Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-07T17:47:41-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
OTIMISMO

Dados sobre reservas de gás da Eneva reforçam tese de investimento, diz BTG

Analista vê possibilidade de empresa vender volume excedente, o que elevaria o preço das ações em R$ 4,40

7 de janeiro de 2021
15:31 - atualizado às 17:47
Unidade de tratamento de gás da Eneva
Unidade de tratamento de gás da Eneva - Imagem: Divulgação

O BTG Pactual está otimista com as perspectivas da Eneva (ENEV3), principalmente após a companhia reportar um aumento no volume de suas reservas certificadas de gás natural na Bacia do Amazonas.

O analista João Pimentel viu sua visão positiva da empresa – ele já recomenda a compra das ações, com preço-alvo de R$ 55,00 – ser reforçada após ela anunciar, na noite de quarta-feira (6), que o volume das reservas 2P (reservas remanescentes) na Bacia do Amazonas é 61% superior ao calculado anteriormente, somando 5,8 bilhões de metros cúbicos.

A mudança foi promovida pela consultoria GCA, que realizou uma auditoria das reservas dos campos de gás natural da Eneva.

No comunicado, a companhia informou que o aumento de 60% no cálculo da reserva do campo ocorreu após a perfuração de três poços produtores.

“A incorporação dos dados de perfilagem dos poços perfurados ao modelo geológico evidenciou um aumento da área da estrutura e um contato gás e água mais profundo do que a estimativa anterior”, diz ela.

Destravando valor

Para o analista do BTG Pactual, a notícia é bastante positiva, porque a estimativa anterior era suficiente para a Eneva honrar apenas as necessidades da usina Jaguatirica II, da própria companhia.

Com 2,2 bilhões de metros cúbicos de reserva de gás excedente, a companhia pode vender este superávit no mercado ou para Manaus, por meio de gás natural liquefeito.

Se a Eneva conseguir comercializar esse saldo a um preço de US$ 10,00 por milhão de unidades térmicas britânicas (MMBtu), a expectativa é de que gere um ganho de quase R$ 1,4 bilhão, um acréscimo de R$ 4,40 ao preço-alvo do BTG Pactual.

“O anúncio adiciona mais um catalisador para a tese de investimentos”, diz trecho do relatório. “Não apenas a Eneva conseguirá monetizar imediatamente esta descoberta adicional de gás, mas no longo prazo – considerando um despacho abaixo de 100% da planta de Jaguatirica II – esperamos que mais gás esteja disponível para vendas no futuro.”

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

O FISCAL ENLOUQUECEU

Com furo no teto, XP e BTG já esperam que a Selic suba 1,5 ponto percentual na próxima semana

A corretora também reviu suas projeções para o câmbio, inflação e PIB deste e do próximo ano

E-commerce de pneus

Cantu Store não se assusta com a farra fiscal e registra pedido de IPO na CVM

A companhia paranaense conta com 26 filiais em 17 unidades federativas e quatro centros de distribuição, além de duas marcas próprias

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Guedes diz que fica, o puxadinho do teto de gastos e outros destaques do dia

Pelo menos um dos temores do mercado teve um desfecho nesta sexta-feira (22) — Paulo Guedes segue sendo o ministro da Economia, e o país não vai passar o fim de semana na incerteza. Após as baixas recentes na equipe econômica, mas o capitão do navio continua firme. Diante de tantas incertezas e a confirmação […]

SUPEROU AS EXPECTATIVAS

Hypera (HYPE3) inicia temporada de balanços com alta de 50% na receita líquida — veja os destaques da farmacêutica no terceiro trimestre

Apoiadas pelo portfólio cada vez maior de medicamentos e pelas vendas aquecidas, outras linhas do balanço também deixaram para trás as projeções

FECHAMENTO DA SEMANA

‘Fico’ de Guedes não apaga mau humor do mercado com furo no teto de gastos e Ibovespa despenca na semana; dólar volta a R$ 5,70

O principal índice da bolsa brasileira fechou o dia em queda de 1,34%, aos 106.296 pontos — longe das mínimas, mas no menor nível desde novembro de 2020. Na semana, a queda foi feia, e o Ibovespa recuou mais de 7%.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies