É por isso que eu convido você, investidor, a entender o que está acontecendo com a petroleira antes de sair comprando ou vendendo as ações. Até porque os resultados trimestrais positivos, ou mesmo os dividendos atraentes, não podem ser os únicos fatores considerados para decidir investir em uma empresa.

Sendo assim, convido você a continuar a leitura para saber, ao final desta reportagem, qual decisão tomar em relação à Petrobras.

Lucro acima do consenso, ações baratas e dividendos ‘monstruosos’: hora de investir na petroleira?

Para saber se vale ou não a pena investir nas ações da Petrobras agora, vamos falar primeiro dos pontos positivos que jogam a favor da empresa. Em primeiro lugar, a petroleira está vivendo um excelente momento operacional.

Na análise de Rodolfo, a empresa tem produção elevada, custos competitivos e melhora relevante na capacidade de gerar caixa. E essa boa performance, por si só, já é uma excelente notícia para o investidor que gosta de dividendos.

Mas isso não é tudo. A companhia também vem reduzindo o seu endividamento desde 2014. Ela finalizou o 2T22 com uma dívida líquida de R$ 34,4 bilhões, o que representa uma queda de 14,4% em relação ao valor reportado no 1T22. 

Já a dívida bruta caiu de R$ 58,5 bilhões em março para R$ 53,6 bilhões em junho. O que é uma excelente notícia, principalmente se pensarmos que a política de distribuição de proventos da Petrobras depende do nível de dívida bruta, que precisa ser inferior a R$ 65 bilhões para pagar dividendos.

Como já foi dito antes, nesse quesito a petroleira não deixou a desejar. Não à toa, ela foi apelidada de “vaca leiteira” do Ibovespa por Rodolfo Amstalden. Segundo as contas dele, a Petrobras pode ter um dividend yield anualizado de 35,65% ao ano nas cotações atuais.

Um número simplesmente brutal, que você não vê por aí todo dia:

estimativa DY petrobras
Fonte: Reprodução Empiricus

Porém, os dividendos “monstruosos” não podem ser a única coisa a ser levada em consideração quando o assunto é investir na Petrobras. Para Rodolfo, há um ponto importante que deve ser considerado e que implica em um risco para as ações.

O que joga contra a Petrobras: o governo

Agora vem a parte chata: os pontos negativos que pesam sobre a Petrobras. Como já mencionei, o ponto negativo que joga contra a companhia é o governo. E, para que você não pense que estou tomando partido aqui, não me refiro apenas ao presidente Jair Bolsonaro.

Desde os primórdios, a petroleira enfrenta interferências políticas. E o principal motivo é devido à política de preços da companhia, que é vinculada à flutuação do valor praticado no mercado internacional. Para que você entenda melhor, a política de preços funciona assim:

A Petrobras usa o Preço de Paridade Internacional (PPI) para definir o valor que cobrará dos distribuidores. Ele considera o preço dos combustíveis praticado no mercado internacional, os custos logísticos de para trazê-los ao Brasil e uma margem para remunerar os riscos da operação. Como o preço no mercado internacional é em dólar, a cotação da moeda também influencia o cálculo.

Mas essa política passou a valer apenas após o governo de Michel Temer. Antes, nos governos de Dilma Rousseff e Lula, a companhia segurava os impactos das oscilações dos preços, o que fazia com que ela lucrasse menos do que deveria. 

Em alguns casos, chegava a ter prejuízos por vender combustíveis por um valor inferior ao que tinha pagado no mercado internacional.

Estou dizendo tudo isso apenas para que você entenda que, independentemente do presidente que estiver no poder, sempre haverá a tentação de mexer na política de preços da Petrobras. Sobretudo em um ano de eleições como o que estamos agora.

Alguns analistas do mercado acreditam que, embora o balanço da Petrobras tenha sido excepcional em mais um trimestre, é possível que o preço das ações da petrolífera comecem a acompanhar as perspectivas para as eleições, enfrentando volatilidade.

Como um veículo que propaga notícias para investidores, a nossa missão é entregar conteúdos que esclareçam dúvidas e levem você a tomar uma decisão benéfica para o seu patrimônio. E é justamente isso que quero lhe oferecer agora.

Em um relatório totalmente gratuito, Rodolfo esmiuçou a situação da Petrobras e deu um veredito para as ações. Se eu fosse você, leria a tese completa:

HORA DE COMPRAR OU VENDER A AÇÃO DA PETROBRAS? SAIBA A RESPOSTA NESTE RELATÓRIO GRATUITO

Vale a pena investir nas ações PETR3;PETR4? Saiba neste relatório gratuito

Neste relatório gratuito, disponibilizado como uma cortesia da corretora Vitreo, Rodolfo Amstalden diz se você deveria ou não investir nas ações da Petrobras. Lá, ele explica exatamente qual é o momento da companhia e se, levados todos os pontos acima em consideração, é hora de comprar.

Pode ficar despreocupado, pois o acesso ao relatório é grátis. Nenhum centavo será cobrado para que você possa ler a tese completa sobre a Petrobras.

E, se você está em dúvida quanto a propriedade de Rodolfo em falar sobre o assunto, fique despreocupado. Além de ter ajudado a fundar a Empiricus, ele também é responsável por uma das carteiras da casa, que leva o nome de “Vacas Leiteiras”.

Como dito anteriormente, esse nome faz alusão às empresas maiores pagadoras de dividendos da bolsa brasileira. São aquelas que têm em seu DNA o pagamento de proventos “gordos” aos acionistas. 

E então, será que com os dividendos anunciados recentemente a Petrobras entrou para a lista seleta de Rodolfo? 

Para saber, aconselho que você libere o seu acesso ao relatório gratuito no botão abaixo. É só colocar um e-mail válido para recebê-lo e aguardá-lo na sua caixa de entrada:

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Ação dos boletos mais importantes dos brasileiros já disparou 1.200% e está barata, segundo analista: ‘é uma das melhores empresas do setor’

22 de maio de 2024 - 12:00

Empresa atua no segmento de água e energia, entregou bons resultados no 1º trimestre de 2024 e é uma das favoritas da Empiricus para investir agora

Conteúdo Empiricus

Governo Lula ‘planta gastos para colher inflação’: arcabouço fiscal do Brasil já tem data de validade e analista prega cautela a investidores

22 de maio de 2024 - 10:00

Segundo consultoria, âncora brasileira é inconsistente e sua queda, projetada para 2026, “é certa”

Conteúdo Empiricus

Roberto Campos Neto pode ‘encerrar’ ciclo de cortes na Selic; entenda e veja em quais títulos de renda fixa investir neste cenário

22 de maio de 2024 - 8:00

Segundo analista, há um risco ‘não trivial’ da meta de inflação não ser entregue; entenda

Conteúdo Empiricus

3R (RRRP3) incorpora Enauta (ENAT3) em fusão, mas vale a pena investir? Analista recomenda ação de outra petroleira do ramo das ‘junior oils’

21 de maio de 2024 - 16:00

Se você busca ganho de capital com risco controlado, essa outra petroleira independente pode ser uma melhor opção; veja nome e ticker da ação

conteúdo empiricus

Bitcoin decola e atinge US$ 70 mil, mas essas criptomoedas podem ir além e valorizar até 39.900%; entenda

21 de maio de 2024 - 14:43

Bitcoin dispara e atinge US$ 70 mil, mas casa de análise acredita que criptomoedas menores e menos conhecidas podem ir ainda mais longe em breve; veja as recomendações

Conteúdo Empiricus

Analista que alertou sobre o fim dos dividendos ‘gordos’ de Taesa (TAEE11) recomenda outras 5 ações para buscar dinheiro ‘pingando na conta’; confira

21 de maio de 2024 - 14:00

Desde 2023, este analista vem alertando os investidores sobre a possível queda dos dividendos de Taesa (TAEE11)

conteúdo empiricus

LCI ou LCA perto do vencimento? Veja onde investir a partir de R$ 1.071 em renda fixa para receber até IPCA +7,1% isento de IR

21 de maio de 2024 - 13:00

Alternativa para LCIs e LCAs, títulos da renda fixa “turbinada” também são isentos de Imposto de Renda e costumam ter remunerações acima da média; confira recomendações

Conteúdo Empiricus

Estatais: por que não acompanhá-las pode ser um “tiro no pé” do investidor?

21 de maio de 2024 - 10:00

Companhias podem ser rejeitadas por conta do risco político inerente, mas fornecem drivers para outros investimentos

conteúdo empiricus

Eu avisei que a criptomoeda AXS poderia decolar: quem ouviu lucrou até 24.000% em 10 meses – agora você pode buscar até 39.900% de lucro

21 de maio de 2024 - 8:00

Casa de análise está prestes a selecionar novas criptomoedas com potencial de multiplicação exponencial – a projeção é de que esses projetos possam valorizar até 39.900%; entenda

Conteúdo Empiricus

Renda fixa dos ‘endinheirados’ cresce 3% em 2024; conheça os títulos que pagam até IPCA +7,1% e saiba como investir

20 de maio de 2024 - 16:00

Segundo a B3, o número de investidores na renda fixa é 3x maior que na renda variável; veja como investir nos títulos ‘premium’

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar