Menu
2021-06-03T22:30:50-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
cardápio de balanços

Itaúsa e BTG: os balanços que mexem com o mercado nesta terça

Resultados são do primeiro trimestre de 2021, período ainda marcado pela incerteza por conta da pandemia de covid-19; veja os destaques

11 de maio de 2021
7:25 - atualizado às 22:30
Itaúsa
Imagem: Reprodução

O mercado financeiro tem nesta terça-feira (11) mais um dia de balanços para ajudar a movimentar o Ibovespa. Entre a noite de ontem e a manhã de hoje, ao menos outras duas empresas que fazem parte do índice divulgaram resultados: Itaúsa e BTG Pactual.

Os resultados são do primeiro trimestre de 2021, período ainda marcado pela incerteza por conta da pandemia de covid-19. Veja abaixo os destaques de cada balanço.

Itaúsa

A Itaúsa apresentou lucro líquido de R$ 2,207 bilhões no primeiro trimestre deste ano, alta de 118,1%. O lucro líquido recorrente foi de R$ 2,408 bilhões, avanço de 123,4%. O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) sobre o PL Médio atingiu 15,2%, aumento de 7,7 pontos porcentuais na comparação anual.

O ativo total da holding somou R$ 63,886 bilhões, 14,9% superior ao do mesmo período do ano passado. O patrimônio líquido fechou o trimestre em R$ 58,696 bilhões, 13% maior do que em igual intervalo de 2020. A companhia registrou crescimento de 704,3% no endividamento líquido, atingindo R$ 1,303 bilhão.

BTG

O BTG Pactual registrou lucro líquido de R$ 1,176 bilhão no primeiro trimestre de 2021, 53% superior ao do mesmo intervalo de 2020. Pelo critério ajustado, o lucro foi de R$ 1,197 bilhão, alta de 55,8%. As receitas totais alcançaram R$ 2,786 bilhões, crescimento de 84%.

Os ativos totais cresceram 39,6% no primeiro trimestre frente ao mesmo período de 2020, para R$ 279,8 bilhões, enquanto os ativos sob gestão aumentaram 78,7% no mesmo intervalo comparativo, para R$ 767,43 bilhões. O retorno anualizado sobre o patrimônio líquido (ROAE) cresceu 2,3 pontos-base no primeiro trimestre passado frente ao mesmo período de 2020, para 16,8%.

*Com informações de Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

de olho na reabertura

Vacina no braço e compra de ações: por que o UBS (o banco suíço) agora recomenda a bolsa brasileira

Banco suíço cita as revisões de crescimento para a economia brasileira, menor risco fiscal, expectativa de lucro das empresas e preços em patamares “convidativos”

seu dinheiro na sua noite

Anitta no conselho do Nubank, mais ofertas de ações e o ponto de inflexão do minério de ferro

Acostumado a fazer barulho no mercado, o Nubank fez, nesta segunda-feira, mais um anúncio que deu o que falar: a contratação da cantora e empresária Anitta para integrar o conselho de administração da empresa. A garota do Rio, nascida no bairro suburbano de Honório Gurgel e alçada à fama pelo funk carioca, ocupará uma cadeira […]

linhas 8 e 9

CCR assina acordo de acionistas com RuasInvest no Consórcio Via Mobilidade

Acordo prevê os porcentuais de participação de 80% da CCR e de 20% da RuasInvest no Consórcio ViaMobilidade Linhas 8 e 9

Microcaps

Panvel (PNVL3): é hora de investir?

A rede Panvel é queridinha no Sul do país. Sua recuperação tem mostrado que ela pode ser uma gema entre as microcaps da Bolsa. Descubra se vale a pena investir nela no Chama o Max de hoje.

sinal verde

Câmara aprova texto-base da MP que viabiliza privatização da Eletrobras

Placar foi de 258 votos contra 136; texto já havia sido aprovado pela Casa, mas voltou depois de alterações no Senado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies