Menu
2020-02-25T22:58:09-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Caiu mal

Hambúrguer indigesto? Ações do Burger King despencam 7% após empresa entregar resultados medianos

Resultados operacionais da rede de fast food preocupam os investidores; analistas do BTG, no entanto, enxergam resultado dentro do esperado

20 de fevereiro de 2020
15:34 - atualizado às 22:58
Burger King
Imagem: Shutterstock

A quinta-feira (20) veio com um sabor amargo para o Burger King. A gigante de fast food decepcionou o mercado ao entregar resultados financeiros fracos e levou suas ações ladeira abaixo na bolsa.

Por volta das 15h, os papéis ordinários da empresa (BKBR3) caíam mais de 7% no pregão da bolsa.

No quarto trimestre de 2019, o BK apresentou um lucro líquido de R$ 41,3 milhões, uma queda de 50,6% na comparação com o mesmo período do ano anterior. No ano, a empresa entregou lucro de R$ 48,5 milhões, uma forte queda de 62,1% quando comparamos com os R$ 128 milhões de lucro registrados em 2018.

  • Lucro líquido (4tri19): R$ 41,3 milhões (↓50,6%)
  • Lucro líquido (2019): R$ 48,5 milhões (↓62,1%)

Apesar da geração de caixa via Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) e da receita líquida terem subido tanto no quarto trimestre como no ano de 2019, alguns números operacionais do BK acabaram puxando o foco de preocupação dos investidores.

  • Ebitda ajustado (4tri19): R$ 171,2 milhões (↑36,6%)
  • Ebitda ajustado (2019): R$ 465,4 milhões (↑61,6%)
  • Receita líquida (4tri19): R$ 803,4 milhões (↑11,9%)
  • Receita líquida (2019): R$ 2,868 bilhões (↑22,1%)

De acordo com relatório divulgado pelos analistas do banco BTG Pactual, o cenário desafiador do mercado brasileiro seguiu complicando os números do Burger King no quarto trimestre do ano passado. O banco cita os desempenhos medianos nas vendas líquidas (R$ 803 milhões) e na margem Ebitda (16,4%) como prova dessa turbulência.

Mesmo fracos, esses resultados eram amplamente esperados pelos analistas do BTG, que disseram ter recebido o balanço sem grandes surpresas. Na visão deles, embora os próximos meses sejam persistentemente desafiadores para o BK, o sólido plano de crescimento e as perspectivas convincentes sustentam o otimismo com a empresa para os próximos anos.

O BTG recomenda compra das ações do BK, com preço-alvo de R$ 26 em doze meses. Hoje, a ação era negociada em torno dos R$ 16.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Após vacinação e apoio fiscal

Economia dos EUA está “em ponto de inflexão” positivo, diz Powell, do Fed

Economia norte-americana está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente, afirmou presidente do banco central norte-americano em entrevista

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies