O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-12-09T08:05:42-03:00
Maria Eduarda Nogueira
Conteúdo Bybit

Exchange Bybit chega ao Brasil, oferecendo contratos futuros de criptomoedas e diversas vantagens

Com uma plataforma intuitiva e segura, a corretora de criptoativos oferece serviços de staking e mineração, além de possibilitar depósitos via PIX

8 de dezembro de 2021
8:30 - atualizado às 8:05
Ilustração de pessoas negociando criptomoedas, em alusão à exchange de criptomoedas Bybit
Imagem: Bybit/Twitter

Os investidores brasileiros de criptomoedas agora podem contar com um player ‘de peso’ para fazer suas negociações. A Bybit, uma das maiores exchanges do mundo, acaba de desembarcar no país trazendo criptoprodutos inovadores e uma plataforma intuitiva e segura que atende tanto o público iniciante quanto os traders experientes

Fundada em 2018, a Bybit diariamente negocia mais de 10 bilhões de dólares em criptoativos. São cerca de 3 milhões de usuários cadastrados, entre clientes de varejo e institucionais, que podem usufruir de uma infraestrutura completa para negociação, mineração e staking online de criptomoedas. Entre os serviços oferecidos pela Bybit, estão:

  • Negociação à vista de criptoativos;
  • Negociação de derivativos;
  • Staking; 
  • Produtos DeFi.

Os contratos futuros (também chamados de derivativos) são um diferencial competitivo da corretora, que permite que investidores ampliem sua gama de possibilidades de investimentos em cripto

Como funcionam os contratos futuros de criptomoedas?

De forma semelhante ao que ocorre no mercado de ações, na Bybit, os investidores podem apostar na valorização ou na queda das moedas digitais e capturar lucros com isso, através dos contratos futuros. Uma aposta a favor da valorização de um ativo é chamada de Long, enquanto uma aposta na queda se denomina Short

Os contratos futuros são derivativos financeiros que permitem comprar ou vender um ativo a um preço predeterminado em algum momento no futuro. Exemplo: se você tiver um contrato futuro que te dá o direito de vender um Bitcoin por 50 mil dólares e o preço do Bitcoin vai a 10 mil dólares, o seu contrato se torna valioso porque ele permite que você venda Bitcoin a um preço superior ao do mercado. Da mesma forma, se você tiver um contrato para comprar um Bitcoin a 50 mil dólares e o preço do Bitcoin vai a 100 mil dólares, o seu contrato se valoriza porque te dá o direito de comprar o Bitcoin a um preço inferior ao preço de mercado.

Eles podem ser usados como:

  • Seguro contra a volatilidade, já que travam um preço de compra ou venda no futuro, fazendo com que o investidor não fique ‘refém’ dos movimentos do mercado;
  • Instrumento de especulação, uma vez que o próprio contrato se valoriza ou perde valor de acordo com o desempenho do ativo atrelado a ele.

Uma das vantagens de negociar contratos futuros em vez das criptomoedas em si é que o potencial de lucros é maior, uma vez que os derivativos são mais voláteis do que os ativos atrelados a eles. 

Além disso, é possível operar derivativos de forma alavancada, potencializando ainda mais as chances de retorno. 

Na alavancagem, é possível ter posição investida com valor superior ao inicialmente aportado pelo investidor, ou seja, funciona como se tivesse acrescentado um empréstimo. Isso aumenta a possibilidade de ganho, porém, o risco também.

Quais tipos de contratos futuros de criptomoedas estão disponíveis na ByBit?

Existem três tipos de contratos futuros na Bybit, que se adequam a investidores com diferentes níveis de experiência no trade de criptomoedas:

  • Perpétuos USDT: feito para os traders iniciantes, já que os lucros e perdas são cotados em USDT, moeda estável (stable coin) baseada no dólar. Não é preciso se preocupar com uma data de vencimento do contrato ‒ por isso mesmo eles são chamados de perpétuos. 
  • Perpétuos Inversos: para traders com conhecimento médio ou avançado. Nesse caso, os lucros, perdas e a alavancagem são cotados no ativo subjacente que está sendo operado (Bitcoin, por exemplo).
  • Futuros Inversos: para traders em nível avançado, já que são os contratos mais sofisticados para operar. Eles podem ser extremamente voláteis e têm data de vencimento trimestral. 

Tanto no caso dos Perpétuos Inversos quanto dos Futuros Inversos, é possível se alavancar em até 100 vezes. 

Junto às operações de contratos futuros, a Bybit também dá a possibilidade do investidor fazer staking de criptomoedas. O staking funciona como um ‘aluguel’ de criptomoedas: os investidores emprestam seus ativos a um protocolo para validar transações de uma blockchain (a tecnologia que permite a negociação das criptos) ou para fornecer liquidez ao mercado

Em troca disso, eles recebem rendimentos que podem ser comparados a juros e chegam a até 17% ao ano (veja aqui as possibilidades de gerar renda extra com criptomoedas pela Bybit). 

O staking torna-se ainda mais vantajoso por oferecer retornos superiores à maioria das alternativas de renda fixa tradicionais e acima da taxa de inflação, com menos burocracia e com exposição ao dólar

Por que negociar criptomoedas pela Bybit?

Escolher uma exchange confiável para negociar seus criptoativos é essencial para ter sucesso nesse mercado. Como se trata de um setor novo, é importante ter a segurança e as vantagens que apenas os grandes players, como a Bybit, conseguem oferecer. 

A exchange chega ao Brasil com diferenciais competitivos que tornam a criptoeconomia mais amigável e facilitam a negociação dos ativos digitais: 

  • Plataforma simples e intuitiva;
  • Acessível para iniciantes e com recursos para traders experientes;
  • Negociação à vista e de derivativos;
  • Staking com rentabilidade de até 17% ao ano;
  • Atendimento 24/7, em diversos idiomas;
  • Boa liquidez;
  • Alta segurança nas operações.

Para os investidores brasileiros, um dos maiores benefícios da Bybit é a possibilidade de fazer depósitos na exchange via PIX

“Ao oferecer a possibilidade dos nossos clientes brasileiros comprarem criptos com PIX, pretendemos melhorar a usabilidade da plataforma e democratizar o acesso à criptoeconomia ao reduzir barreiras de entrada”, explica o CEO, Ben Zhou. 

Além disso, também é possível comprar criptoativos na Bybit com cartão de crédito, através de serviços terceirizados como Moonpay, Simplex e Paxful. 

Para abrir uma conta na Bybit, não é preciso pagar nenhuma taxa. Basta cadastrar seu email e criar uma senha. Em poucos minutos, você já consegue transferir valores para a sua conta e começar a negociação de criptomoedas e contratos futuros.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

NOITE CRIPTO

Não deu para o bitcoin (BTC): maior criptomoeda do mundo tenta, mas patamar de US$ 30 mil escapa; confira cotações

Agora, os investidores devem permanecer tentando sustentar esse suporte psicológico importante e entrar na próxima semana no “zero a zero”, antes de tentar buscar novas altas

REVISÃO CUSTOU CARO

B3 (B3SA3) volta a corrigir erro nos dados e revela que 2021 terminou com fluxo estrangeiro negativo após R$ 77,9 bilhões em dinheiro gringo “sumirem” da conta

Vale lembrar que a entrada de capital estrangeiro ajuda na performance do mercado acionário e de câmbio. Por isso, a nova cifra não pinta um quadro positivo para o país

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa ignora tensão em Nova York, os planos de Elon Musk para o Brasil e o salto da GetNet; confira os destaques do dia

Por enquanto, o Ibovespa segue avançando, apesar do desempenho ruim das bolsas pelo mundo

FIQUE DE OLHO

Em semana de ata do Fed, destaque no Brasil fica por conta do IPCA-15; confira a agenda completa de indicadores

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa escapa do mau humor em NY e sobe mais de 1% na semana; dólar fica abaixo dos R$ 5

O S&P 500 chegou a entrar oficialmente em “bear market”, mas os estímulos na China salvaram a semana do Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies