Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-26T18:41:41-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
executivo dos sonhos

Otimismo toma conta de investidores da BR Distribuidora com chegada de ex-CEO da Eletrobras

Trabalho feito pelo executivo na Eletrobras anima investidor quanto às perspectivas futuras da distribuidora de combustíveis

26 de janeiro de 2021
13:03 - atualizado às 18:41
Wilson Ferreira Júnior, presidente da Eletrobras
O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, durante audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados. - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O azar da Eletrobras (ELET6) com a saída de Wilson Ferreira Júnior do comando é a sorte da BR Distribuidora (BRDT3), porque ela será administrada por um executivo com excelentes credenciais, que deve seguir adiante com o processo de desestatização da distribuidora de combustíveis e inaugurar uma nova era de crescimento na companhia, segundo analistas.

A notícia levou os papéis das duas empresas a operarem nas pontas opostas do Ibovespa nesta terça-feira (26). As ações ordinárias da Eletrobras (ELET3) caíram 9,69%, a R$ 27,31, enquanto as preferenciais classe B (ELET6) recuaram 6,80%, a R$ 28,50, as maiores baixas do índice.

Já as ações da BR Distribuidora tiveram a maior alta do Ibovespa no dia, fechando com valorização de 9,57%, a R$ 22,90, depois de terem chegado a subir dois dígitos durante o pregão.

O sentimento positivo em relação à chegada de Ferreira Júnior ao comando da BR Distribuidora tem a ver com o bom trabalho que fez em reestruturar a Eletrobras desde 2016, quando assumiu a presidência da estatal de energia, abrindo caminho para a sua privatização, segundo o BTG Pactual.

Agora, no comando da BR Distribuidora, Ferreira Júnior pode possibilitar a saída definitiva da Petrobras do capital social da distribuidora – atualmente, sua participação é de 37,5%.

Para os analistas Thiago Duarte e Pedro Soares, a chegada do executivo pode gerar “um sentimento positivo em relação à história da reestruturação da BR Distribuidora”, criando condições para que a Petrobras venda as ações a bons preços. Ele também deve levar a distribuidora a ter novas ambições de crescimento.

“No fim, nossa avaliação é que a BR Distribuidora, que é percebida como uma história de rendimento [de dividendos], pode se transformar em uma empresa mais de crescimento de negócios, com lojas digitais e plataformas de pagamentos digitais como um a mais”, diz trecho do relatório.

Pedro Serra, gerente de research da Ativa Investimentos, vai pelo mesmo caminho, avaliando que a primeira fase da reestruturação da BR Distribuidora – comandada por Rafael Grisolia e que consistia em deixar de ser controlada da Petrobras e cortar gastos – ficou para trás. A nova gestão terá de buscar sua participação de mercado perdida e revisitar os seus negócios, pontos que pouco avançaram na gestão passada.

“Todos esses desafios e oportunidades demandarão uma liderança com boa capacidade de gerar valor para os acionistas e, do ponto de vista interno, firme e amplamente reconhecida para contar com engajamento de seus colaboradores na execução dos próximos planos estratégicos que deverão surgir", diz ele em nota.

Para Frank McGann, do Bank of America (Bofa), a BR Distribuidora, a chegada de Ferreira Júnior ocorre num momento em que o setor de energia brasileiro passa por profundas transformações, especialmente com a venda das refinarias da Petrobras, algo que deve melhorar as condições de comercialização de combustíveis. A vinda de um executivo experiente deve ajudar na adaptação ao atual momento.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

seu dinheiro na sua noite

Com alta da Petrobras, Ibovespa fecha terça no azul; veja os destaques

Dia teve tanto o Ibovespa quanto o dólar em uma verdadeira montanha-russa, mas altas de Vale e Petrobras garantiram fechamento no azul

FECHAMENTO DO DIA

Vale puxa o Ibovespa e garante alta do dia, mas dólar avança com temores fiscais na véspera do Copom

Em Nova York, a volatilidade foi mais comedida. No Brasil, o conturbado cenário interno trouxe dor de cabeça e tensão para o Ibovespa e o câmbio

Chama o Max!

Como ter renda extra através de ações? Max Bohm explica os diferentes tipos de proventos!

Já pensou viver de renda? É o sonho de muitos brasileiros. Max Bohm, analista da Empiricus, explica quais são os diferentes tipos de proventos recebidos por um acionista. Confira agora!

Com preço no piso da faixa indicativa, Raízen movimenta R$ 6,9 bilhões no IPO; veja o que vem a seguir para esta ação

Ação da produtora de açúcar e álcool e dona dos postos Shell é precificada a R$ 7,40 e começará a ser negociada no próximo dia 5

DISPUTA DOS BANCÕES

Bradesco aumenta lucro em 63%, a R$ 6,3 bilhões — mas não supera Itaú

Cifra do período não supera a projeção de lucro de R$ 6,596 bilhões, apontada pelo mercado, conforme dados da Bloomberg

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies