Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-03T11:11:33-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Boletim Focus semanal

Mercado revisa expectativas de PIB para cima, mas inflação também deve aumentar, segundo Boletim Focus

Leia os principais destaque da edição desta semana

3 de maio de 2021
11:11
ações gráficos empresários bolsa
Imagem: Shutterstock

O Boletim Focus, divulgado semanalmente pelo Banco Central (BC), trouxe novas perspectivas do mercado para a economia brasileira. Na semana do Copom, que se inicia nesta terça-feira (4), os economistas esperam um aumento do IPCA, o medidor oficial da inflação. O índice deve ficar em 5,04%, um aumento de 0,23 pontos percentuais em relação às estimativas de um mês atrás. 

Mesmo assim, a perspectiva é de que a Selic encerre 2021 em 5,50%. A taxa básica de juros costuma ser usada para controlar a inflação, diminuindo para estimular o crédito e aumentando para conter o avanço de preços. A moeda americana também deve fechar o ano em R$ 5,40.

Confira esses e outros destaques do Boletim Focus desta semana:

IPCA para 2021 aumenta

Os economistas do mercado financeiro alteraram a previsão para o IPCA, o índice oficial de preços, em 2021. O Boletim Focus mostra que a mediana para o IPCA este ano foi de alta de 5,01% para 5,04%. Há um mês, estava em 4,81%.

A projeção para o índice em 2022 foi de 3,60% para 3,61%. Quatro semanas atrás, estava em 3,52%.

O relatório trouxe ainda a projeção para o IPCA em 2023, que seguiu em 3,25%. No caso de 2024, a expectativa permaneceu em 3,25%. Há quatro semanas, essas projeções eram de 3,25% para ambos os casos.

A projeção dos economistas para a inflação está acima do centro da meta de 2021, de 3,75%, sendo que a margem de tolerância é de 1,5 ponto (de 2,25% a 5,25%). A meta de 2022 é de 3,50%, com margem de 1,5 ponto (de 2,00% a 5,00%), enquanto o parâmetro para 2023 é de inflação de 3,25%, com margem de 1,5 ponto (de 1,75% a 4,75%).

Últimos 5 dias úteis

A projeção mediana para o IPCA de 2021 atualizada com base nos últimos 5 dias úteis passou de 5,04% para 5,10%, conforme o Relatório de Mercado Focus. Houve 85 respostas para esta projeção no período. Há um mês, o percentual calculado estava em 4,86%.

No caso de 2022, a projeção do IPCA dos últimos 5 dias úteis foi de 3,61% para 3,69%. Há um mês, estava em 3,61%. A atualização no Focus foi feita por 82 instituições.

Outros meses

Os economistas do mercado financeiro alteraram a previsão para o IPCA em abril de 2021, de alta de 0,38% para 0,32%. Um mês antes, o percentual projetado era de 0,46%.

Para maio, a projeção no Focus foi de alta de 0,36% para 0,40% e, para junho, passou de alta de 0,27% para 0,31%. Há um mês, os porcentuais indicavam elevações de 0,28% e 0,25%, nesta ordem.

No Focus agora divulgado, a inflação suavizada para os próximos 12 meses foi de alta de 4,01% para 4,04% de uma semana para outra há um mês, estava em 3,97%.

Selic permanece em 5,50% 

Os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic (a taxa básica da economia) no fim de 2021. A mediana das previsões para a Selic neste ano seguiu em 5,50% ao ano. Há um mês, estava em 5,00%.

No caso de 2022, a projeção foi de 6,13% para 6,25% ao ano, ante 6,00% de um mês antes. Para 2023, seguiu em 6,50%, valor igual ao de quatro semanas atrás. Para 2024, permaneceu em 6,50%, ante 6,25% de um mês atrás.

Dólar fica em R$ 5,40

O Relatório de Mercado Focus mostrou manutenção no cenário para a moeda norte-americana em 2021. A mediana das expectativas para o câmbio no fim do período seguiu em R$ 5,40, ante R$ 5,35 de um mês atrás.

Para 2022, a projeção para o câmbio permaneceu em R$ 5,40, ante R$ 5,25 de quatro pesquisas atrás.

A projeção anual de câmbio publicada no Focus passou a ser calculada com base na média para a taxa no mês de dezembro, e não mais no valor projetado para o último dia útil de cada ano. A mudança foi anunciada em janeiro pelo Banco Central. Com isso, a autarquia espera trazer maior precisão para as projeções cambiais do mercado financeiro.

PIB de 2021 passa de 3,09% para 3,14%

Os economistas do mercado financeiro alteraram suas projeções para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2021. Conforme o relatório, a expectativa para a economia este ano passou de alta de 3,09% para elevação de 3,14%. Há quatro semanas, a estimativa era de 3,17%.

Para 2022, o mercado financeiro alterou a previsão do PIB de alta de 2,34% para 2,31%. Quatro semanas atrás, estava em 2,33%.

No Focus de hoje, a projeção para a produção industrial de 2021 foi de alta de 5,06% para 5,03%. Há um mês, estava em elevação de 5,29%. No caso de 2022, a estimativa de crescimento da produção industrial seguiu em 2,00%, ante 2,50% de quatro semanas antes.

A pesquisa Focus mostrou ainda que a projeção para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB para 2021 foi de 64,60% para 65,00%. Há um mês, estava em 64,60%. Para 2022, a expectativa foi de 66,20% para 66,30%, ante 66,20% de um mês atrás.

Déficit primário

Por fim, o boletim trouxe a manutenção na projeção para o resultado primário do governo em 2021. A relação entre o déficit primário e o PIB este ano seguiu em 3,10%. No caso de 2022, permaneceu em 2,00%. Há um mês, os porcentuais estavam em 3,05% e 2,15%, respectivamente.

Já a relação entre déficit nominal e PIB em 2021 seguiu em 7,30%, conforme as projeções dos economistas do mercado financeiro. Para 2022, permaneceu em 6,60%. Há quatro semanas, essas relações estavam em 7,50% e 6,80%, nesta ordem.

O resultado primário reflete o saldo entre receitas e despesas do governo, antes do pagamento dos juros da dívida pública. Já o resultado nominal reflete o saldo já após as despesas com juros.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Muita calma nessa hora

Tem Vale Gás? Petrobras diz que não há definição sobre participação em programas sociais

Manifestação vem depois que o presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista que a estatal tem R$ 3 bilhões em reservas para custear ajuda

Clube do Livro

Batalhas sem arma: Em “Cripto Wars”, Jim Rickards explica guerras cambiais e agora, com criptomoedas

Autor, conhecido também por suas previsões certeiras sobre o bitcoin, fala de como a tecnologia mudou as estratégias financeiras dos países

RUMO AO MILHÃO

O primeiro e mais importante investimento para quem atingir o primeiro milhão (ou ir além)

Por mais que você busque o conforto e a segurança de uma promessa de retorno garantido, digo, com convicção, que o único investimento com retorno garantido em longo prazo é aquele feito em educação

Ventos contrários

Renova Energia não consegue “proteção” contra minoritários da própria empresa

Empresa perdeu ação no TJ-SP que tentata impedir os acionistas de produzirem provas contra a empresa, relativas à investigação sobre desvio de recursos

Preocupação

Vidas secas? Bolsonaro admite que Brasil vive “enorme crise hidrológica”

Presidente citou a falta de chuvas como um dos grandes problemas econômicos do país, juntamente com os efeitos causados pela pandemia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies