Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-14T12:40:01-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
esg

BTG e consórcio de investidores compram ativos florestais da Arauco no Chile por US$ 385,5 milhões

Segundo o banco, a transação do TIG envolve cerca de 80,5 mil hectares de áreas florestais de “alta qualidade e com manejo sustentável”, nas regiões do Centro e Sul do país

14 de maio de 2021
10:45 - atualizado às 12:40
BTG floresta
Imagem: BTG / Divulgação

Um consórcio liderado pelo Timberland Investment Group (TIG), do BTG Pactual (BPAC11), acaba de anunciar a aquisição de ativos florestais da Arauco, empresa de celulose, no Chile por US$ 385,5 milhões (cerca de R$ 2,02 bilhões, pela cotação atual).

A operação também conta com o investidor institucional canadense British Columbia Investment Management Corporation (BCI) — que tem C$ 171,3 bilhões de ativos sob gestão — e a APG, fundo que administra € 577 bilhões em ativos de pensão.

Segundo o BTG, a transação do TIG envolve cerca de 80,5 mil hectares de áreas florestais de "alta qualidade e com manejo sustentável", nas regiões do Centro e Sul do Chile.

Com foco em ativos florestais, o TIG é uma divisão da gestora do banco brasileiro — são quase US$ 4 bilhões em ativos e capital comprometido e mais de 1,0 milhões de hectares sob gestão. A asset do BTG tem US$ 70 bilhões em ativos sob gestão.

A aquisição marca a entrada do consórcio no país e reforça o esforço do banco em atender a demanda ESG — sigla em inglês para as melhores práticas ambientais, sociais e de governança.

"A operação faz parte da estratégia do consórcio de investir em ativos florestais em diversas regiões do mundo e que ofereçam retornos atraentes", disse o BTG.

O sócio do BTG e diretor da TIG, Gerrity Lansing, contou que "há mais de uma década" a divisão da gestora está em busca de oportunidades de investimentos no Chile. "Esta transação oferece a escala e os requisitos de alta sustentabilidade que estávamos procurando".

Para o vice-presidente executivo e chefe global de infraestrutura e recursos renováveis do BCI, Lincoln Webb, o investimento fornece retornos ajustados ao risco, que são "atraentes para nossos clientes de fundos de pensão e fundos de seguro".

As áreas florestais incluídas na transação são certificadas através da Arauco pelo Forest Stewardship Council (FSC), organização com sede na Alemanha que atua de forma independente.

A operação está sujeita às condições habituais de fechamento, incluindo aprovações regulatórias, e deve ser concluída no terceiro trimestre de 2021.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

ECONOMIA X COVID

Economia monitora variante ômicron da covid-19, mas programas de auxílio dependem da PEC dos Precatórios; pasta evita falar em gastos fora do teto

Ministério da Economia evita falar em crédito extraordinário, como acontece nos casos de guerras ou calamidades públicas

Black Friday em números

Varejo cresce 6,3% na Black Friday e vê crescimento de lojas virtuais com e-commerce aquecido; confira dados

Apesar do aumento em relação à Black Friday de 2020, o patamar de faturamento do varejo foi 9,1% inferior ao registrado em 2019

Desdobramentos da crise

Presidente da Latam, Roberto Alvo diz que recusou oferta ‘incompleta’ e ‘insuficiente’ da Azul

O conteúdo dela é confidencial”, afirmou, em entrevista coletiva. Procurada, a Azul não quis comentar

Solana no MB

Exclusivo: Solana (SOL), 5ª maior criptomoeda do mundo, chega Mercado Bitcoin com alta de mais de 12.000% no ano

A quinta maior criptomoeda do mundo vem conquistando o mercado porque se coloca como uma blockchain alternativa ao ethereum (ETH)

Pandemia em curso

Variante ômicron da covid-19 já está em dez países, mas chefe da associação médica da África do Sul vê “sintomas médios” da doença em estudo preliminar

Até o fechamento desta matéria, não haviam informações sobre infecções por essa variante da covid-19 nas Américas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies