Menu
2021-01-13T19:21:09-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
novos caminhos

BTG Pactual fecha parceria com dona dos sites Zoom e Buscapé

Acordo com a Mosaico vai permitir ofertar serviços financeiros e desenvolver uma plataforma de e-commerce para o banco

13 de janeiro de 2021
12:17 - atualizado às 19:21
zoom
Mosaico é dona dos sites Zoom, Buscapé e Bondfaro - Imagem: Reprodução/ Zoom

O BTG Pactual (BPAC11) anunciou ao mercado nesta quarta-feira (13) que fechou uma parceria com a dona dos comparadores de preços Zoom, Buscapé e Bondfaro para ofertar serviços e desenvolver uma plataforma de e-commerce para o banco.

Segundo o comunicado, o acordo operacional estratégico com a Mosaico terá prazo inicial de cinco anos e envolverá:

  • o oferecimento de benefícios de cashback pela Mosaico aos usuários das suas plataformas e canais de distribuição, por meio de carteira virtual e contas de pagamento operadas pelo BTG Pactual;
  • a oferta de serviços financeiros, bancários e securitários pelo BTG Pactual para usuários das plataformas e canais de distribuição da Mosaico; e
  • o desenvolvimento de uma plataforma de e-commerce do BTG Pactual em seus canais eletrônicos (marketplace), para oferta de determinados bens de consumo que são atualmente transacionados no ecossistema da Mosaico.

No comunicado, o BTG Pactual destacou o tamanho da Mosaico. Considerando todas as suas plataformas, ela recebeu, no mês de setembro, um total de 30,9 milhões de visitantes únicos.

No período de junho a setembro de 2020, elas geraram R$ 1,1 bilhão em volume bruto de mercadorias (GMV, na sigla em inglês, métrica que mapeia o desempenho das vendas das plataformas digitais) para centenas de lojistas online do Brasil.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

pandemia

Brasil registra 1.340 mortes por covid-19 em 24h

Resultado ficou atrás apenas do dia 7 de janeiro, quando foram confirmadas 1.524 novos falecimentos

seu dinheiro na sua noite

Tudo caiu – até o forward guidance

Os mercados domésticos ficaram hoje divididos sob a influência de acontecimentos distintos, o que resultou em um comportamento geral incomum: tudo caiu. O Ibovespa perdeu o patamar dos 120 mil pontos e fechou em queda, na contramão das bolsas americanas, animadas pela posse do novo presidente Joe Biden e a nova fornada de estímulos fiscais […]

Análise

Sem o “forward guidance”, Banco Central arranca bola de ferro dos pés

Decisão do BC de abrir mão do compromisso de não mexer com os juros foi acertada, mas a adoção do instrumento mais ajudou ou atrapalhou a economia?

sem "efeito Biden"

Vacinação e risco fiscal derrubam o Ibovespa em dia de festa em NY; dólar também recua

Euforia dos mercados internacionais com o “efeito Biden” foi barrada pelas incertezas domésticas e fez a bolsa brasileira ir na contramão de NY

taxa básica

BC mantém Selic em 2% ao ano, mas retira o ‘forward guidance’

Bolsa pode ter realização de lucros nesta quinta com derrubada de prescrição, diz especialista; decisão de hoje acontece em meio à alta dos preços das commodities e à valorização do dólar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies