🔴 AS BIG TECHS ESTÃO ‘SUGANDO’ DINHEIRO DA BOLSA BRASILEIRA? – VEJA COMO SE PROTEGER

Estadão Conteúdo
Põe na conta

Depois da compra de fintech, BTG planeja mais duas aquisições

“Essa aquisição está muito alinhada com o que tem sido o nosso foco de expandir nossas operações de varejo digital, ter escala, ganho de eficiência e produtividade”, diz o sócio do BTG

Estadão Conteúdo
18 de março de 2021
12:16 - atualizado às 19:14
compra online e-commerce
Imagem: Shutterstock

Dois meses depois de fazer sua segunda capitalização na Bolsa de Valores em menos de um ano, quando colocou mais R$ 2,5 bilhões no caixa, o BTG Pactual mostrou que seguirá dando tração na trajetória de expansão de sua unidade de varejo digital.

Com a compra da fintech de consolidação de investimentos Kinvo, sexta aquisição para reforço de sua plataforma, o banco prevê até mais duas compras para deixar a estrutura mais adequada para capturar o crescimento desse mercado, que vem avançando a passos largos com os juros baixos no País, o que deve seguir mesmo com a alta da Selic pelo Comitê de Política Monetária (Copom) nesta quarta, 17.

Pela Kinvo, que possui mais de 700 mil usuários, com R$ 120 bilhões em investimentos cadastrados, o BTG desembolsou R$ 72 milhões. "Essa aquisição está muito alinhada com o que tem sido o nosso foco de expandir nossas operações de varejo digital, ter escala, ganho de eficiência e produtividade", diz o sócio do BTG responsável pela plataforma digital de investimentos, Marcelo Flora.

Segundo o executivo, depois de uma série de aquisições que ajudaram a fortalecer a plataforma digital e cerca de R$ 1 bilhão investidos em tecnologia desde 2014, quando o projeto começou a ser desenhado, com "mais uma ou duas aquisições" a plataforma estará com a estrutura que o banco considera ideal. Existe uma potencial aquisição na mesa, conta Flora, que está sendo analisada desde 2018.

O tempo gasto para cada transação sair do papel é um cuidado para fechar negócios a preços certos. Ele diz que outras compras virão, mas que o banco não vai entrar no "oba-oba" e não fará nenhuma aquisição de ativos a preços "exorbitantes".

Flora conta que o BTG estava em busca de um consolidador de investimento, que é uma plataforma capaz de unir toda a vida de investimentos dos clientes, desde 2018. Com a Kinvo, as conversas tiveram início no começo do ano passado. "Avaliamos todas as consolidadoras e tínhamos uma barreira, porque não queríamos comprar uma fatia minoritária. E, depois que decidimos não criar uma consolidadora do zero, resolvemos comprar a maior", afirma.

Além de atrair escritórios de agentes autônomos, de nomes grandes antes plugados à XP, com aquisição minoritária no EQI e a Lifetime, o BTG comprou no ano passado, por R$ 348 milhões, a corretora Necton, que nasceu de uma união entre as empresas da velha-guarda do mercado, Concórdia e Spinelli. Antes, colocou para dentro a corretora Ourinvest. A primeira ida ao mercado para fortalecer o segmento de varejo foi a compra da Network Partners, em 2018, uma empresa formada por ex-sócios da XP e especializada no relacionamento com agentes autônomos.

Mesmo que a competição entre as plataformas de investimentos tenha se acirrado, Marcelo Flora aponta que o foco nesse ambiente competitivo são os grandes bancos, que seguem concentrando quase 90% do dinheiro dos investidores no Brasil. "O que migrou de investimentos dos grandes bancos para as plataformas foi muito pouco", diz.

"A aquisição faz parte de um movimento que o BTG tem feito nos últimos anos de crescimento de sua operação de gestão de fortunas, por meio de aquisições de instituições e fintechs que aumentem seus ativos sob gestão ou que agreguem produtos e serviços para a sua base de clientes", comenta o analista da Ativa Investimentos, Leo Monteiro.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Compartilhe

BRIGA PELO TRONO GRELHADO

Acionistas da Zamp (BKBR3) recusam-se a ceder a coroa do Burger King ao Mubadala; veja quem rejeitou a nova oferta

21 de setembro de 2022 - 8:01

Detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) já rechaçaram a nova investida do Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana segue sendo o elefante na sala e Ibovespa cai abaixo dos 110 mil pontos; dólar vai a R$ 5,23

15 de setembro de 2022 - 19:12

O Ibovespa acompanhou o mau humor das bolsas internacionais e segue no aguardo dos próximos passos do Fed

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

FECHAMENTO DO DIA

Wall Street se recupera, mas Ibovespa cai com varejo fraco; dólar vai a R$ 5,17

14 de setembro de 2022 - 18:34

O Ibovespa não conseguiu acompanhar a recuperação das bolsas americanas. Isso porque dados do varejo e um desempenho negativo do setor de mineração e siderurgia pesaram sobre o índice.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana derruba Wall Street e Ibovespa cai mais de 2%; dólar vai a R$ 5,18 com pressão sobre o Fed

13 de setembro de 2022 - 19:01

Com o Nasdaq em queda de 5% e demais índices em Wall Street repercutindo negativamente dados de inflação, o Ibovespa não conseguiu sustentar o apetite por risco

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

DANÇA DAS CADEIRAS

CCR (CCRO3) já tem novos conselheiros e Roberto Setubal está entre eles — conheça a nova configuração da empresa

12 de setembro de 2022 - 19:45

Além do novo conselho de administração, a Andrade Gutierrez informou a conclusão da venda da fatia de 14,86% do capital da CCR para a Itaúsa e a Votorantim

FECHAMENTO DO DIA

Expectativa por inflação mais branda nos Estados Unidos leva Ibovespa aos 113.406 pontos; dólar cai a R$ 5,09

12 de setembro de 2022 - 18:04

O Ibovespa acompanhou a tendência internacional, mas depois de sustentar alta de mais de 1% ao longo de toda a sessão, o índice encerrou a sessão em alta

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar