Menu
2020-05-15T16:39:31-03:00
SD Branding
Conteúdo patrocinado

A importância de revisitar os seus investimentos em tempos de crise

Rebalancear e pensar estrategicamente no seu portfólio deveria fazer parte da sua rotina como investidor, principalmente daqueles com uma visão de longo prazo

16 de maio de 2020
16:00 - atualizado às 16:39
Imagem mostra jogo de xadrez com simulações de gráficos
Qual a sua estratégia? - Imagem: Shutterstock

É bem capaz que todos os seus planos traçados em 2019 para 2020 não existam mais.

Férias, viagens, aposentadorias, mudanças de emprego... Os eventos inesperados dos primeiros três meses do ano alteraram drasticamente nossa condições de vida e a nossa capacidade de cumprir planejamentos feitos em um cenário muito menos turbulento.

E os seus investimentos? Eles ainda são os mesmos?

Caso a sua resposta seja não, talvez você deva repensar alguns conceitos. Cisnes negros - grandes eventos inesperados - chegam a todo momento, mudando completamente os cenários.

É hora de entender a importância de importância de rever o seu portfólio quando as circunstâncias mudam. 2020 é um caso perfeito para demonstrar o quanto uma mudança de rota é muitas vezes indispensável para a sobrevivência.

Da noite para o dia, racionais econômicos inteiros foram por água abaixo e a pandemia de covid-19, que já matou mais de 300 mil pessoas no mundo, alterou nossas vidas drasticamente.

Entramos em 2020 com altas expectativas de empresários para a retomada do crescimento, uma projeção para o PIB de pelo menos 2% e a e a bolsa brasileira encostando nos 120 mil pontos ainda nos primeiros dias do ano.

Três meses depois, temos indústrias e cadeias produtivas totalmente paradas, países inteiros trancados. Uma das maiores crises - sanitária e econômica - já enfrentada pelo mundo, com o governo prevendo uma queda de quase 5% para o PIB. A bolsa não consegue se manter por muito tempo na casa dos 80 mil pontos e o dólar beira os R$ 6.

O mundo mudou muito rápido. E se os seus investimentos não mudarem junto, eles podem virar pó.

É só pegar como exemplo a crise de liquidez que atingiu os mercados em março. Quase ninguém estava preparado para o banho de sangue. E assim, bilhões viraram pó em questão de dias.

Quem soube ler os sinais do mercado e rebalanceou os seus ativos pode ter evitado o pior.

Rebalancear e pensar estrategicamente no seu portfólio deveria fazer parte da sua rotina como investidor, principalmente daqueles com uma visão de longo prazo.

Você pode estar se perguntando agora qual seria o momento ideal para essas mudanças.

Bem, não existe uma cartilha única de como ser um investidor ideal, mas alguns episódios devem servir de alerta para que você revisite a sua carteira.

O primeiro são grandes mudanças no cenário econômico, como o deflagrado pela pandemia de coronavírus, por exemplo, ou nos fundamentos de uma empresa (balanço patrimonial, resultados corporativos, fluxo de caixa…).

Outro momento importante para repensar a sua carteira é quando uma ação já se valorizou o suficiente e encarar o risco deixa de fazer sentido dentro dos seus planos e objetivos.

Uma carteira de investimentos não é algo fixo, imútavel. Muito pelo contrário. Ela deve se modificar e adaptar de acordo com os cenários macro e micro que se desenham.

O que carregar na sua carteira

No mundo dos investimentos, algumas vezes temos que atualizar a rota para alcançarmos os nossos objetivos.

Em um momento como o que encarávamos no fim de 2019, a maior parte das carteiras estava bem posicionada em companhias preparadas para surfar a onda de recuperação econômica projetada para 2020.

Com a mudança brusca de sentido com a pandemia, um reequilíbrio das carteiras se fez necessário, com uma postura muito mais defensiva desempenhando um papel muito maior dentro dos portfólios.

Mas como saber o que fazer? Afinal, novos eventos políticos-econômicos acontecem todos os dias, mudando os cenários rapidamente e são centenas de empresas na bolsa, quase impossível conhecer profundamente cada uma delas.

Max Bohm, especilista em ações da Empiricus pode te ajudar nessa busca.

Ele e sua equipe vasculham as mais de 300 empresas listados na Bolsa em busca das oportunidades mais lucrativas e as estratégias mais adequadas para o momento. E tudo isso por apenas R$ 5 mensais.

A lista das Melhores Ações da Bolsa está em constante evolução. Recentemente, Bohm falou sobre a importância de rebalancear a carteira, principalmente após as mudanças complexas pelas quais estamos passando. Você pode conferir a publicação aqui.

QUERO CONFERIR A LISTA DE MELHORES AÇÕES DA BOLSA

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

em Minas Gerais

Notre Dame Intermédica compra Grupo Serpram por R$ 170 milhões

Aquisição marca avanço da empresa em Minas Gerais; mais cedo, companhia anunciou compra de outra empresa, no Sul do País

forte expansão

Unidas reporta lucro líquido de R$ 124 milhões, alta de 44,4% e melhor da história

Empresa registrou uma forte retomada no segmento de Terceirização de Frotas, que apresentou recordes de contratação

desinvestimentos

Compass apresenta proposta para adquirir participação da Petrobras na Gaspetro

Empresa, que chegou a desistir de abrir capital, não revelou valor pela fatia; processo é mais um desinvestimento da Petrobras, que desembarca de vez da companhia

Dinheiro na conta

Santander pagará R$ 1 bilhão em juros sobre capital próprio

O valor líquido por ação será de R$ 0,10859906709 por ON, com retenção de IR na fonte.

PLANOS

Agora parte do BTG, Necton vai em busca de pequenos investidores

Corretora pretende lançar iniciativas e produtos para a base dos investidores, para quem tem entre R$ 10 mil e R$ 15 mil aportados no mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies