🔴 NOVA META: RENDA EXTRA DE ATÉ R$ 2.000,00 POR DIA – VEJA COMO

Ricardo Mioto
Ricardo Mioto
CONTEÚDO PATROCINADO POR EMPIRICUS

O mundo que amávamos

Com as consequências ainda incertas do surto de coronavírus para o mundo, uma nuvem de dúvida paira sobre nossas cabeças. Nesse cenário, como preservar seu patrimônio e seus investimentos?

Ricardo Mioto
Ricardo Mioto
3 de maio de 2020
11:21 - atualizado às 12:52
Mundo coronavírus
Imagem: Shutterstock

Como vai ser a vida quando tudo isso acabar?

Acho que hábitos são resilientes. Ninguém vai desistir do bar, do churrasco com os amigos, de abraçar as pessoas. As tragédias passam, a gente volta a ser o que era.

Mas não em tudo, não tão rápido. Talvez a gente se depare com o que a revista Economist chamou de “a economia 90%”.

O que são os 10% que, mesmo na melhor das hipóteses, se perdem?

Por algum tempo ficaremos com medo de uma segunda onda do vírus. Mesmo que ele não ocorra, quem vai sair correndo para gastar, investir, comprar imóvel?

Além disso, a decadência do vírus é lenta. A Itália passou pelo pico de casos há um mês, quando chegou a 900 mortes por dia. Atualmente, ainda tem cerca de 300 mortos por dia. A Itália hoje é o Brasil lá do meio de junho. O vírus ainda estará por aí. Mesmo que o pior já tenha passado, você vai sair para restaurante, balada, cinema, elevador apertado? Quanto tempo será necessário até o medo estar esquecido? Um ano? Mais?

Quem faliu não vai se rearranjar tão rápido. É mais fácil destruir do que construir. André Esteves tem falado sobre a impossibilidade de uma recuperação em V. Ele acredita em um L: o “novo normal” será um patamar abaixo do anterior. Por algum tempo, viveremos uma vida pior — e mais pobre — do que a que tivemos até o começo de 2020.

“A recuperação da economia brasileira não vai ser fácil. É uma crise global. Dizem que a depreciação do câmbio vai ajudar a exportar. Ajuda se puder exportar para Marte: o mundo inteiro está em crise”, disse Ilan Goldfajn, ex presidente do Banco Central, em uma live do Insper na última semana. “E, se a gente tornar permanentes gastos temporários, a recuperação vai ser ainda menor.”

“Fala-se de infraestrutura como solução para a crise. O prazo da infraestrutura é muito diferente dos prazos da pandemia. Não dá nem para começar em seis meses”, complementou José Scheinkman, brasileiro professor de Columbia.

Ninguém sabe quais serão as consequências macroeconômicas do maior endividamento e impressão de dinheiro por governos do mundo inteiro.

Sabemos menos ainda quais as consequências políticas da covid-19: um mundo novo mais estatal, com maior interferência do governo na economia? Passos atrás na globalização, com fechamento de fronteiras e maior xenofobia? Turbulência na relação entre Estados Unidos e China, as duas maiores potências?

Como os mais pobres, inevitavelmente os primeiros a perderem o emprego e a renda, reagirão? A Economist lembra que a crise de 2008 deu em um movimento global em direção ao populismo. E agora?

Nesse cenário de imprevisibilidade, como preservar o seu patrimônio? Como saber em que tipo de ativos aplicar?

“A ação do Fed [o banco central americano] causou uma vigorosa recuperação das bolsas americanas desde as mínimas”, diz Felipe Miranda, estrategista-chefe da Empiricus. “Mas agora vai ficando cada vez mais claro que não basta apertar um botão e tudo volta ao normal. Este mês de maio pode se revelar muito delicado. Pode ser um choque de realidade.”

Se você quiser orientação para proteger seu patrimônio em qualquer tipo de cenário e fazê-lo crescer com consistência, a melhor coisa que pode fazer é assinar a Carteira Empiricus, que é o melhor produto da empresa.

A carteira comandada pelo Felipe Miranda traz uma estratégia completa de investimentos, com recomendações balanceadas de ativos, a partir das análises de 35 especialistas da Empiricus.

A carteira existe desde 2014 e entrega desde então mais de 200% do CDI de rentabilidade. Há quase seis anos, portanto, a estratégia se prova resiliente, batendo qualquer outro fundo multimercado de grandes gestoras.

O molho secreto da Carteira Empiricus consiste na diversificação de ativos. Ela tem um portfólio diversificado com renda fixa, ações, fundos imobiliários e proteção com ouro, dólar e opções. Não se trata apenas de colocar os ovos em diversas cestas, mas de escolher os ovos certos.

Se você não gostar do produto, pode desistir em até 20 dias, e não gastará nenhum real.

Mais do que isso: você pode acessar a série por 20 dias sem compromisso e ver todos os ativos indicados, a alocação completa de todos os books, os podcasts e publicações e só depois decidir se quer continuar assinando.

QUERO CONHECER A CARTEIRA EMPIRICUS

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

3R (RRRP3) incorpora Enauta (ENAT3) em fusão, mas vale a pena investir? Analista recomenda ação de outra petroleira do ramo das ‘junior oils’

21 de maio de 2024 - 16:00

Se você busca ganho de capital com risco controlado, essa outra petroleira independente pode ser uma melhor opção; veja nome e ticker da ação

conteúdo empiricus

Bitcoin decola e atinge US$ 70 mil, mas essas criptomoedas podem ir além e valorizar até 39.900%; entenda

21 de maio de 2024 - 14:43

Bitcoin dispara e atinge US$ 70 mil, mas casa de análise acredita que criptomoedas menores e menos conhecidas podem ir ainda mais longe em breve; veja as recomendações

Conteúdo Empiricus

Analista que alertou sobre o fim dos dividendos ‘gordos’ de Taesa (TAEE11) recomenda outras 5 ações para buscar dinheiro ‘pingando na conta’; confira

21 de maio de 2024 - 14:00

Desde 2023, este analista vem alertando os investidores sobre a possível queda dos dividendos de Taesa (TAEE11)

conteúdo empiricus

LCI ou LCA perto do vencimento? Veja onde investir a partir de R$ 1.071 em renda fixa para receber até IPCA +7,1% isento de IR

21 de maio de 2024 - 13:00

Alternativa para LCIs e LCAs, títulos da renda fixa “turbinada” também são isentos de Imposto de Renda e costumam ter remunerações acima da média; confira recomendações

Conteúdo Empiricus

Estatais: por que não acompanhá-las pode ser um “tiro no pé” do investidor?

21 de maio de 2024 - 10:00

Companhias podem ser rejeitadas por conta do risco político inerente, mas fornecem drivers para outros investimentos

conteúdo empiricus

Eu avisei que a criptomoeda AXS poderia decolar: quem ouviu lucrou até 24.000% em 10 meses – agora você pode buscar até 39.900% de lucro

21 de maio de 2024 - 8:00

Casa de análise está prestes a selecionar novas criptomoedas com potencial de multiplicação exponencial – a projeção é de que esses projetos possam valorizar até 39.900%; entenda

Conteúdo Empiricus

Renda fixa dos ‘endinheirados’ cresce 3% em 2024; conheça os títulos que pagam até IPCA +7,1% e saiba como investir

20 de maio de 2024 - 16:00

Segundo a B3, o número de investidores na renda fixa é 3x maior que na renda variável; veja como investir nos títulos ‘premium’

Conteúdo Empiricus

EUA pode ter ‘novo Javier Milei’ na Casa Branca? Político americano é pró-criptomoedas e quer isentar Bitcoin (BTC) de imposto

20 de maio de 2024 - 12:00

Robert F. Kennedy Jr. estará em evento de criptomoedas junto a especialista brasileiro; confira as apostas para o mercado

Conteúdo Empiricus

Quais foram os destaques positivos e negativos da temporada de balanços do 1T24? Analistas citam Petrobras (PETR4), Gerdau (GGBR4), Usiminas (USIM5) e mais

20 de maio de 2024 - 12:00

Para analista, alguns setores, como o varejo, tiveram resultados aquém do esperado, enquanto o setor financeiro foi um dos destaques positivos; veja um ‘resumão’ da temporada do 1T24

Conteúdo Empiricus

‘O Brasil é o aluno nota 6: nem quebra, nem vira os EUA’: entenda por que cenário doméstico pode melhorar, segundo analista

20 de maio de 2024 - 10:00

Para a analista da Empiricus Research Larissa Quaresma, existem fatores que podem jogar a favor da bolsa brasileira neste momento; saiba como aproveitar

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar