🔴 NOVA META: RENDA EXTRA DE ATÉ R$ 2.000,00 POR DIA – VEJA COMO

Letícia Flávia Pinheiro
Letícia Flávia Pinheiro
Jornalista formada pela Universidade de São Paulo (ECA-USP) e redatora para os portais Seu Dinheiro e Money Times.
Conteúdo Empiricus

Esta criptomoeda rendeu +400% em 10 meses… mas é ‘furada’; diz analista; entenda o motivo

O analista André Franco diz que XRP é cilada e não vale a pena investir (ainda que a moeda entregue eventuais lucros), saiba por quê:

Letícia Flávia Pinheiro
Letícia Flávia Pinheiro
28 de outubro de 2021
14:21 - atualizado às 14:40
criptomoeda XRP
“Pelo bem dos seus investimentos, nunca na sua vida invista em XRP”, alerta analista; Saiba por que criptomoeda que subiu +400% nesse ano é cilada, assim como SHIBA e DOGE Imagem: Shutterstock

Em um mercado recém-criado como o de criptomoedas, que possui mais de 8.000 ativos digitais, separar o joio do trigo não é tarefa fácil. Muito menos impedir pessoas de caírem em esquemas de pirâmides ou bolhas especulativas. Esse parece ser o caso da criptomoeda XRP da empresa de tecnologia Ripple.

Em dez meses, XRP já rendeu +400%, transformando R$1000 em R$5000. Olhando para seu lucro até aqui, ela aparenta até ser uma cripto promissora... Mas na realidade, ela está muito mais próxima de ativos como Dogecoin (DOGE) e Shiba Inu (SHIB). Ou seja: não passa de uma irracionalidade do mercado. 

Quem defende essa ideia e abomina a compra de XRP é o André Franco, analista da Empiricus. Sua carteira recomendada Crypto Legacy acumula 3.514% de lucro desde 2017, com indicações das criptos mais promissoras do mercado e alertas aos investidores sobre verdadeiras furadas dessa classe de investimentos (acesse gratuitamente aqui).

O André faz parte do grupo dos especialistas que já vieram a público se posicionar contra a XRP. Um deles é ninguém menos do que Adam Back - inventor do algoritmo que serviu como base para a mineração do bitcoin (hashcash) - que há algum tempo, disse: 

“XRP não é um ativo. É uma fraude”. Veja você mesmo: 

Em português (tradução livre): "XRP não é um ativo, é uma fraude aberta, e é chocante, ultrajante que a SEC ainda não o ter fechado" - Fonte: Twitter

Mas quais os motivos que levam XRP ser uma aberração para os estudiosos mais sérios do mundo cripto? Te explico a seguir:

XRP: por que essa criptomoeda pode corroer o dinheiro dos investidores a qualquer momento? 

A equipe de análise de criptomoedas da Empiricus apontou três motivos para NÃO investir em Ripple :

  1. Seu token não é útil; 
  2. Seu protocolo é centralizado na empresa fundadora; 
  3. A Ripple é processada pela SEC (CVM americana).

E se essas 3 questões não parecem ser problemáticas para você, coloquemos os pingos nos Is: 

1. Seu Token não é útil 

Em primeiro lugar, o projeto da Ripple tem como objetivo ser uma plataforma para remessas internacionais. O projeto em si é bom, de acordo com o André Franco. Então, onde está o problema? 

Justamente no fato de que qualquer tipo de transferência não requer a utilização do token XRP. “Não existe incentivo para investidores comprarem e segurarem esses ativos por um período longo”, explica o analista.

“Esses são aqueles tipos de ativos que dão certo por muito tempo, até que, um dia, não dão”, afirma André, diante da falta de utilidade prática da criptomoeda.  

2. Seu protocolo é centralizado na empresa fundadora 

O segundo ponto é que quando falamos sobre o mercado de criptomoedas, um dos tópicos que mais salta aos olhos dos investidores são seus projetos descentralizados. Eles permitem que a sociedade realize transações, faça e peça empréstimos, acesse a internet e até jogue sem depender dos governos, bancos, empresas de tecnologia ou outras instituições financeiras. 

Esse é o caso da Ethereum, a plataforma mais famosa que visa reformular o sistema financeiro, sem a necessidade de um agente centralizador em seu protocolo.

Mas o que o XRP tem a ver com isso?

Diferente da Ethereum, o XRP possui o protocolo centralizado. Ou seja: ele é controlado pela sua empresa criadora, a Ripple. E não é só isso: a Ripple detém mais de 60% do supply  (total de oferta de ativos).

E quais as consequências disso? 

Segundo André Franco, isso cria uma enorme pressão vendedora por parte daqueles que estão por trás do XRP.  “Dessa forma, o token era apenas um mecanismo de geração de receita para a empresa”. 

E é aí que mora o grande perigo…

3. A Ripple é processada pela SEC (CVM americana)

 A comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos (SEC, em inglês) identificou que a Ripple força notícias otimistas sobre a XRP para provocar o aumento do interesse do varejo em comprá-la, enquanto os executivos da casa despejavam milhões dessa moeda no mercado.

Assim, um ciclo vem se retroalimentando: existe muita XRP no mercado e um apetite gigantesco de compra com notícias sensacionalistas sobre o ativo, fazendo-o subir. 

Moral da história: a alta de +400% não tem fundamento algum

Em meio a essa prática bem questionável alertada em relatório exclusivo da série Crypto Legacy, um grupo de mais de 20 mil pessoas se uniu no Telegram para bombar a XRP e elevar o preço da moeda. 

André Franco alerta que só ganha com a moeda quem chega primeiro - no caso, os grupos de empresários e investidores que bombam o preço dela. 

“Enquanto isso, os que chegam atrasados na festa tendem a perder. Essa estrutura lembra muito as das temidas pirâmides financeiras”, afirma o analista.

Por esses motivos, a SEC iniciou um processo contra a Ripple no fim de 2020, com o objetivo de enquadrar o ativo XRP como valor mobiliário. 

Mas quem pensou que o criptoativo iria cair por causa desse processo, estava muito enganado… 

Diante de todas essas questões, XRP continua bombando entre as 10 mais valiosas criptomoedas do mundo. Por quê? 

Depois do processo iniciado pela SEC, o esperado era que finalmente as pessoas iriam “cair na real” e tomariam consciência do risco que é o XRP. Mas o que vimos acontecer foi o oposto: a moeda alcançou a sua máxima histórica em abril deste ano, alcançando os US$1,96. 

Na opinião do analista André Franco, o mercado se mostrou irracional e com apetite pelas famosas '"shitcoins". Isto é, criptomoedas sem fundamentos marcadas por uma comunidade de investidores que se reúne para especular em cima delas.   

A mais famosa é a Dogecoin (DOGE), moeda que surgiu em 2013 com o objetivo de ser unicamente um meme. Sim: o ativo não tem nenhuma utilidade. E apesar disso, o que era uma brincadeira tem agora mais de 31 bilhões em valor de mercado. Como? 

Simples: especulação.   

Fonte: Empiricus 

DOGE é conhecido pelas altas abruptas por motivos aleatórios (sendo a maioria deles tuítes do bilionário Elon Musk). Aqueles que entraram há tempos na brincadeira conseguiram surfar a onda dessas altas... Por outro lado, esse movimento especulativo traz prejuízo aos que chegam atrasados à festa, afirma André Franco.

Tradução: “Uma palavra: Doge”. Exemplo de tuíte de Elon Musk que fez o ativo, que não tem utilidade, decolar em 30%; Fonte: Twitter 

Esse não é o único caso de irracionalidade do mercado. Outra moeda que está nos holofotes ultimamente é a Shiba Inu (SHIBA). 

O token digital também nasceu como uma brincadeira, com o propósito de competir com o Dogecoin (DOGE), e também sofre movimentos de alta aleatórios em razão de tweets de Elon Musk e a pressão da comunidade. 

Além disso, assim como XRP, 50% dos tokens estão nas mãos de um único investidor.

Esse tweet que Elon Musk postou de seu cachorro da raça Shiba Inu fez com que SHIBA valorizasse 136,4% em 2 dias - Fonte: Twitter

Na opinião de André Franco, a Shiba Inu poderia estar envolvida diretamente com esquema de golpe com investidores. Assim como a Dogecoin, a Shiba Inu também começou como uma piada, mas acabou indo longe demais, na avaliação do criptoanalista. 

"A Shiba tem o propósito de enriquecer os criadores e deixar investidores para escanteio”, explica André Franco.

Apesar de todo esse risco, SHIBA é agora a 11ª maior criptomoeda do mundo, com mais de US$ 28 bilhões em capitalização de mercado…

  • E por que estou te contando tudo isso? Para mostrar que, em um mercado embrionário, como é o caso do de cripto, é natural imaginar que alguns ativos ruins cresçam junto com o todo. Esse é o caso de DOGE, SHIBA e XRP: por trás dos ganhos, não existe nenhum fundamento

Não se deixe levar por promessas de ganhos rápidos e estratégias miraculosas: enquanto alguns se seduzem por XRP, golpes e pirâmides, investidores inteligentes constroem riqueza

No mercado financeiro, sempre existem os “sortudos” e os “azarados”. Me refiro àqueles que apostaram em uma tacada sem conhecê-la a fundo e ganharam muito ou perderam tudo... Se você é um investidor responsável, imagino que não queira jogar seu dinheiro nesse lance de sorte. 

O próprio André Franco, eleito uma das 50 pessoas mais influentes do mercado cripto brasileiro pela CoinTelegraph Top 50, alerta seus leitores para que não se deixem levar por promessas de ganhos rápidos e estratégias miraculosas. 

“Optar pelo caminho mais rápido pode dar certo uma ou duas vezes, o que te trará mais confiança, até o momento em que você pode ficar muito exposto, muito confiante e quebrar. Mantenha seus investimentos com foco no longo prazo, escolhendo ativos com bons projetos e equipes”, aconselha André Franco. 

A Empiricus, uma das maiores casas de análise financeira voltada para o investidor pessoa física, entende que vale a pena ter uma pequena parcela do seu patrimônio investido em cripto. 

Porém, é necessário ter diligência na hora de escolher os criptoativos certos. Você não precisa comprar “shitcoins” para ganhar dinheiro. Existe uma série de projetos sérios, com fundamentos, indicados pelo André Franco (que diga-se de passagem, estão entregando retornos até maiores). 

Um exemplo é o ativo AXS, indicado por André para os assinantes do Crypto Legacy em janeiro deste ano. A cripto valorizou mais de 12.000% de janeiro para cá. Veja você mesmo no gráfico abaixo: 

Valorização do ativo AXS de 1 de janeiro até hoje (28/10) 

E desde então, e os investidores que escutaram o André, ganharam uma bolada.

Print da mensagem recebida pelo André Franco por Instagram de assinante que investiu em AXS - Fonte: André Franco / Arquivo Pessoal 

Não deixe dinheiro na mesa; Invista nos criptoativos certos para não cair em ciladas e tenha a chance de ver seu patrimônio se valorizar 

Em toda modalidade de investimentos é comum aparecerem ciladas. Mas no mercado cripto há um diferencial: existem nele mais de 8 mil ativos, subdivididos em modalidades diversas (arte digital, novos sistemas financeiros, novas tecnologias de internet e por aí vai), o que torna ainda mais difícil agir sozinho, sem um suporte especializado.

E é por isso que André Franco está convidando você para acessar a sua série Crypto Legacy por sete dias gratuitos (desbloqueie seu acesso de 7 dias gratuitos aqui)

Aceitando esse convite, você tem acesso a lista de 16 criptoativos recomendados pelo analista do Crypto Legacy, bem como a todo o conteúdo da série. Você pode olhar os ativos, ler as análises, participar de plantões de dúvidas e até fazer cursos disponíveis gratuitamente lá dentro - sem compromisso financeiro algum nesse primeiro momento.

Para você ter uma noção da dimensão dessa oportunidade, quem seguiu à risca a carteira Crypto Legacy desde sua criação, em 2017, viu seu dinheiro render mais de 3.514% em reais em apenas quatro anos. 

Você tem noção do que é isso?

  • R$500 se tornaram R$ 18.070;
  • R$1000 se tornaram R$ 36.140;
  • $5000 se tornaram R$180.700.

Tudo isso em quatro anos, com diversificação e sem correr riscos desnecessários

É claro que retorno passado não é garantia de retorno futuro. 

Mas o que eu quero que você entenda é que esse é um exemplo real do potencial de multiplicação de capital das criptomoedas com bons fundamentos. 

E com a orientação correta, você também pode ter a chance de ganhar retornos como esses, sem apostar seu dinheiro em investimentos especulativos. Portanto, deixo o convite do André disponível no botão abaixo:

Clicando no botão acima, o André te explica mais sobre a série e sobre como funcionam os sete dias de degustação. Mas já te adianto que, se não gostar do que viu, basta cancelar sua inscrição (antes do fim dos 7 dias) que você será 100% reembolsado. 

Se você gostar do conteúdo, você pode continuar, pagando um valor simbólico por mês (clique aqui para conferir) para ter o acompanhamento e orientação de um especialista no que comprar e quando vender. 

Você pode simplesmente anotar as indicações do André e cancelar a degustação da série. Algumas pessoas fazem isso, e você tem o direito também. Mas pode ser que você goste tanto das recomendações que vai receber e ganhe tanto dinheiro com elas que nunca mais vai querer ficar de fora. 

  • De acordo com os cálculos do analista, estamos diante do Rali das Criptomoedas, que representa uma oportunidade de valorização desse mercado. O Rali já começou, mas ainda dá tempo de surfar essa onda. Acessando ao convite do André, você também pode ver como entrar nessa corrida:

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

3R (RRRP3) incorpora Enauta (ENAT3) em fusão, mas vale a pena investir? Analista recomenda ação de outra petroleira do ramo das ‘junior oils’

21 de maio de 2024 - 16:00

Se você busca ganho de capital com risco controlado, essa outra petroleira independente pode ser uma melhor opção; veja nome e ticker da ação

conteúdo empiricus

Bitcoin decola e atinge US$ 70 mil, mas essas criptomoedas podem ir além e valorizar até 39.900%; entenda

21 de maio de 2024 - 14:43

Bitcoin dispara e atinge US$ 70 mil, mas casa de análise acredita que criptomoedas menores e menos conhecidas podem ir ainda mais longe em breve; veja as recomendações

Conteúdo Empiricus

Analista que alertou sobre o fim dos dividendos ‘gordos’ de Taesa (TAEE11) recomenda outras 5 ações para buscar dinheiro ‘pingando na conta’; confira

21 de maio de 2024 - 14:00

Desde 2023, este analista vem alertando os investidores sobre a possível queda dos dividendos de Taesa (TAEE11)

conteúdo empiricus

LCI ou LCA perto do vencimento? Veja onde investir a partir de R$ 1.071 em renda fixa para receber até IPCA +7,1% isento de IR

21 de maio de 2024 - 13:00

Alternativa para LCIs e LCAs, títulos da renda fixa “turbinada” também são isentos de Imposto de Renda e costumam ter remunerações acima da média; confira recomendações

Conteúdo Empiricus

Estatais: por que não acompanhá-las pode ser um “tiro no pé” do investidor?

21 de maio de 2024 - 10:00

Companhias podem ser rejeitadas por conta do risco político inerente, mas fornecem drivers para outros investimentos

conteúdo empiricus

Eu avisei que a criptomoeda AXS poderia decolar: quem ouviu lucrou até 24.000% em 10 meses – agora você pode buscar até 39.900% de lucro

21 de maio de 2024 - 8:00

Casa de análise está prestes a selecionar novas criptomoedas com potencial de multiplicação exponencial – a projeção é de que esses projetos possam valorizar até 39.900%; entenda

Conteúdo Empiricus

Renda fixa dos ‘endinheirados’ cresce 3% em 2024; conheça os títulos que pagam até IPCA +7,1% e saiba como investir

20 de maio de 2024 - 16:00

Segundo a B3, o número de investidores na renda fixa é 3x maior que na renda variável; veja como investir nos títulos ‘premium’

Conteúdo Empiricus

EUA pode ter ‘novo Javier Milei’ na Casa Branca? Político americano é pró-criptomoedas e quer isentar Bitcoin (BTC) de imposto

20 de maio de 2024 - 12:00

Robert F. Kennedy Jr. estará em evento de criptomoedas junto a especialista brasileiro; confira as apostas para o mercado

Conteúdo Empiricus

Quais foram os destaques positivos e negativos da temporada de balanços do 1T24? Analistas citam Petrobras (PETR4), Gerdau (GGBR4), Usiminas (USIM5) e mais

20 de maio de 2024 - 12:00

Para analista, alguns setores, como o varejo, tiveram resultados aquém do esperado, enquanto o setor financeiro foi um dos destaques positivos; veja um ‘resumão’ da temporada do 1T24

Conteúdo Empiricus

‘O Brasil é o aluno nota 6: nem quebra, nem vira os EUA’: entenda por que cenário doméstico pode melhorar, segundo analista

20 de maio de 2024 - 10:00

Para a analista da Empiricus Research Larissa Quaresma, existem fatores que podem jogar a favor da bolsa brasileira neste momento; saiba como aproveitar

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar