🔴 DÓLAR A R$5,38 E PODE SUBIR MAIS – VEJA COMO PROTEGER O SEU PATRIMÔNIO

João Escovar
Jornalista especializado em Finanças
CONTEÚDO BTG PACTUAL

Ajuste de carteira em 2022: investir no exterior é essencial para reduzir o risco Brasil; veja como é fácil proteger o patrimônio

Instabilidade política e econômica no Brasil em ano eleitoral devem aumentar a volatilidade por aqui; a boa notícia é que há maneiras bem simples de alocar seu dinheiro fora do país

João Escovar
24 de janeiro de 2022
10:00 - atualizado às 14:18
Notas de dólar e real, inflação
Imagem: Shutterstock

Se você investe e acompanha o noticiário sobre o mercado financeiro, muito provavelmente já se deparou com o conselho de diversificar a sua carteira, para não ficar suscetível a perdas em cenários nos quais as coisas não saem conforme o planejado.

Isso vale não só para não concentrar seu patrimônio em um único tipo de ativo, como ações, mas também para não se posicionar em apenas um mercado, especialmente um extremamente instável como o brasileiro.

Portanto, uma carteira realmente diversificada, com potencial para performar melhor, trazer melhores lucros e estar mais protegida, pressupõe uma alocação em ativos estrangeiros.

Em 2022, ano em que, somada à instabilidade econômica do país, teremos eleições gerais que tem tudo para ser extremamente polarizadas, essa recomendação é ainda mais crucial.

O bom é que, com a maior conscientização do investidor brasileiro e o desenvolvimento do mercado de capitais nacional, é extremamente fácil e simples colocar seu dinheiro nas principais empresas globais, por exemplo, sem precisar de dólares, conta no exterior ou falar inglês.

Por que é fundamental investir fora do Brasil

Além da questão da diversificação, que vale para qualquer investidor em qualquer parte do mundo, levar seu patrimônio para o exterior é ainda mais importante para o brasileiro que, se ficar 100% exposto a seu país, pode sofrer com uma série de fatores.

Vivemos um período desafiador da economia, com inflação acima de dois dígitos e juros em expansão, quase chegando também à casa dos 10%. Isso afeta duramente os ativos de maior risco, como as ações nacionais. O Ibovespa, por exemplo, que chegou a alcançar o recorde de 130 mil pontos, quase perdeu a linha dos 100 mil na virada do ano.

Além disso, estamos com uma projeção de crescimento ínfimo do PIB, de 0,29% em 2022, segundo o boletim Focus, uma das menores expectativas entre os países mais relevantes da economia global.

Sem falar no risco fiscal, já que o governo tem precisado dar “jeitinhos” para fechar as contas, como a PEC dos Precatórios, o que pode se agravar caso haja uma guinada mais populista visando as eleições.

E por falar em eleições, as perspectivas de vitória de cada candidato à Presidência – e inclusive a maneira como cada um deles se apresentar, pode trazer grande volatilidade para os ativos brasileiros. Uma vitória de um candidato com um discurso mais radicalizado pode, inclusive, derrubar ainda mais a bolsa local.

Isso sem falar no desempenho da economia brasileira em relação às principais potências globais, como os Estados Unidos. No ano passado, por exemplo, enquanto o Ibovespa caiu 12%, o S&P 500, principal índice acionário americano, subiu quase 30%.

Se somarmos o valor de mercado dos índices das duas principais bolsas de valores dos EUA (NYSE e Nasdaq), temos US$ 50 trilhões, valor bem maior que o US$ 1 trilhão do Ibovespa, o que mostra o tamanho da oportunidade na América do Norte.

O desempenho histórico do mercado americano também é muito mais consistente do que o brasileiro, fruto de empresas mais pujantes, inovadoras e presentes globalmente, além de um mercado fortemente desenvolvido e de uma democracia estável.

Por outro lado, os ativos brasileiros estão expostos à variação do real, que não é das moedas mais confiáveis. Além da inflação por aqui, o dólar subiu 7,47% em relação à nossa divisa em 2021 – e a alta vem se tornando comum nos últimos anos.

Para preservar e construir patrimônio, é importante contar com ativos alocados em moedas fortes, que estão lastreadas nas principais economias e não perdem muito poder de compra ao longo dos anos. Por isso, é estratégico posicionar-se em investimentos que acompanhem divisas como o dólar, o euro ou a libra esterlina, por exemplo.

Como investir de maneira simples e prática no exterior

Diferentemente do que muita gente pensa, investir no exterior não exige ter conta fora do país, dólares disponíveis e nem precisa trazer grandes burocracias adicionais.

As ações das principais empresas americanas, por exemplo, são negociadas na própria B3 através dos BDRs, que são depósitos lastreados nas próprias ações emitidas nos Estados Unidos.

Ou seja, se você tiver conta em uma plataforma de investimentos nacional, como o BTG Pactual, pode se tornar sócio de companhias como Apple, Google ou Amazon com poucos cliques.

Outra opção interessante é optar por fundos expostos ao mercado estrangeiro. Eles podem ser comprados da mesma maneira que fundos comuns disponibilizados por bancos e corretoras no Brasil, mas alocam seus recursos em ativos do exterior.

O BTG Pactual, por exemplo, oferece um fundo de ações globais voltado especialmente para quem deseja começar a investir no exterior. Por meio dele, é possível investir nas maiores companhias globais com uma série de vantagens, como:

  • Investimento a partir de R$ 100;
  • Resgate em apenas 4 dias;
  • Zero taxa de performance e taxa de administração de apenas 1% a.a.;
  • Gestão profissional;
  • Não precisa se preocupar com a hora de comprar ou vender as ações;
  • Proteção do risco-Brasil;
  • Sem dores de cabeça relacionadas à declaração de Imposto de Renda.

Por fim, um modelo de investimento que vem crescendo bastante – e que serve para quem quer fugir um pouquinho do Brasil, são os ETFs, que nada mais são do que os fundos de índice, ou seja, produtos de investimento desenhados para acompanhar a variação de indicadores como o Ibovespa ou o S&P 500, por exemplo.

Compartilhe

Conteúdo BTG Pactual

Quer controlar melhor seus gastos? Este banco usa tecnologia e inteligência de dados para melhorar sua relação com o dinheiro

4 de abril de 2022 - 10:00

Funcionalidade Finanças+, do BTG Pactual, permite que você acompanhe suas despesas divididas em categorias e te ajuda a alcançar seus objetivos com dicas e alertas personalizados

Conteúdo BTG Pactual

Da conta corrente aos investimentos: conheça todos os serviços do BTG Pactual

28 de março de 2022 - 10:00

Entrou para o mundo dos investimentos e está em busca de um banco moderno e prático que integre todos os seus serviços? BTG Pactual é um banco completo, com soluções para diversos objetivos e públicos

Conteúdo BTG Pactual

Ouro em alta: tradicional porto seguro do mercado ajuda a diversificar a carteira em meio à crise

21 de março de 2022 - 10:00

Em tempos de alta dos juros, guerra e instabilidade mundial, o metal torna-se uma boa alternativa para proteger o patrimônio; veja como investir

Conteúdo BTG Pactual

O que esperar da próxima reunião do Copom e como ela pode afetar seus investimentos?

9 de março de 2022 - 14:00

Previsões de mercado indicam novo aumento da Selic; investidor precisa estar preparado para escolher os melhores ativos para o portfólio

Conteúdo BTG Pactual

ESG deixou de ser apenas politicamente correto e já é bom caminho para garantir lucros; veja como investir

7 de março de 2022 - 10:00

Fundos, ETFs e carteiras recomendadas estão disponíveis para quem quer fazer investimentos com foco em aspectos sociais, ambientais e de governança; conheça uma forma prática de ingressar no mercado ESG

Conteúdo BTG Pactual

Selic ‘ultrapassa’ IPCA e facilita a vida do investidor que deseja proteger seu dinheiro; veja como

3 de março de 2022 - 10:00

Produtos reúnem segurança, liquidez e previsibilidade agora e são ideais para a construção de uma reserva de emergência

CONTEÚDO BTG PACTUAL

Apesar de turbulências, fundos imobiliários estão descontados e seguem como excelente opção para uma carteira diversificada

22 de fevereiro de 2022 - 9:19

Segundo BTG Pactual, muitos FIIs estão com preços abaixo de seu valor e trarão boas janelas de ganhos ao longo de 2022

Conteúdo BTG Pactual

Participe da CEO Conference Brasil, maior evento do mercado financeiro organizado pelo BTG Pactual

14 de fevereiro de 2022 - 10:00

Evento com transmissão online terá a presença de alguns dos principais nomes da economia, política e tecnologia. Faça sua inscrição!

Conteúdo BTG Pactual

Não sabe onde investir? Conheça as carteiras recomendadas do BTG Pactual e conte com as indicações de ações e FIIs do maior banco de investimentos da América Latina

7 de fevereiro de 2022 - 10:00

As carteiras ‘top picks’ do BTG Pactual incluem recomendações de ações, fundos imobiliários e BDRs

Conteúdo BTG Pactual

Plataforma BTG Pactual oferece ecossistema completo para operar renda variável e fazer Day Trade; conheça

17 de janeiro de 2022 - 10:00

Ações, fundos imobiliários, derivativos, opções podem ser negociados pelo BTG Trader; saiba mais sobre a plataforma e quais vantagens ela oferece para o investidor pessoa física

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar