Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-05T18:15:29-03:00
Larissa Vitória
Antiga InfraCo

Unidade de fibra ótica da Oi (OIBR3) muda de nome para V.tal e sonha com IPO

O novo ativo já nasce com a maior infraestrutura de fibra ótica do Brasil e deve receber cerca de R$ 30 bilhões em investimentos nos próximos quatro anos

5 de agosto de 2021
17:35 - atualizado às 18:15
Oi

Para marcar o novo posicionamento de sua rede neutra de fibra ótica, a Oi anunciou nesta quinta-feira (5) que a InfraCo passa a se chamar V.tal.

O novo ativo já nasce com a maior infraestrutura de fibra ótica do Brasil, de acordo com a empresa. O posicionamento institucional da unidade, divulgado em comunicado, afirma que ela será “viabilizadora de uma rede de alta velocidade para operadoras e provedores de internet, permitindo a otimização dos investimentos e a expansão dos negócios com rápida entrada no mercado”.

Por ser neutra, a rede evita ainda a redundância de construção de infraestrutura por diferentes operadoras, o que, conforme explica o comunicado, tipicamente ocorre no segmento de telecomunicações.

Apesar de pouco explorado no Brasil, o modelo já é adotado em vários países pois permite que as operadoras e provedores expandam e melhorem suas operações sem precisar de investimentos intensivos em infraestrutura.

“Nossa proposta é atender as mais diversas empresas de telecomunicações, das operadoras aos provedores regionais, ajudando a expandir a oferta de banda larga de altíssima velocidade em todo o Brasil”, afirma Pedro Luiz Arakawa, diretor comercial da nova operação.

A previsão é que a empreitada receba cerca de R$ 30 bilhões em investimentos nos próximos quatro anos e alcance 32 milhões de lares brasileiros. 

Vale a pena comprar as ações da Oi? Entenda porque a empresa ainda pode crescer neste vídeo exclusivo e inscreva-se no canal do Seu Dinheiro no YouYube para outros conteúdos sobre investimentos:

Estrutura da provedora

Vale lembrar que o grupo Oi será dono de 42% da operação. Os 58% restantes já foram vendidos ao BTG Pactual, que controlará a V.tal por meio dos seus fundos de investimento.

A Oi reforça que a conclusão do processo de transferência de controle — previsto para o final de 2021 — ainda aguarda as devidas aprovações do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Rodrigo Abreu, CEO da Oi, aposta que a troca de controle da companhia ajudará a acelerar a expansão da fibra óptica no Brasil. “A criação da V.tal como operação neutra materializa a visão de separação estrutural proposta em nosso plano de transformação e permite o início de um novo ciclo de crescimento da infraestrutura de telecomunicações no país”.

Oi planeja IPO da V.tal?

Em um momento no qual empresas se enfileiram à espera de uma abertura de capital, o CEO da Oi foi questionado, durante conferência com jornalistas, sobre uma possível Oferta Pública Inicial (IPO, da sigla em inglês) da V.tal.

O executivo admitiu a expectativa para que a unidade seja listada em bolsa, mas reforçou que qualquer decisão a respeito dependerá do controlador, o BTG Pactual: “A Oi continua como acionista, mas uma acionista minoritária, a partir do futuro controlador eu acredito que teremos essa conversa”.

Abreu também destacou que a operação é viável graças à oportunidade de expansão para a unidade de fibra ótica. “Sobre o sucesso dos IPOs dos provedores regionais, o Brasil tem aproximadamente 90 milhões entre domicílios e pequenos negócios. Desses, aproximadamente entre 15% e 18% são conectados por fibra. Isso mostra que tem uma oportunidade grande no país e creio que os provedores regionais estejam captando parte dessa oportunidade. Então os IPOs mostram isso de forma muito bem-sucedida”.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

IPO adiado

Bluefit: nem desconto de 20% garante estreia da rede de academias na bolsa

Inicialmente estimado em R$ 600 milhões, IPO da rede de academias de baixo custo agora deverá ter o valor reduzido e envolver apenas investidores institucionais, como fundos e fundações

Tensão EUA-China

Executiva da Huawei detida no Canadá em 2018 volta à China após acordo com os EUA

Confinada à cidade de Vancouver há quase três anos, onde havia sido presa sob acusação de fraude, CFO da Huawei, Meng Wangzhou, protagonizou incidente diplomático entre Canadá, EUA e China

o melhor do seu dinheiro

Mercados na semana: O destino da Evergrande, uma análise da Vale e seis ações indicadas por analistas

A semana que termina nos mercados foi marcada pela incerteza quanto ao futuro da incorporadora chinesa Evergrande e seus desdobramentos sobre a economia global. A crise na empresa, que tem um passivo oscilando à beira da insolvência, é consequência do aperto monetário e regulatório sobre o setor promovido pelo governo chinês desde o final do […]

Estimativas

Carrefour (CRFB3) divulga projeção para Atacadão e estima R$ 100 bi em vendas em 2024

A projeção de vendas brutas da rede no exercício social que se encerrará em 31 de dezembro de 2021 é de R$ 60 bilhões

PODCAST MESA PRA QUATRO

Da Conga até o Tik Tok: Gretchen conta de sua carreira artística e como administra seu dinheiro

Aos 60 anos, Gretchen relata sobre sua independência financeira e histórias de família e de carreira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies